Cai encargo de energia e governo exige investimentos; A presidente Dilma Rousseff detalha hoje o pacote de redução do preço da eletricidade. As concessionárias poderão renovar contratos por 20 anos, mas deverão se comprometer com investimentos superiores a R$ 20 bilhões… – Avanços mudam transplante de medula em idosos; A evolução das técnicas e novas drogas mudaram o perfil dos transplantes de medula no País. Hospitais que só adotavam o procedimento em pacientes com até 55 anos já fazem transplante em pessoas com mais de 70 anos… 

O Globo

Manchete: A hora da lavagem de dinheiro – Relator condena nove e já complica Dirceu

Dos 10 réus, Joaquim Barbosa absolve apenas uma ex-funcionária do Banco Rural

Pela primeira vez desde o início do julgamento, o relator vinculou o ex-chefe da Casa Civil do governo Lula ao esquema de repasse de recursos do valerioduto, apontando o que espera Dirceu nas próximas fases do processo.

O relator do mensalão, ministro Joaquim Barbosa, votou pela condenação de nove réus por lavagem de dinheiro, entre eles os dirigentes do Banco Rural e o operador do esquema, Marcos Valério. Ao justificar o voto pela condenação de Kátia Rabello, dona do Rural, Barbosa citou reuniões entre José Dirceu e representantes do banco, intermediadas por Marcos Valério, vinculando o ex-ministro da Casa Civil ao chamado valerioduto. Dirceu é acusado de corrupção ativa e formação de quadrilha, mas sua conduta individual só será julgada pelos ministros nos capítulos seguintes do julgamento. (Págs. 1, 3 e editorial “Jurisprudência avança no processo do mensalão”)

Dilma indica ministro do STF

Teori Zavascki, hoje no STJ por indicação de Fernando Henrique, foi escolhido para o STF. Poderá votar no mensalão. (Págs. 1, 4 e Merval Pereira)

Candidatos no Globo: Leite promete contratações e ataca adversários

Na primeira entrevista no GLOBO com candidatos a prefeito do Rio, o deputado Otávio Leite (PSDB) disse que, se eleito, terá recursos para contratar médicos e professores. Afirmou que Marcelo Freixo tem “visão dinossáurica” e que Eduardo Paes faz o “império do pragmatismo”. (Págs. 1, 8 e 9)

Expulso pelo PSOL ainda é candidato

A Justiça Eleitoral manteve o registro de Berg Nordestino, acusado pelo PSOL de ligação com milícias. (Págs. 1 e 7)

Em Osasco, TRE barra candidato tucano

É a segunda baixa na cidade depois da renúncia do petista João Paulo Cunha, condenado no mensalão. (Págs. 1 e 6)

País avança pouco no ensino superior

Enquanto países como a Coreia do Sul deram um salto de 13% para 65% entre gerações no acesso ao ensino superior, no Brasil, apenas 12% da população entre 25 e 34 anos têm diploma universitário, percentual próximo dos 9% registrados dos 55 aos 64 anos, segundo relatório da OCDE. (Págs. 1 e 11)

Petrobras lança água suja no mar

A Polícia Federal acusa a Petrobras de lançar em alto-mar, além de restos de óleo, metais pesados e material radioativo sob a forma de água contaminada resultante da operação das plataformas. A investigação foi enviada ao Ministério Público Federal. (Págs. 1 e 23)

Aliados temem fim de ajuda chavista

Com a disputa acirrada na Venezuela, países aliados de Chávez, como Cuba e Nicarágua, já se preocupam com o fim de benefícios, caso ele seja derrotado. Estudo da oposição indica que, entre 2005 e 2011, o governo chavista destinou US$ 82 bilhões a 40 países. (Págs. 1 e 26)

Exportação virtual

Água invisível sai do país em commodities como gado, soja e açúcar. O Brasil é um dos maiores exportadores desse recurso natural. (Págs. 1 e Revista Amanhã)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Contra pressão, Dilma indica ministro do STF

Catarinense Teori Zavascki é anunciado 11 dias após aposentadoria de Peluso

Em meio ao julgamento do mensalão, a presidente Dilma Rousseff levou apenas 11 dias para indicar o catarinense Teori Albino Zavascki, 64, à vaga de ministro do STF, aberta com a aposentadoria de Cezar Peluso.

O nome escolhido, revelado pelo site da Folha, foi bem recebido pelos colegas do Supremo. Para assumir, ele terá de passar por sabatina no Senado, o que deve acontecer em outubro, devido ao período eleitoral. (Págs. 1 e Poder A4)

Análise

A presidente Dilma cumpriu com o seu dever em tempo imediato, escreve Joaquim Falcão. (Págs. 1 e A4)

Mensalão o julgamento: Relator condena 9 e destaca elo com Dirceu com esquema

O relator do mensalão, Joaquim Barbosa, afirmou no STF que reuniões entre o ex-ministro José Dirceu e a dona do Banco Rural, Kátia Rabello, ocorreram no “contexto” de lavagem de dinheiro.

Ambos negam. Barbosa descreveu um esquema de ocultação de saques de dinheiro ilícito e condenou nove réus (cinco do núcleo publicitário e quatro do banco) por lavagem. (Págs. 1 e Poder A6)

Supremo discute racismo em livro de Monteiro Lobato

O Supremo discute hoje a distribuição do livro “Caçadas de Pedrinho”, de Monteiro Lobato, em escolas públicas. Em ação, o Instituto Real de Advocacia Racial acusa a obra de racismo por trecho em que a personagem de Tia Anastácia é chamada de “macaca de carvão”. (Págs. 1 e Ilustrada E1)

Cartilha de cabo eleitoral tucano desqualifica Russomanno

A campanha do tucano José Serra em São Paulo produziu para cabos eleitorais cartilha que desqualifica seus rivais, sobretudo Celso Russomanno (PRB) – que é comparado a Collor e descrito como dono de R$ 2 bilhões (ele declarou R$ 2 milhões).

A apostila orienta ainda fazer “carinha de piedade” para atrair o eleitor. A cúpula da campanha diz desconhecer o material. (Págs. 1 e Poder A8)

Líder na disputa, candidato do PRB se recusa a debater

Líder na disputa pela Prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB) se recusou a participar do debate Folha/UOL, dia 20.

Com isso, José Serra (PSDB) e Fernando Haddad (PT) desistiram do evento, que foi cancelado. O petista será sabatinado na quinta-feira, e Serra, na sexta, no Teatro Folha, em São Paulo. (Págs. 1 e Poder A10)

Nelson Sá: Reforços de PSDB e PT não trazem o prometido ‘novo’

A propaganda eleitoral em São Paulo já reflete o freio de arrumação de PT e PSDB, de olho em 2014. Alckmin, FHC, Marta e Dilma são reforços de peso, mas nenhum traz a marcado “novo” tão prometido nos bordões. (Págs. 1 e Poder A8)

Vitória da oposição provocará guerra civil, diz Chávez

O presidente da Venezuela e candidato à reeleição, Hugo Chávez, voltou a advertir que uma vitória da oposição nas eleições de outubro provocará uma “guerra civil”. Ele convidou até os “ricaços”, alvo de suas críticas, a votarem nele. Chávez lidera a maioria das pesquisas de intenção de voto. (Págs. 1 e Mundo A12)

Editoriais

Leia “Importar engenheiros”, sobre carência de quadros qualificados, e “Limpeza e transparência”, acerca de Ficha Limpa e doações eleitorais. (Págs. 1 e Opinião A2)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Valério foi intermediário entre Dirceu e Rural, afirma relator

Joaquim Barbosa apontou características de crime organizado no mensalão e votou pela condenação de 9 réus

Relator do processo do mensalão, o ministro Joaquim Barbosa disse ontem que o empresário Marcos Valério agiu como “intermediário” entre o ex-ministro José Dirceu e o Banco Rural, que fez os empréstimos já considerados fraudulentos pelo STF. Barbosa apontou características de crime organizado no mensalão e votou pela condenação de nove réus por lavagem de dinheiro. Entre eles estão ex-dirigentes do Rural, o empresário e seus sócios e ex-funcionários do grupo. O relator só absolveu Ayanna Tenório, ex-vice-presidente do banco. Barbosa indicou ainda que defenderá a condenação generalizada dos réus, incluindo políticos acusados de participar do esquema. (Págs. 1 e Nacional A4)

Dilma indica ministro ao STF

A presidente Dilma Rousseff indicou Teori Zavascki, do STJ, para a vaga aberta com a aposentadoria do ministro Cezar Peluso no STF. Zavascki teria afirmado que não participará do julgamento do mensalão. (Págs. 1 e A6)

Cai encargo de energia e governo exige investimentos

A presidente Dilma Rousseff detalha hoje o pacote de redução do preço da eletricidade. As concessionárias poderão renovar contratos por 20 anos, mas deverão se comprometer com investimentos superiores a R$ 20 bilhões. Haverá corte de pelo menos R$ 6,2 bilhões das taxas cobradas na conta de luz. As tarifas terão queda de 16,2% para residências e de até 28% para grandes empresas em 2013. (Págs 1 e Economia B1 e B3)

Eleições 2012: Presidente grava apoio a Haddad e destaca parceria

A presidente Dilma Rousseff entrou na campanha de Fernando Haddad (PT) à Prefeitura de SP. Inserções de rádio que começam a ser veiculadas hoje trazem Dilma elogiando o candidato. O ex-presidente Lula também participa. “Haddad tem projetos, tem apoios, sabe fazer e gosta de trabalhar. É um político sério e honesto”, diz a presidente. Em outro spot, ela destaca possível parceria com o governo federal. (Págs. 1 e Nacional A9)

Disputa pelo eleitor fiel

O apoio da Igreja Renascer em Cristo é disputado por Celso Russomanno (PRB) e José Serra (PSDB). O tema foi abordado por Luiz Flávio D’Urso (PTB) em entrevista à TV Estadão. (Págs. 1 e A8)

Prefeitura remove moradores de rua

Funcionários da Prefeitura lavam área em frente à Faculdade de Direito do Largo São Francisco, no centro de SP. Cerca de 40 moradores de rua foram expulsos do local em “ação patrimônio histórico da cidade”, segundo o comando da Guarda Civil Metropolitana. Houve confronto. (Págs. 1 e Cidades C1)

Greve vira arma contra Obama em Chicago

A greve de 26 mil professores de Chicago, iniciada ontem, virou arma na campanha do republicano Mitt Romney contra Barack Obama. Chicago é berço político do candidato democrata. (Págs. 1 e Internacional A13)

Basileia vê ameaça de nova recessão global (Págs. 1 e Economia B8)

Pesticida contamina operários em Cubatão (Págs. 1 e Vida A17)

Avanços mudam transplante de medula em idosos

A evolução das técnicas e novas drogas mudaram o perfil dos transplantes de medula no País. Hospitais que só adotavam o procedimento em pacientes com até 55 anos já fazem transplante em pessoas com mais de 70 anos. (Págs. 1 e Vida A16)

Dora Kramer

Deveres a mais

No pronunciamento, a presidente extrapolou prerrogativas ao valer-se do púlpito institucional para pronunciar-se em termos de palanque. (Págs. 1 e Nacional A6)

José Paulo Kupfer

Caminho do meio

Como quase sempre acontece nessas horas de transição econômica é provável que a melhor avaliação esteja no meio do caminho. (Págs. 1 e Economia B6)

Notas & Informações

Luz, gasolina e embromação

Só uma política honesta pode baixar as contas de luz e ajustar os preços dos combustíveis. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Greve ou férias?

Governo recua e paga dias parados a servidores. (Págs. 1 e 11)

Mensalão: Indicação de novo ministro abre polêmica no Supremo

Teori Zavascki, ministro do STJ, foi escolhido por Dilma para ocupar no STF a vaga de Cezar Peluso, que se aposentou. A dúvida é se o futuro magistrado vai votar no julgamento do mensalão e se poderá até mesmo suspender o processo com um eventual pedido de vista. (Págs. 1, 2 e 3)

2º turno: UnB vota hoje e amanhã para eleger reitor

Os professores Ivan Camargo e Márcia Abrahão disputam o cargo. Dos 39 mil professores, servidores e alunos aptos a votar, a expectativa é de que 12 mil compareçam às urnas. No campus já não existe o clima de guerra nem a greve que marcaram a eleição no primeiro turno. (Págs. 1, 23 e Visão do Correio, 16)

Em alta nas pesquisas, Obama já arrecada mais que Mitt Romney (Págs. 1 e 19)

Qualidade na construção do Mané

Em ritmo elogiado pela Fifa, as obras do estádio de Brasília também se destacam pela sustentabilidade ambiental e pelas boas condições oferecidas aos operários. (Págs. 1 e Super Esportes, 10)

————————————————————————————

Valor Econômico

Manchete: Compra de carros do México dobra e já ultrapassa cotas

As importações brasileiras de carros do México continuam em alta, apesar da renegociação do acordo automotivo que estabeleceu uma cota anual, de março de 2012 a março de 2013, de US$ 1,45 bilhão. De janeiro a agosto, as importações aumentaram 108% em volume e 93% em valor quando comparadas ao mesmo período do ano passado. O total importado em oito meses atingiu US$ 2 bilhões.

Na negociação de março, cada montadora recebeu uma cota individual de importação para carros, ônibus e caminhões. Pelo menos duas já estouraram a cota, mas continuam trazendo veículos pagando tarifa de importação de 35% e adicional de dez pontos percentuais no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI). O Valor apurou que algumas empresas, sem esclarecer os motivos, decidiram abrir mão da isenção e pagar os impostos adicionais. (Págs. 1 e A4)

Tesouro banca 50% do passivo do BNDES

As novas concessões em infraestrutura devem levar o BNDES a buscar, já a partir de 2013, alternativas de capital, incluindo novos aportes do Tesouro. Os desembolsos do banco para energia e logística, incluindo rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, devem atingir R$ 40 bilhões em 2015, com aumento de 70% sobre os R$ 23,5 bilhões previstos para 2012.

A dependência do Tesouro cresceu. Segundo o economista Mansueto de Almeida, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), o BNDES não tinha mais de 10% do seu passivo vinculado a dívidas com o Tesouro em 2007, ou R$ 10 bilhões. Em 2012, serão R$ 360 bilhões, cerca de 50% do passivo. (Págs. 1 e A6)

Investimento de R$ 1,5 bi no oeste do Piauí

Os municípios de Guadalupe, Floriano, Jerumenha e Marcos Parente, no oeste do Piauí, vão receber investimentos de R$ 1,5 bilhão num projeto integrado de agricultura e indústria para produzir açúcar, etanol, eletricidade, amêndoa de cacau e pasta de tomate.

Os recursos estão sendo amealhados pelo fundo de “private equity” Gordian Bioenergy. Segundo o idealizador do projeto, o investidor de origem grega Diomedes Christodoulou, a empresa Terracal Alimentos e Bioenergia já adquiriu 35 mil hectares no Estado. A área será 100% irrigada para o cultivo de 3 mil hectares de cacau, 27,3 mil hectares de cana e 4,7 mil hectares de tomate – este último em consórcio com a cana. (Págs. 1 e B16)

Redução tarifária será feita “caso a caso”

O setor elétrico vê hoje o desfecho para as concessões de 18,2 mil megawatts (MW) de usinas hidrelétricas, 73 mil km de linhas de transmissão e 41 distribuidoras em 2015. Uma das principais preocupações das empresas – o volume de investimentos que o governo considerará como amortizados ao longo dos contratos – foi calculado “caso a caso”, segundo o diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Nelson Hubner.

Quanto maior a amortização dos investimentos, mais o governo deverá exigir em redução de tarifas nas concessões prorrogadas. A declaração de Hubner dá um pequeno alívio às empresas, ao indicar que o governo não pretende considerar todos os investimentos como já amortizados. (Págs. 1 e A3)

Fim de férias é a hora da verdade na zona do euro

Poucos momentos do pós-Guerra foram tão marcados pelos riscos de catástrofe econômica internacional como agora. O fim das férias de verão na Europa marca o término da trégua criada pela letargia dos mercados de dívidas soberanas na zona do euro. Estarão de volta as ameaças que pairam sobre Grécia, Portugal, Espanha e Itália.

Aproxima-se a hora da verdade para a região. Uma forte pressão se acumula para forçar a Grécia a pedir sua saída da moeda única. Portugal deverá conhecer medidas adicionais para cumprir as metas impostas pela troica UE, BCE e FMI. Espanhóis vivem a expectativa de mais cortes de gastos públicos e aumentos de impostos. À sucessão infernal de contração da demanda pública e aprofundamento da recessão e do desemprego, a UE tem pouco a oferecer senão a perspectiva de novos sacrifícios a países já debilitados. (Págs. 1 e A16)

Suíça quer incluir flores e paisagismo na conta dos subsídios agrícolas (Págs. 1 e B15)

Teori Zavascki assumirá vaga de Cezar Peluso no STF (Págs. 1 e A9)

BHG vai construir 40 hotéis

A Brazil Hospitality Group (BHG), da GP Investments, anunciou a criação de um fundo para captar até R$ 400 milhões. O objetivo é financiar o desenvolvimento de 40 hotéis no país até 2015. (Págs. 1 e B4)

Mais autopeças importadas

De janeiro a julho, as importações de autopeças chinesas aumentaram quase 26% em relação ao mesmo período de 2011, para mais de US$ 790 milhões. O déficit comercial do setor no ano já se aproxima dos US$ 3,4 bilhões. (Págs. 1 e B12)

Taesa reduz emissão de debêntures

A Taesa, empresa de transmissão de energia controlada pela Cemig, reduziu sua emissão de debêntures, prevista inicialmente para até R$ 3 bilhões. Agora, a oferta deverá ser de RS 1,6 bilhão. A companhia não comentou a decisão. (Págs. 1 e C1)

Responsabilidade societária

Tribunais abrandam responsabilidade de ex-sócios por dívidas trabalhistas. Jurisprudência mais recente só admite a responsabilidade em ações iniciadas até dois anos após a averbação da retirada do sócio na Junta Comercial ou em casos de conduta ilícita. (Págs. 1 e E1)

Ideias

Delfim Netto

A política monetária americana produziu efeitos pífios, além de comprometer o equilíbrio fiscal. (Págs. 1 e A2)

George Soros

A Alemanha, no papel de maior país credor, está no comando, mas se recusa a assumir mais responsabilidades. (Págs. 1 e A15)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Frescão de BH começa a circular na segunda

Ônibus executivo terá linhas que ligarão a Savassi ao Buritis e à Cidade Administrativa

Preço da passagem será de até R$ 5, quase o dobro dos R$ 2,65 cobrados nos coletivos convencionais mais usados na capital (bairro a bairro), com direito a poltronas de veludo, ar-condicionado, internet sem fio e TV. Cada veículo levará 43 passageiros sentados e, no máximo, seis de pé. Eles passarão pelos pontos dos trajetos de 20 em 20 minutos nos horários de pico e de meia em meia hora nos demais. As duas primeiras linhas servirão de teste para a implantação de outras. Já estão previstos três novos itinerários para o ano que vem: Belvedere-Região Hospitalar, Sion-Região Hospitalar e Contorno (circular). (Págs. 1 e 19)

Contrastes mineiros

Migração em busca de emprego tem sido aspecto marcante no dia a dia de Baldim e Sarzedo, na Grande BH. Mas a semelhança para por aí. Na primeira cidade, a 142 quilômetros da capital, a população caiu 0,45% desde 2010, segundo dados do IBGE. Jovens à procura de formação técnica e superior ou melhor condição de trabalho puxaram a mudança. Em Sarzedo, a 29 quilômetros de BH, o número de habitantes cresceu 4,99% devido aos investimentos de mineradoras. E moradores já convivem com problemas comuns a grandes centros urbanos, como congestionamentos. (Págs. 1 e 23)

Eleições 2012: Nova Lima – Penido lidera com frente de 10 pontos

Pesquisa feita pelo Instituto MDA para o Estado de Minas mostra Vitor Penido (DEM) com 41,8% das intenções de voto, contra 31,4% de Cássio Magnani Junior, o Cassinho (PMDB). Anisinho (PPS) tem 5,2% e há 17% de indecisos. (Págs. 1 e 7)

Mensalão: Novato no STF pode atrasar o julgamento

Indicado pela presidente Dilma para a vaga deixada por Cezar Peluso no Supremo Tribunal Federal, o ministro Teori Zavascki, do STJ, terá pela frente 50,3 mil páginas do processo para se inteirar do caso. Com isso, se participar das sessões, o ministro deverá estender a duração do julgamento. (Págs. 1 e 3)

De Brasília a Juiz de Fora (só de pedágio): R$ 41

Tarifa máxima dos 11 pontos de cobrança para a concessão da BR-040 entre as cidades será de R$ 3,74, segundo dados da ANTT. Valor é 30,31% maior do que a previsão. (Págs. 1 e 12)

Confins: Dilma abandona plano de privatizar aeroporto

Terminais da Grande BH e do Galeão, no Rio, perderam importância para a União, que não mais os considera casos de urgência para a Copa. (Págs. 1 e 11)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Com a bênção do Recife (Págs. 1 e Esportes 1 e 2)

Fotolegenda: Em obras

Após cinco meses suspensa, urbanização do dique do Porto do Recife foi retomada. Reforma deve custar R$ 7,65 milhões. (Págs. 1 e Cidades 1)

Justiça decreta intervenção em Araripina

Com a decisão, governador vai escolher nome para administrar a cidade até janeiro. (Págs. 1 e Capa Dois)

Assembleia define rumos da greve na Rural

Professores da UFRPE, parados há 118 dias, se reúnem a partir das 10h de hoje. (Págs. 1 e Cidades 5)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Após semestre fraco, Piratini prepara pacote para reativar economia

Às vésperas do anúncio de um provável PIB negativo, governo deve adotar medidas de incentivo ao agronegócio, com foco em irrigação e infraestrutura. Maria Isabel Hammes (Págs. 1 e 22)

Ensino público: Estudantes terão aulas em módulos de metal

Estruturas de aço serão usadas durante reforma em 1.028 escolas estaduais, a partir do segundo semestre de 2013. (Págs. 1 e 41)

Tráfico: Cocaína em baixa, ecstasy em alta no Sul

Pesquisa indica que usuários estariam migrando de drogas em pó para sintéticas. (Págs. 1 e 39)

Supremo: Dilma indica ministro que atuou no Estado

Teori Zavascki, sugerido para vaga de Cezar Peluso, construiu carreira no RS. (Págs. 1 e 8)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete: Mantega define os novos setores que terão custo da folha reduzido

Com sinal verde da presidente Dilma para aumentar o número de empresas que serão beneficiadas com a desoneração da folha de pagamentos, o ministro da Fazenda finaliza com seus assessores a lista que vai anunciar nos próximos dias. (Págs. 1 e 8)

Agora, quem compra bicicletas são os ricos, diz dono da Caloi

Crescimento da tradicional marca de “bikes” vem sendo puxado por modelos de maior valor agregado, conta o presidente Eduardo Musa ao BRASIL ECONÔMICO. “A revolução na mobilidade virá de cima para baixo”, diz. “Bicicleta deixou de ser veículo de pobre e se tornou meio de transporte de pessoas com mais poder aquisitivo.” (Págs. 1 e 16)

Fundos recuperam fôlego em agosto

Captação líquida somou R$ 5,4 bilhões no mês, revertendo a perda de R$ 4,72 bilhões em julho, de acordo com balanço da Anbima. (Págs. 1 e 32)

Endividamento de empresas sobe 25%

Dados se referem às 30 maiores companhias brasileiras em valor de mercado no período de 12 meses até junho. CSN, Eletropaulo e Oi lideram o ranking. (Págs. 1 e 30)

Concessionárias ganharão licença ambiental prévia

Com a regra hoje adotada nas hidrelétricas, grandes obras terão risco menor para investidor. (Págs. 1 e 10)

PT não consegue se fortalecer nas grandes capitais

Direção do partido faz balanço pessimista e mostra que só há chance de vitória em Goiânia. (Págs. 1 e 4)

Cidade inteligente tem potencial de US$ 10 bi para IBM

Gigante da tecnologia aposta em projetos para serviços públicos para expandir suas receitas. (Págs. 1 e 18)

Caixa recheado

Campanha de Barack Obama arrecadou US$ 114 milhões em agosto, superando Mitt Romney em R$ 3 milhões. (Págs. 1 e 36)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.