Manchete nos Jornais para este Domingo 04 de Novembro de 2012

142

Palavra do presidente do Banco Central: “O juro que o Brasil vive veio para ficar” Em entrevista exclusiva à colunista Maria Isabel Hammes,Alexandre Tombini diz ver país pronto para retomar crescimento… – O que Valério quer contar à Justiça? “Eu falei assim: nisso aí eu não me meto, não”. Marcos Valério, sobre o dinheiro pedido pelo PT para calar um empresário que ameaçava envolver Lula no caso Celso Daniel… –   União está longe de reaver verbas; As ações abertas pelo TCU para recuperar os recursos públicos desviados no mensalão pouco andaram, e a União está longe de reaver esse dinheiro…

O Globo

Manchete: Retrato do Brasil: Mercadores da miséria

Principal bandeira de Dilma, programas para erradicar pobreza extrema são alvos de fraudes

Políticos e servidores que deveriam cuidar de iniciativas voltadas para população carente incluem parentes, amigos e até gato entre os beneficiários O Brasil Sem Miséria, programa criado pela presidente Dilma para erradicar a pobreza extrema, tem sido alvo frequente de fraudes, revelam Alessandra Duarte e Carolina Benevides numa série de reportagens que O GLOBO inicia hoje. Em Redenção (PA), por exemplo, o prefeito é investigado por entregar imóveis do Minha Casa, Minha Vida a parentes e correligionários. Em Antônio João (MS), o coordenador do Bolsa Família responde na Justiça pela inclusão de seu gato de estimação entre os beneficiários. (Págs. 1, 3 a 5)

IPTU deve subir até 30% em 2014

O prefeito Eduardo Paes enviará à Câmara em 2013 um pacote propondo a revisão da atual cobrança do IPTU, o que deve resultar em aumentos de até 30% em 2014. Além disso, 97% dos contribuintes passarão a pagar o imposto — hoje são 40%. Para 2013, no entanto, Paes vai propor anistia e redução de dívidas tributárias. (Págs. 1, 29 e 30)

Eleições nos EUA: Economia decide futuro de Obama

Nesta terça-feira, americanos vão à urnas para julgar o governo Obama. Apesar de avanços em outras frentes, como a guerra ao terror, ele não conseguiu recuperar totalmente a economia do país, principal preocupação dos eleitores. (Págs. 1, e 44 a 50 e “Volta ao Mundo” de Helena Celestino)

Na Flórida, desilusão é ameaça

No maior estado indeciso, o alto desemprego faz muitos dos que elegeram Obama se inclinarem para o rival. (Págs. 1 e 47)

Enem 2012: Por vaga, todo tipo de promessa

Candidatos que este ano fazem o Enem apelam a todo tipo de promessa em troca de uma vaga na universidade: de subir de joelhos as escadarias da Igreja da Penha a fazer trabalho voluntário ou ficar um ano sem comer chocolate. (Págs. 1 e 35)

Entrevista: ‘Nós temos como nos defender’

Para Lázaro Brandão, que preside o Conselho do Bradesco, o banco tem como reagir à concorrência com o Banco do Brasil, que reduziu os juros por ordem da presidente Dilma. (Págs. 1 e 43)

Mensalão: União está longe de reaver verbas

As ações abertas pelo TCU para recuperar os recursos públicos desviados no mensalão pouco andaram, e a União está longe de reaver esse dinheiro.(Págs. 1 e 11)

Saúde: O enigma do prazer

Desejo feminino depende de fatores físicos, emocionais e mentais.(Págs. 1 e 51)

Morar bem: no rastro da revitalização

Zona Portuária já recebe morador e investidor da Zona Sul. (Pág. 01)

Boa chance: 124 países e uma ideia

Inovação é o foco da Semana Global do Empreendedorismo. (Pág.01)
————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Governo teme falta de gasolina no fim do ano

Colapso viria do consumo recorde, que superará 30 bilhões de litros em 2012

O governo federal começou a traçar plano de emergência para evitar desabastecimento de combustível já neste ano, relatam Renata Agostini e Dimmi Amora.

As ações prevêem ampliação da capacidade de transporte e armazenamento. O temor de colapso deve-se ao consumo recorde de gasolina. Em novembro e dezembro, a venda é 10% superior à média dos bimestres anteriores. Pesam ainda a falta de capacidade interna de produção e os problemas de armazenagem.

Até setembro, a Petrobras importou 2,4 bilhões de litros, quase o triplo em relação a igual período de 2011.

Para o governo e órgãos do setor, Norte, Nordeste e Centro-Oeste são as regiões mais ameaçadas, além de Minas e Rio Grande do Sul.

De acordo com estudo da UFRJ, o país, terá de importar 20% da gasolina que consome em cinco anos se não houver aumento na produção e a oferta de etanol continuar restrita. Até 2009, o Brasil era autossuficiente em gasolina. (Págs. 1 e B1 / Mercado)

Banqueiro diz que é hora de o governo cortar piores impostos

Principal sócio do BTG Pactual, o maior banco de investimentos da América Latina, André Esteves diz em entrevista que já é a hora de o governo diminuir a carga tributária, problema número um do país.

“Sem inventar muito, vamos reduzindo os impostos piores. Não é preciso reforma para isso.” (Págs. 1 e B3 / Mercado)

Teto para o crescimento do PIB vai ficar menor nos próximos anos, de acordo com economistas. (Págs. 1 e B7 / Mercado)

Ministro faz maratona pelo Estado de SP de olho em 2014

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, percorreu ao menos 35 cidades paulistas nos últimos três meses da campanha eleitoral.

Em um único dia, viajou quase mil quilômetros e passou por seis cidades. Nessas andanças, Padilha participou campanha eleitoral.

Em um único dia, viajou quase mil quilômetros e passou por seis cidades. Nessas andanças, Padilha participou de comícios e fez promessas de ajuda do governo federal.

Padilha é visto no PT como opção para disputar o governo estadual em 2014. (Págs. 1 e A4 / Poder)

Bens de prefeito são o dobro da verba da cidade que o elegeu

O produtor agrícola Otaviano Pivetta, 53, eleito para comandar a pequena Lucas do Rio Verde (MT), será dono do título de prefeito mais rico do país. Seu patrimônio declarado, de R$ 321 milhões, é o dobro da receita do município que o elegeu, informam Fabio Leite e Paulo Gama. (Págs. 1 e A9/ Poder)

Eleições Americanas: Transição Chinesa

Mudanças no governo desses dois países podem afetar relação bilateral. (Pág. 1 e Caderno especial)

De Pequim: A china terá sua sucessão em meio a tensão política, informa Fabiano Maisonnave

De Washington: A ascensão chinesa é um obstáculo para os EUA, relata Luciana Coelho

Monica Bergamo: Regina Duarte conta que tem ‘encantamento’ por Dilma (Pág. 1 e E2)

Enem termina hoje com provas de redação e de matemática (Pág. 1 e C3 / Cotidiano)

Virgindade de índia de 12 anos vale R$ 20 no AM

Em São Gabriel da Cachoeira (AM), brancos compram a virgindade de meninas indígenas com R$ 20 ou peças de roupa, relata Kátia Brasil. Doze meninas indicaram à PF nove homens como autores dos crimes. M., 12, diz ter vendido a virgindade a um ex-vereador. “Fiquei triste.” (Pág. 1 e C1 / Cotidiano)

Eliane Cantanhêde: Homem-bomba enjaulado, Valério ameaça PT e PSDB

As prisões dos condenados pelo mensalão devem ficar só para o segundo semestre de 2013. Depois, vem o julgamento do mensalão mineiro, que pega o PSDB. E o maior ponto em comum entre os dois casos é Marcos Valério, o homem-bomba. (Págs. 1 e A2 / Opinião)

Editoriais

Leia “Azul x Vermelho”, sobre eleições presidenciais nos EUA, e “Custosa obsessão”, acerca de insistência no trem-bala entre São Paulo e Rio. (Págs. 1 e A2 / Opinião)

———————————————————————————–

O Estado de S. Paulo

Manchete: PT vai testar em São Paulo planos para nova classe média

Projetos em habitação, saúde, educação e transporte público servirão de bandeira para campanha em 2014

O PT pretende que São Paulo seja a partir de 1° de janeiro, na gestão de Fernando Haddad, um laboratório de projetos do governo federal com foco na nova classe média. Essas iniciativas servirão de bandeira na campanha eleitoral de 2014. O deputado federal Paulo Teixeira (PT), um dos mentores da estratégia, diz que os 40 milhões de pessoas que tiveram ascensão social “ainda têm uma renda muito baixa” e que, por isso, “o desafio é o da melhora dos serviços públicos”. No governo Lula, os programas sociais, como o Bolsa Família, tinham foco nos mais pobres. Agora, as prioridades são outras. No transporte público, a aposta é o bilhete único mensal. Na saúde, apesar de algumas organizações sociais serem mantidas, serão reforçados os convênios federais, comandados pelo ministro Alexandre Padilha, pré-candidato ao governo do Estado. Em habitação, a ideia é reforçar o Minha Casa, Minha Vida. Na educação, o ministro Aloizio Mercadante, outro pré-candidato, diz que “há um enorme potencial de parceria”. (Págs. 1 e A4 / Nacional)

‘Arco do futuro’ tem programas de Kassab

Haddad quer mudar lógica de crescimento, mas mantém 10 iniciativas do antecessor, ”. (Págs. 1, C4 e C5 / Cidades)

Temer diz que PMDB quer Presidência só em 2018

O vice-presidente Michel Temer afirma, em entrevista a Marcelo Moraes, que o PMDB só lançará candidato à Presidência em 2018. Em 2014, o projeto é repetir a chapa com Dilma Rousseff, preservando seu espaço como vice. Ele reconhece que a renovação foi a marca da campanha municipal, mas afirma que “a presidente Dilma é uma novidade na política brasileira”. (Págs. 1 e A8 / Nacional)

Eleição Americana: Obama e Romney apostam no voto de Flórida e Ohio

O democrata Barack Obama e o republicano Mitt Romney finalizam depois de amanhã uma das mais acirradas disputas eleitorais das últimas décadas pela Casa Branca, informa Denise Chrispim Marin. Empatados nas pesquisas, os candidatos apostam no voto decisivo dos Estados da Flórida e de Ohio. (Págs. 1, A21 a A27 / Internacional)

PCC dá abrigo a fugitivos do morro do Alemão

O Primeiro Comando da Capital (PCC) usa favelas de São Paulo para dar abrigo a fugitivos do Comando Vermelho (CV), expulsos do morro do Alemão, no Rio. A polícia investiga a ligação das facções. (Págs. 1 e C1 / Cidades)

África é mercado em expansão para brasileiros

Grupos nacionais prospectam projetos na África, um mercado em expansão. “Há potencial em pelo menos 30 países”, diz Leonardo Brito, da OAS. (Págs. 1, B10 e Bll / Economia)

Enem, primeiro dia de prova: atrasos e boato

Atrasos (como o de Amanda de Freitas, que foi barrada no Rio) e um boato no Twitter foram os poucos fatos a quebrar a normalidade do primeiro dia. (Págs. 1 e A12 / Vida)

América Latina quer reeleição nos EUA (Págs. 1 e A26)

Brasil não esconde preferência por Obama

0 governo brasileiro teme possível volta das políticas econômicas liberais com o retorno dos republicanos ao poder. A relação entre os países, porém, deve continuar estável. (Págs. 1 e A28)

Fernando Henrique: Hora de balanço

O caminho para êxitos futuros do PSDB é se dirigir aos mais pobres e às classes médias, tanto as antigas como as camadas que aumentaram a renda.
(Págs. 1 e A2 / Espaço Aberto)

Mohamed A. El-Erian: Desaceleração na China

Crescem as preocupações com a China. O que está em jogo é a desaceleração da economia e os impactos que isto pode causar no mundo. (Págs. 1 e B7 / Economia)

Notas & Informações: O fim da CPI deles

A CPI do Cachoeira acabou em farsa. A prorrogação da investigação foi rejeitada (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Toda mudez na CPI vai ser castigada

Relatório final da comissão que investiga esquema criminoso de bicheiro pedirá o indiciamento de todos os que recorreram à Justiça para se manter em silêncio ao depor, revela o repórter João Valadares. Também serão indiciados Cachoeira, Perillo e Demóstenes. (Págs. 1 e 2)

Ao vencedor, um país em crise

Americanos escolhem, na terça-feira, o presidente, movidos pela crença de que o eleito levará o país a superar a grave situação econômica. Eleitores de origem hispânica serão o fiel da balança. (Págs. 1 e 16 a 20)

Fim do bem-estar social será o pivô de nova crise na UE (Págs. 1 e 10)

Violência de jovens é culto à estupidez

Vítimas da selvageria de jovens de Brasília relatam ao Correio as seqüelas deixadas pelo espancamento sofrido. Covardes, em busca de autoafirmação, os agressores geralmente atacam em bando. Especialistas atribuem o comportamento à cultura da violência que existiria na sociedade atual. Quem carrega as marcas da brutalidade no corpo acredita que a cultura que os move é outra; a da impunidade. (Págs. 1, 23 e 24)

Preservação: Guadiães voadores

Diariamente, cerca de 200 pilotos apaixonados por ultraleves contemplam Brasília do alto e monitoram ameaças à natureza e aos monumentos da capital da República. (Págs. 1 e 34)

Dossiê Anísio Teixeira

Caiu num fosso ou foi assassinado? Família entregará à Comissão da Verdade documento que aponta contradições sobre as circunstâncias da morte do educador durante a ditadura militar. (Págs. 1 e 3)

Enem elimina 37 por divulgar cartões de prova

Boato de cancelamento, no Twitter, e postagens feitas por candidatos em redes sociais marcaram o início da aplicação do exame. Hoje, os portões serão abertos às 12h. (Págs. 1 e 8)

À busca de médico, engenheiro, geólogo

Governo lança rede de pesquisa para mapear gargalos na oferta e na demanda de profissionais. Há previsão de que a medicina será uma das áreas mais carentes. (Pág. 01 e Capa)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Os problemas já conhecemos… Agora vamos às soluções

Rodovias federais engolidas pela capital, o Anel Rodoviário e a BR-356 entre o trevo do Belvedere e o viaduto da Mutuca viraram vias urbanas que misturam perigosamente caminhões e carretas com tráfego intenso de veículos leves. O resultado são congestionamentos e, pior, sucessivos acidentes graves e mortes. Só no Anel, 25 pessoas morreram até outubro.

A construção do Rodoanel, para retirar o trânsito pesado,é a principal solução apontada por especialistas para aliviar o Anel Rodoviário, que continuaria precisando de uma ampla reforma. Entre as recomendações estão o alargamento de pistas, construção de viadutos e passarelas,e demais pistas marginais e áreas de escape, além da melhoria da sinalização e fiscalização mais rigorosa, principalmente do excesso de velocidade.

Em relação à BR-356, que também se beneficiaria do Rodoanel, a implantação do Portal Sul – um conjunto de viadutos, trincheiras e alças ligando a estrada à MG-030 – já desafogaria o trânsito para Nova Lima. Outra obra sugerida é o chamado Anel da Serra, uma ligação alternativa na altura do município de Brumadinho até o Belvedere, passando ao largo da cidade de Nova Lima. Mais uma vez, reforço de fiscalização é fundamental. (Pág. 25 e 26)

ENEM : Tranquilidade no primeiro dia de provas na capital

Milhares de estudantes não tiveram dificuldades para chegar aos locais de exame, como na UFMG, onde faltou energia por apenas cinco minutos. Atrasos foram esporádicos. Em todo o país, 37 candidatos foram eliminados por fotografar o gabarito. (PÁGINA 31)

Eleições nos EUA : As diferenças entre Obama e Romney

Confira em detalhes os perfis dos candidatos à eleição presidencial
dos EUA, que ocorrerá na terça feira, em meio à ressaca da destruição causada pelo furacão Sandy. E veja por que o voto dos hispânicos é considerado fundamental e provável fiel da balança. (PÁGINAS 21 E 22)

Disputa pela mão de obra

Em cenário de pleno emprego, concorrer com grandes empresas por funcionários qualificados é o desafio das micro e pequenas, como mostra a série sobre novos empreendimentos. (PÁGINA 16)

CPI dos correios: Algozes do mensalão se dão bem nas urnas (PÁG. 4)

Educação Básica: Participação dos pais melhora os alunos (PÁGINAS 28 E 29)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Arco para desafogar a BR

Governo do Estado promete tirar do papel seu maior e mais ousado projeto rodoviário: o Arco Metropolitano. Avaliada em R$ 1,21 bilhão, nova rodovia terá 77 Km, cruzará sete municípios e será alternativa ao trecho urbano da BR-101. (Pág. 01 e Economia 04)

Enem tranquilo, apesar dos boatos

Falsa notícia de cancelamento do exame circulou no twitter. Em pernambuco, não houve incidentes. Provas continuam hoje. (Pág. 01 e 16, 17)

Obama tenta reeleição nos EUA nesta terça

Presidente democrata enfrenta o republicano Mit Romney em uma disputa marcada pelo equilíbrio. (Pág. 01 e 18 a 21)

————————————————————————————

Veja

Manchete: O que Valério quer contar à Justiça?

“Eu falei assim: nisso aí eu não me meto, não”.

Marcos Valério, sobre o dinheiro pedido pelo PT para calar um empresário que ameaçava envolver Lula no caso Celso Daniel. (Pág. 01)

Ciência sem Fronteiras

Veja foi ouvir os primeiros bolsistas do programa que vai enviar 100 000 brasileiros para estudar nas melhores universidades do mundo. (Pág.01)
————————————————————————————

Época

Manchete: Romney x Obama: Quem é melhor para o Brasil? (Pàg.01)

Segurança: O que explica a onda de violência em São Paulo (Pàg.01)

Longevidade: O segredo da família em que os irmão vivem mais de 100 anos (Pág. 01)

Colunas

Bruno Astuto e as empreguetes loucas pela fama
Ruth de Aquino e as crianças loucas por livros
Walcyr Carrasco e os vendedores loucos para empurrar produtos (Pág.01)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: O novo PT

O estilo de Dilma Roussef toma conta do partido e provoca a maior transformação de sua história. Como a renovação das lideranças e da forma de fazer política vai definir os rumos da legenda nos próximos anos. (Pàg. 01)

Crime Organizado: Onda de assassinatos expõe a falência da segurança em SP (Pág. 01)

Catástrofe: Furacão Sandy deixa Nova York sitiada e abala a eleição americana (Pág 01)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: Construtoras – Ele venceu a crise

0 empresário Henry Borenstein, sócio da Helbor, driblou os problemas do setor de construção civil e está brilhando na bolsa de valores. Conheça a fórmula de sucesso de sua empresa para valer R$ 2,2 bilhões.

E mais: conheça também as estratégias vencedoras de empresas como Eztec, JHSF, Even e Direcional. (Pág. 01)

Estados Unidos: A economia após a tempestade de US$ 50 bi. (Pág. 1)

Avibras: O fogo amigo dos sócios minoritários. (Pág. 01)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete; Aécio, a bola é sua

Herdeiro da oposição o senador rejeita de novo udenismo e prega a renovação de ideias.
O obituário político de José Serra por Nirlando Beirão. (Pág. 01, Capa)

Energia. Qual a causa de tantos apagões recentes? (Pág. 01)

Múlti Brasileira: A expansão da Odebrecht no exterior (Pàg. 01)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Palavra do presidente do Banco Central: “O juro que o Brasil vive veio para ficar”

Em entrevista exclusiva à colunista Maria Isabel Hammes,Alexandre
Tombini diz ver país pronto para retomar crescimento. (Págs. 1 e Dinheiro)

Pronto para o verão?

Boas novas das praias gaúchas para a temporada e problemas que precisam ser resolvidos antes que os veranistas cheguem. (Págs. 1, 4 e 5)

Estados Unidos: Brasileiros nos EUA avaliam a Era Obama (Págs. 1, 18 e 19)

Acossados: A vida de juízes sob ameaça de bandidos (Págs. 1, 26 e 27)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *