O lado B da herança de Lula para Dilma; A presidente, que se valeu do prestígio e da popularidade do antecessor, encara o caso Rosemary e deverá ter pela frente esqueletos ainda escondidos… –  A república nem tão federativa do Brasil-Poder da União ameaça autonomia dos estados; Governadores reclamam de redução de receitas e aumento de responsabilidades. Municípios também se queixam de que a obrigatoriedade de manter programas criados pelo governo federal acaba limitando a execução de projetos próprios…

O Globo

Manchete: A república nem tão federativa do Brasil-Poder da União ameaça autonomia dos estados

Governadores reclamam de redução de receitas e aumento de responsabilidades

Municípios também se queixam de que a obrigatoriedade de manter programas criados pelo governo federal acaba limitando a execução de projetos próprios

A queda na arrecadação federal e a política de incentivos fiscais da União fizeram cair este ano repasses federais para estados e municípios. O quadro aumentou a insatisfação de governadores e prefeitos da base e da oposição com o que consideram uma ameaça ao pacto federativo. “Temos que ter autonomia para lidar com nossas diferenças”, diz o governador de Minas, Antonio Anastasia (PSDB). “Estados e municípios estão pedindo socorro”, afirma o governador do Ceará, Cid Gomes (PSB). Outra reclamação é política: a criação de convênios diretamente com prefeituras, reduzindo a influência dos estados. (Págs. 1 e 3 a 6)

Calote deve esfriar vendas no Natal

Os brasileiros chegam ao fim do ano endividados e o Natal deve ter vendas mais fracas. A inadimplência está em 7,9% há 3 meses, maior taxa desde 2009. Bancos dão até 90% de desconto para renegociar as dívidas. (Págs. 1, 43 e 44)

Ex-ministro pede royalties para SUS

Em entrevista a Jorge Bastos Moreno, o ex-ministro da Saúde José Gomes Temporão critica reserva dos recursos só para educação e alerta que isso destruirá o SUS. (Págs. 1 e 45)

Investimentos

Rio terá RS 20 bi para infraestrutura. (Págs. 1 e 47)

Roberto D’Ávila e suas conexões

Ex-político e entrevistador habilidoso, Roberto D’Ávila prepara livro de memórias. (Págs. 1 e 42)

Gestão do Porto de Santos sob risco

A administração do Porto de Santos, o maior da América Latina, está loteada por políticos. E o MP investiga irregularidades na cessão de áreas portuárias. (Págs. 1 e 8)

Derrotados nas urnas se vingam

Prefeitos que não se reelegeram ou não fizeram sucessores descuidam da administração e deixam população até sem coleta de lixo. (Págs. 1, 13, 38 e 39)

Construindo o pós-Niemeyer

Geração sucessora do mestre discute o futuro da arquitetura brasileira

Representantes de uma geração que se valeu do legado de Oscar Niemeyer, ao fundir a leveza do traço carioca à chamada arquitetura brutalista de São Paulo, concordam que os projetos dos novos profissionais não constituem uma unidade e que a morte do mestre deixa um vazio. “Temos que ser, como ele, férteis, para gerar nossas próprias ideias”, diz Gustavo Penna a Audrey Furlaneto. Um museu de arte contemporânea na ilha açoriana de São Miguel, uma biblioteca na Argélia, um centro musical no Marrocos e um templo da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Belém do Pará são alguns dos últimos traços que saíram da prancheta de Niemeyer, revela Rogério Daflon. (Págs. 1, 14 a 16 e Morar Bem, 3)

Nuno Ramos: A conquista dos opostos

O mito do moderno é o tema infindável do trabalho do mestre. (Págs. 1 e 15)

Colunista convidado

A atriz Camila Pitanga fala da apropriação do seu ‘Veta, Dilma!’ (Pág. 1)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Aviso: 09/12/2012

Prezado(a) leitor(a),

Há 9.855 dias, ou 27 anos, a Mídia Impressa seleciona e publica conteúdos dos principais jornais e revistas do País, que são distribuídos para um seleto grupo de autoridades em Brasília.

A empresa Folha da Manhã S.A obteve decisão judicial que impede, temporariamente, a Empresa Brasil de Comunicação (EBC) de incluir o conteúdo do jornal Folha de S. Paulo na Mídia Impressa nas versões em papel, digital e no Banco de Notícias.

A EBC está envidando todos os esforços para que a situação seja rapidamente revertida.

Contamos com sua compreensão.

Diretoria de Captação e Serviços

Empresa Brasil de Comunicação

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Rose foi única chefe indicada por Lula que Dilma manteve

Responsável por SP só foi demitida após escândalo; PF indiciou a ex-assessora por formação de quadrilha

Rosemary Noronha foi a única funcionária não concursada, de um total de 19, mantida em função de chefia na Presidência após a troca de comando de Lula para Dilma Rousseff. informa Daniel Bramatti. Rose ocupava desde 2009 cargo DAS 6, siglas de Direção e Assessoramento Superior, reservado a diretores. Entre os 655 servidores em DAS no Pais, quanto maior a importancia no posto, menor a taxa de remanescentes do governo Lula. Rose foi demitida há 15 dias, após a Operação Porto Seguro. Na sexta feira, a PF concluiu o inquérito e enviou à Justiça informações sobre o esquema de venda de pareceres. Ela foi indiciada por formação de quadrilha, falsidade ideológica e corrupção. (Nacional, págs. 1 e A4)

Crédito para imóvel já supera o de carro

O estoque de crédito destinado ao setor habitacional e imobiliário (R$ 334,6 bilhões) superou o do automotivo (R$ 319 bilhões) pela 1ª vez no Brasil, em agosto, e a diferença tem aumentado, revelam números do BC elaborados pelo Estadão Dados,. A mudança é atribuída à estabilidade da economia e à possibilidade de retomada do imóvel (Economia / págs. 1 e B1

Presidente da Cemig diz que vai à Justiça

Djalma Morais nega motivação política e diz que vai à Justiça para manter concessão. Para Nelson Hubner, diretor da Aneel, não há mais negociação. (Págs.1 e B12)

É venezuelana a gasolina em RR

A entrada clandestina de gasolina barata da Venezuela no País,pela fronteira com Roraima, gera contrabando e prejuízos ao setor, relata Sergio Torres. Tanque cheio sai por R$ 25 (Economia/ Pags.1 e B15)

Assessora de Assad veio ao País

Bussaina Shaaban esteve em missão secreta em SP, Rio e Buenos Aires, revela Lourival Sant’Anna. Ela sondou a possibilidade de trazer pessoas da Síria. (Internacional/Págs. 1 e A14)

Educação: Uma lição do Piauí

Alunos como Letícia Brito, da Escola Estadual Augustinho Brandão, de Coca dos Alves, no Piauí, superam dificuldades e desbancam 5 mil instituições no Unem. (Vida/págs. A2 e A23)

Renato Cruz: A internet ameaçada

A Conferência Mundial de Telecomunicações, que acontece até sexta, discute propostas para ampliar poderes de governos sobre a rede. (Economia págs. 1 e B14)

Pedro Malan: A decisiva segunda metade

E quase consenso entre economistas brasileiros que a chave para o nosso crescimento econômico sustentado é o aumento da taxa de investimento. (Espaço aberto/págs. 1 e A2)

Notas & Informações

Modernização dos portos

Medidas anunciadas poderão dar início à recuperação do sistema portuário. (pág. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Niemeyer de corpo e alma

Brasilienses carregam na pele os traços do arquiteto, como a estudante de arquitetura Mariana Martins Hummel, 23 anos, que traz a imagem da Catedral no braço esquerdo em homenagem também à avó. As obras de arte a céu aberto riscadas pelo criador da capital fazem parte do cotidiano das pessoas que trabalham, moram, passeiam, rezam e se divertem nesses espaços. Desde a alegria da turma do skate nas calçadas doMuseu da República, às missas na Igrejinha e na Rainha da Paz. Dos prédios residenciais aos suvenires dos monumentos da cidade. Tudo respira e pulsa Oscar Niemeyer. (PÁGINAS 29 A 33 E 40)

PMDB é quem vai mandar no Congresso

Partido deve assumir as presidências da Câmara e do Senado a partir do próximo ano. Para o Palácio do Planalto, a hegemonia peemedebista pode evitar turbulências na gestão de Dilma Rousseff e no seu projeto de reeleição em 2014. Os nomes mais cotados são o do deputado Henrique Eduardo Alves (RN) e o do senador Renan Calheiros (AL). (PÁGINAS 2, 3 E 4)

A economia nos versos do Rei do Baião

Muita coisa mudou para melhor desde Asa branca, o clássico de Luiz Gonzaga sobre miséria no Nordeste. Programas sociais e de renda reduzirama pobreza na região, mas a indústria da seca ainda prevalece. (PÁGINAS 16 E 17)

Glauber e Nildo unidos para sempre

O bancário Glauber Oliveira e o estudante de direito Nildo José Gondin fizeram valer a decisão do STF sobre união homoafetiva e trocaram alianças com todos os direitos e garantias previstas em lei. Para o casal, um ato de amor e também político. (CAPA E PÁGINAS 6 A 9)

A poesia de Ayres Britto

O ministro aposentado do STF fala ao Correio sobre sua paixão pela literatura e por ícones damúsica brasileira, como Djavan, “o autor de um dos versos sociais mais bonitos da língua portuguesa”: sabe lá o que é não ter e ter que ter pra dar? (DIVERSÃO & ARTE, PÁGINA 3)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: O Brasil de Gonzaga

‘‘Por falta d’água, perdi meu gado, morreu de sede meu alazão…’’

O Brasil que Luiz Gonzaga percorreu e cantou no século 20 não é mais o mesmo. Cresceu e apareceu para o mundo: virou potência econômica. Mas olhado por dentro, como fez o sanfoneiro a partir dos anos 1940, o país continua desigual, com grandes prejuízos a cada adversidade climática. “A seca compromete a produção agrícola e pecuária, que tem um peso grande no PIB (Produto Interno Bruto) dos pequenos municípios. Comas estiagens prolongadas, há uma grande perda da capacidade de renda das famílias desses lugares “, avalia o
economista Geraldo Antonio Reis, professor da Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). Embora esteja no Sudeste, a regiãomais rica do país, o Norte de Minas, juntamente como Vale do Jequitinhonha, padece da mesma forma que o sertão nordestino. Mas por que a falta de água ainda mata o gado e provoca tamanha judiação? É o que os repórteres Paulo Henrique Lobato, Luiz Ribeiro e Alexandre Guzanshe respondem a partir de hoje, quatro dias antes dos 100 anos do Rei do Baião, na série de reportagens “O Brasil de Gonzaga”.
Asa branca (Luiz Gonzaga/Humberto Teixeira, 1947) (PÁGINAS 16 A 18)

Obras inéditas de Niemeyer

A amizade do arquiteto Oscar com o educador Darcy Ribeiro deixou legado arquitetônico.O Museu do Homem, idealizado para ficar na UFMG,não saiu
do papel e deve ir para Montes Claros, que ganhará também uma capela ecumênica. Confira a vida no edifício em curvas de Niemeyer em BH. (PÁGINAS 12 E 13 E 31)

Ensino médio: Mec estuda método para integrar várias disciplinas (PÁGINA 01 e 25)

———————————————————————————–

Jornal do Commercio

Manchete: Novo olhar sobre o trabalho doméstico (Pág. 01)

PT desiste de votar protesto contra STF (Pág. 01)

Tapajós é o novo eldorado da floresta (Pág. 01)

————————————————————————————

Veja

Manchete: Oscar Niemeyer (1907-2012)

“A função da forma é a beleza”. (Pág. 01)

————————————————————————————

Época

Manchete: Oscar Niemeyer 1907-2012

Kindle no Brasil

Um guia para entrar na era do livro digital – e outras 96 dicas de presentes de Natal para românticos, antenados, nerds, aventureiros… (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: Oscar Niemeyer 1907-2012

O homem que colocou a curva em nossas vidas. (Pág. 01)

Exclusivo

Os documentos secretos da ditadura. (Pág. 01)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: O show das empresas transparentes

Conheça o segredo do sucesso de companhias como Kroton, Minerva, Amil, Duratex e Marisa, estrelas da bolsa em 2012. Suas ações subiram mais de 65% neste ano. Em comum, elas fazem parte de um seleto grupo de companhias que adotam práticas mais modernas de gestão e apostam firme no mercado interno. (Pág. 1)

Cesp e Cemig

Como ficam as elétricas sem as concessões. (Pág. 1)

Time for fun

Por que as rainhas do pop não vendem mais como antes. (Pág. 1)

Tecnologia

O Twitter busca o eixo no Brasil. (Pág. 1)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: A velha cara da nova direita

Do Instituto Millenium aos jovens reacionários, o Brasil volta ao passado. (Pág. 01)

Liberdade de expressão

Vem do Reino Unido uma lição definitiva para a mídia nativa, que não sabe do que se trata. (Pág. 01)

————————————————————————————

EXAME

Manchete: Como crescer em 2013

Os últimos números confirmam: a economia brasileira continua em ritmo lento. A boa notícia — é em momentos como o atual que empresas vencedoras brilham de verdade. Saiba o que fazer para tirar o melhor do ano que começa. (Pág. 01)

Exclusivo

Por que o apresentador Silvio Santos está processando o banco BTG Pactual, de André Esteves. (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: O lado B da herança de Lula para Dilma

A presidente, que se valeu do prestígio e da popularidade do antecessor, encara o caso Rosemary e deverá ter pela frente esqueletos ainda escondidos. (Páginas 1 e 6)

Opinião

Ayres Britto estreia coluna em Zero Hora

Primeiro assunto do poeta e ministro aposentado do Supremo é a recuperação do“imprescindível”Verissimo. (Páginas 1 e 15)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.