Valério acusa Lula de chefiar mensalão, diz revista; Condenado por corrupção ativa no julgamento do mensalão, o empresário Marcos Valério acusa, segundo a revista Veja, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de chefiar o esquema de desvio de recursos públicos… – Um quinto dos jovens é ‘nem-nem’; 5,3 milhões de brasileiros entr 18 e 25 anos nem estudam nem trabalham. São os nem-nem. Em desalento, sequer procuram emprego. Gravidez precoce e evasão escolar são as principais causas, revela Fabiana Ribeiro…

O Globo

Manchete: Mensalão tem outros 45 processos e 80 réus

Ações, desmembradas da principal, revelam a real dimensão do esquema criminoso

Entre os acusados, estão doleiros, diretores de banco, um ex-procurador da Fazenda e a mulher de Marcos Valério

Além do julgamento em curso no Supremo Tribunal Federal, o escândalo do mensalão levou à abertura de 45 processos, que incluem outros 80 réus, informa Vinícius Sassine. Essas ações, desmembradas da principal, estão distribuídas pelo Distrito Federal e por quatro estados — onde correm em ritmo mais lento. Desse grupo fazem parte a mulher de Marcos Valério e Maurício Marinho, ex-diretor dos Correios. Com os 38 réus no STF, o número total de processados pelo mensalão chega a 118. (Págs. 1 e 3)

PSB e PSDB com fôlego extra

A três semanas da eleição, enquanto o PT e PMDB podem perder capitais importantes, PSDB e PSB tentam virar os partidos que mais elegerão prefeitos. Tucanos lideram em quatro capitais; socialistas, em três, e disputam a liderança em outras três. (Págs. 1 e 12)

Brecha arriscada para Romney

O cerco a embaixadas dos EUA abriu um flanco para Mitt Romney explorar uma suposta fraqueza de Obama em política externa. Aliados temem, porém, que candidato mostre despreparo na área com frases infelizes. (Págs. 1 e 38)

Argentina segura vendas do Brasil

Entre abril e julho, as exportações brasileiras encolheram US$ 6,1 bilhões e a Argentina respondeu por um terço desta queda. Nem a crise europeia afetou tanto as vendas externas do Brasil no período(Págs. 1 e 35)

Um quinto dos jovens é ‘nem-nem’

5,3 milhões de brasileiros entr 18 e 25 anos nem estudam nem trabalham. São os nem-nem. Em desalento, sequer procuram emprego. Gravidez precoce e evasão escolar são as principais causas, revela Fabiana Ribeiro. (Págs. 1, 29 a 31)

Jefferson e Dirceu, 20 anos de ódio (Págs. 1, 6 e 8)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: Prefeitura paga aluguel para 100 mil em São Paulo

Total de inscritos no principal programa para desalojados dobrou desde 2010

A Prefeitura de São Paulo paga até R$ 500 mensais a 27 mil famílias desalojadas de favelas. O total de beneficiados equivale a 100 mil pessoas – número superior à população de 88% dos 645 municípios do Estado.

No principal programa, o Aluguel Social, estão inscritas 21 mil famílias —eram 11 mil em 2010. Outras 6.000 recebem a ajuda financeira por meio do Parceria Social. (Págs. 1 e Cotidiano C1)

Vítimas de incêndio usam R$ 4.800 da prefeitura para refazer barracos na mesma área. (Págs. 1 e Cotidiano C4)

Lula chefiou mensalão de R$ 350 mi, diz Valério; PT nega

O empresário Marcos Valério diz, segundo a revista “Veja”, que o mensalão movimentou R$ 350 milhões, quase o triplo do que consta no processo do Supremo. Valério, condenado no julgamento, afirma que Lula chefiava o esquema ao lado de José Dirceu.
Valério também diz que Paulo Okamotto, do PT, procurou-o para preservar Lula. Okamotto nega. (Págs. 1 e Poder A4)

Russomanno promete time de secretários surpreendente

Líder nas pesquisas de intenção de voto para prefeito de São Paulo, Celso Russomanno (PRB) diz em entrevista à Folha que, eleito, formará equipe de secretários de perfil técnico, surpreendente, com capacidade para ocupar ministérios.
Ele promete dar subsídios a taxistas e ampliar o contingente da Guarda Civil Municipal de 6.300 para 20 mil homens. (Págs. 1 e Poder A16)

Vinicius Torres Freire

BC e governo, juntos, são dupla inédita em 20 anos. (Págs. 1 e Mercado B4)

Alckmin usa retórica dos matadores da ditadura, escreve Maria Rita Kehl (Págs. 1 e 6)

Editoriais

Leia “Mais um derrame”, sobre injeção de recursos pelos principais bancos centrais do mundo, e “Dúvidas no ar”, acerca de novo ministro do STF. (Págs. 1 e Opinião A2)

Fotolegenda: O Brasil que mais cresce

Operário trabalha na cosntrução de fábrica de celulose em Três Lagoas (MS); ex-capital do gado, cidade vira líder mundial do insumo. (Págs. 1 e Mercado B8)

Clóvis Rossi

Primavera Ábarbe não desandou em flores hostis. (Págs. 1 e Mundo A22)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Mantega diz que juros do cartão de crédito são ‘escorchantes’

Ministro avisa aos bancos que quer ver os cortes da Selic chegarem ao consumidor

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirmou que os bancos estão cobrando taxas “escorchantes” e injustificáveis no cartão de crédito. “Esses disparates têm que desaparecer”, disse em entrevista a Raquel Landim. Os spreads bancários se tornaram uma das principais brigas do governo Dilma Rousseff, que quer ver chegar ao consumidor o efeito dos cortes na Selic. Sobre a taxa, Mantega foi categórico: “Não há necessidade de alta de juros”, disse. Ele está seguro de que os preços vão se manter sob controle em 2013, apesar da recuperação da economia e ao contrário da projeção de consultorias. (Págs. 1 e Economia B1 e B3)

Valério acusa Lula de chefiar mensalão, diz revista

Condenado por corrupção ativa no julgamento do mensalão, o empresário Marcos Valério acusa, segundo a revista Veja, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva de chefiar o esquema de desvio de recursos públicos. Valério teria dito a interlocutores que o pagamento de propina a políticos movimentou R$ 350 milhões e que Lula teria negociado doações com empresários. Em viagem pela Bahia para participar da campanha eleitoral, Lula não se manifestou sobre as denúncias. (Págs. 1 e Nacional A4)

Na base do governo, PRB vira problema para o PT

Estimulado desde sua criação pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e posteriormente pela presidente Dilma Rousseff, o projeto político que dá sustentação à candidatura de Celso Russomanno (PRB) à Prefeitura, encabeçado pela Igreja Universal do Reino de Deus (Iurd), se tornou motivo de preocupação para a campanha de Fernando Hadgad (PT). “Vamos ter que rediscutir essa questão”, diz um dirigente petista que pediu anonimato. (Págs 1 e Nacional A6)

Patriota critica ação das potências na crise síria

O ministro Antonio Patriota (Relações Exteriores) criticou a paralisia do Conselho de Segurança da ONU na crise Síria. Segundo ele, se o conselho chegar a consenso que inclua a ameaça explícita de sanções, o Brasil apoiará. “Acho que há uma clara situação em que o conselho não está desempenhando satisfatoriamente seu papel”, disse Patriota aos repórteres Lisandra Paraguassu e Roberto Simon. (Págs. 1 e Internacional A16)

Um debate multimídia em SP

Interatividade e plataformas variadas marcam debate entre candidatos à Prefeitura que Grupo Estado, TV Cultura e YouTube promovem amanhã, (Págs. 1 e Nacional A10)

Egito é desafio para os EUA

O presidente do Egito, Mohamed Morsi, tenta conciliar pressões de Washington com movimentos antiamericanos, informa o enviado especial Andrei Netto. (Págs. 1 e Internacional A14)

Celso Lafer – Conduta Republicana

Modo de governar baseado no respeito às leis é um antídoto para os efeitos deletérios da corrupção. Permite afastar a mentira e a simulação.(Págs. 1 e Espaço Aberto A2)

Notas & Informações – Assim não pode

Dilma perde popularidade ao ceder à pressão de Lula e do PT na campanha eleitoral.(Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Quadrilha de Cachoeira vende imóveis para fugir

GERENTE DAS CASAS DE JOGOS DO BICHEIRO NO DF E NO ENTORNO NEGOCIA PROPRIEDADES PELA METADE DO PREÇO

Preso pela Operação Monte Carlo e libertado há três meses por força de habeas corpus, José Olímpio Queiroga Neto aciona rede de corre-
tores para se desfazer de lotes e prédios da organização criminosa em lugares como Santa Maria e Valparaiso (GO). O Correio identificou
pelo menos oito pessoas encarregadas da venda rápida e bem abaixo do valor de mercado. “Ele tá precisando fazer dinheiro. A conversa
que chegou pra gente é que ele quer sair daqui e ir embora para os Estados Unidos”, disse um dos intermediários de Queiroga. (Págs. 1, 2 e 3)

Al-Qaeda pede mais ataques contra os EUA

Rede terrorista conclamou muçulmanos de todos os países a intensificar as manifestações contra embaixadas e consulados americanos até a expulsão das representações diplomáticas. Distúrbios chegam a Sidney, na Austrália, à França e à Indonésia. (Págs. 1 e 18)

Onde faltam boas escolas são altos os índices de violência (Págs. 1 e 10)

Brasil real: Metade do salário vai par ao governo

Quem ganha até dois salários mínimos gasta 53,9% da renda com impostos embutidos ou declarados. (Págs. 1, 11 a 13)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Boca-livre

Policiais militares se aproveitam da autoridade para comer de graça em bares, restaurantes e padarias. Até maços de cigarros eles ganham de estabelecimentos em troca de proteção, que nem sempre dá resultado

Uma espécie de permuta de favores marca a relação entre comerciantes e agentes de segurança pública em Belo Horizonte e Contagem. Policiais comem bebem e até fumam de graça em troca de vigilância. Não é necessário procurar muito para detectar a prática, na maioria das vezes vista de forma clara e aberta.

Um restaurante do Bairro Riacho, em Contagem tem um custo fixo mensal para ter uma tropa à sua disposição: gasta R$ 2.880 por mês para fornecer 12 refeições diárias, seis almoços e seis jantares, aos militares. Por outro lado, quem tem negócio que não vende pão nem salgados reclama de estar abandonado. (Págs. 1, 25 e 26)

Imposto: A mordida do leão é maior no bolso do pobre (Págs. 1 e 14)

Vídeo esquenta ainda mais a briga em Betim (Págs. 1 e 8)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Desordem de Norte a Sul

JC abre série mostrando que cidades precisam se preparar para a expansão econômica, evitado a repetição de mazelas como favelização e trânsito estrangulado. Matéria especial mostra praias sem estrutura para o verão. (Págs. 1, Capa Dois, Cidades 4 e 5 e Economia 10 e 11)

Candidatos atacam prefeitos

No debate de ontem na Rádio Jornal, com os candidatos Geraldo (PSB), Mendonça (DEM), Humberto (PT) e Daniel (PSDB), petista e socialista, cujos partidos governam o Recife, buscaram afastar-se da administração de João da Costa. Para Mendonça, Humberto e Geraldo são parte do mesmo projeto. Daniel critica a área habitacional, que na capital está nas mãos do PSB. (Págs. 1, 6 e 7)

Obra da Fiat começa amanhã em Goiana

Primeira etapa será o centro administrativo para a equipe que acompanhará a implantação da montadora. (Págs. 1 e Economia 1 e 2)

————————————————————————————

Veja

Manchete: Os segredos de Valério

“Não podem condenar apenas os mequetrefes. Só não sobrou para o Lula porque eu, o Delúbio e o Zé não falamos”. (Pág. 1)

————————————————————————————

Época

Manchete: Eleição à venda

O mercado de votos que ainda assola o Brasil

– O vídeo que mostra carroceiros mineiros recebendo R$ 140 em troca de apoio.

– O traficante carioca que cobra pedágio de R$ 50 mil dos candidatos.
(Pág. 1)

O novo 11 de setembro

O assassinato do embaixador americano na Líbia e a onda de violência no Oriente Médio testam os limites da Primavera Árabe. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ

Manchete: Chegou a vez de Zé Dirceu

E ele ainda briga por poder no governo

O STF concluiu que houve corrupção, identificou a organização criminosa e agora começa a julgar Zé Dirceu como o chefe do mensalão. Apesar dos riscos, o ex-poderoso ministro segue lutando para manter seus apadrinhados no governo.(Pág. 1)

A injeção contra o colesterol

Brasileiros começarão a testar o mais novo e eficaz remédio contra o mal que atinge 40% da população mundial. (Pág. 1)

————————————————————————————

ISTOÉ Dinheiro

Manchete: O plano Gerdau

Ele é o empresário que a presidenta Dilma Rousseff ouve e está por trás de algumas das medidas que o governo tem adotado em favor da produção. Agora, Jorge Gerdau quer ajudar as empresas brasileiras a competir em escala global. (Pág. 1)

Custo Brasil
“O governo está reduzindo o custo do dinheiro, os impostos sobre os salários e os custos de logística”

Energia
“A tarifa mais barata vai definir novos invetimentos”

Eficiência
“Melhorar a gestão é trabalho de longo prazo, tanto no setor público quanto no privado” (Pág 1)

Carlyle ataca: Como o insaciável fundo americano engoliu a Tok & Stok (Pág. 1)

Exlusivo: As lições do empresário mais conectado do mundo (Pág. 1)

————————————————————————————

Carta Capital

Manchete: O amianto mata (mas o Brasil ignora)

Resposável por 100 mil mortes a cada ano e banido em 66 países, o produto usado em telhas e até na indústria têxtil conta aqui com lobby poderoso. (Pág. 1)

“Mensalão”: Uma tese do Direito alemão para condenar Dirceu? (Pág. 1)

Oriente Médio: Os EUA colhem o que plantaram (Pág. 1)

————————————————————————————

EXAME

Manchete: Exclusivo: O pesadelo da Vale

A maior empresa privada do País foi à África atrás da mais valiosa mina de ferro inexplorada do mundo. E terminou em uma trama que inclui acusações de corrupção, mortes e risco de prejuízo bilionário.

E mais: Por que George Soros, Tony Blair, André Esteves e Roger Agnelli viraram uma pedra no sapato da Vale. (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Ladrões de carros abusam da violência

Um tipo de roubo que cresce no Estado vem sendo cada vez mais acompanhado de agressões e de intimidação das vítimas. (Págs. 1, 4 a 8)

A educação precisa de respostas

Por que 34,5% dos alunos do Ensino Médio não estão na série correspondente à sua idade?

Reportagem busca respostas para a segunda pergunta da campanha pela qualidade do ensino. (Págs. 1, 27 a 29)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.