Manchete nos Jornais para este Domingo 31 de Julho de 2011

58

Empregos: Há vagas para pessoas com deficiência – Usuário vira refém de planos de saúde – Copa no Brasil começa com festa e protesto – Atividade econômica: Renda alta e consumo baixo na Grande BH – Obras do Dnit já tem custo de R$ 2,6 bi acima do previsto – “Copa não é circo, tem de deixar legado”, diz Blatter – Quatro órgãos públicos repetem vícios do Dnit…

O Globo

Manchete: Quatro órgãos públicos repetem vícios do Dnit

Outras áreas do governo têm contratos com suspeita de sobrepreço

Pelo menos outros quatro órgãos públicos analisados pelo GLOBO – têm problemas como os descobertos no Dnit, e que levaram à demissão de 22 pessoas. Fundação Nacional de Saúde (Funasa), Banco do Nordeste (BNB) e Codevasp sofrem com falhas de gestão, desvios e loteamentos políticos. Indicado pelo PT, o presidente do BNB, Jurandir Santiago, é suspeito de desvio de verbas no governo do Ceará. Também a Secretaria de Infraestrutura Hídrica já pagou R$ 3,9 bilhões pela obra de transposição do Rio São Francisco sem um projeto executivo e as empreiteras querem mais R$ 1 bilhão em aditivos.

A República de Mogi

Um dos pivôs do escândalo nos Transportes, o deputado Valdemar Costa Neto (PR/SP), levou a pasta para a sua “turma” de Mogi das Cruzes. Fred, que despachava no ministério sem sequer ter cargo, é suspeito de um desfalque no clube que presidia na cidade.

Capa e Pag. 04

Foto legenda: Paz enganosa

O pescador Thiago Barbosa lança a rede nas águas tranquilas da Lagoa de Marapendi, na Reserva da Barra. A área de proteção ambiental está loteada por empresas à espera de brecha na lei para erguer ali prédios e hotéis.

Pag. 34

“Copa não é circo, tem de deixar legado”, diz Blatter

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, disse que cabe ao Brasil criar infraestrutura para organizar o mundial de 2014. “A Copa não é um circo, que chega, fica durante duas semanas e se vai. Tem que haver legado”, afirmou em entrevista a Jorge Luiz Rodrigo. Sobre corrupção, disse que é preciso remodelar a imagem da Fifa. “As pessoas não acreditam quando falamos em jogo limpo e respeito”.
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

 

Manchete: País não pode ‘ficar para trás’ na guerra cambial, diz Mantega

Ao ‘Estado”, ministro diz que é preferível defender a indústria a usar o câmbio para combater a inflação

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, afirma que a recente intervenção no câmbio tem como objetivo garantir a competitividade da indústria nacional. Segundo o ministro, o governo não vai deixar o real se fortalecer para combater a inflação, como defendem alguns economistas. “O dólar a R$ 1,20 ia colaborar tremendamente, mas aí acabava com a indústria nacional”, disse o ministro, em entrevista ao Estado. Para Mantega, “está todo mundo brigando pelos mercados” e uma das estratégias dos países é manipular o câmbio. “Não podemos ficar para trás nessa brincadeira.” Mantega demonstra ainda preocupação com a crise nos EUA. ”É bom que eles resolvam logo essa situação, que está causando inquietação no mundo todo.” (Págs. 1 e Economia B4 e B5)

Guido Mantega
Ministro da Fazenda

“Se o bom senso não prevalecer, eles vão acelerar a decadência americana” . (Pág. 1)

Sob pressão, Senado vota plano nos EUA

O Senado americano, dominado pelo Partido Democrata, planeja votar na madrugada de domingo uma nova proposta para elevar o teto da dívida dos EUA. Com a iniciativa, os democratas esperam deixar os republicanos, que controlam a Câmara, em uma encruzilhada. Se não aprovarem o plano, podem ser responsabilizados pelo fracasso das negociações. (Págs. 1 e Internacional A24 e A25)
Obras do Dnit já tem custo de R$ 2,6 bi acima do previsto

Obras em andamento administradas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes já tiveram acréscimos de preços de R$ 2,6 bilhões. Dos contratos, 14% tem aditivos acima do limite legal, de 25% do preço inicial. Segundo o Dnit, a maioria dos aditivos de mais de 25% atinge apenas serviços continuados, como manutenção de rodovias. (Págs. 1 e Nacional A8)
Empresários vão às compras na China

Com o dólar em baixa, as federações de indústria organizam caravanas de empresários brasileiros para a China, em busca de máquinas, insumos e produtos acabados. (Págs. 1 e Economia B1)
Notas & Informações

A censura se eterniza

Uma questão de princípio e uma anomalia institucional mantém este jornal sob censura há dois anos. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

 

Manchete: O sonho de ser brasileiro

Quase 1 milhão de estrangeiros vivem em nosso país e a cada hora chegam 15 novos imigrantes

Procedentes de 90 nações e espalhadas por 5.565 cidades, essas pessoas têm até meados de agosto para regularizar sua permanência, de acordo com o prazo concedido pela Polícia Federal. A partir de hoje, o Correio publica série de reportagens feitas por Alana Rizzo mostrando imigrantes, como chegaram, o que fazem e quanto gastaram (ou receberam) para estarem aqui e os artifícios usados para permanecerem legalmente. Ainda este ano, o Brasil poderá, a pedido da ONU, abrigar refugiados da Primavera Árabe, como vem sendo chamada a onda de revoltas no Oriente Médio e no norte da África. (Págs. 1, 12, 13 e 24)
Dilma exalta Pelé e fala em Copa histórica

Com a participação de astros da música e da tevê, a cerimônia de sorteio das eliminatórias do próximo mundial de futebol, realizada no Rio de Janeiro, ganhou tom político no pronunciamento da presidente Dilma Rousseff. Diante do dirigente máximo da Fifa, Joseph Blatter, ela prometeu uma edição histórica do torneio e enalteceu Pelé, embaixador honorário do evento, chamando-o de “meu querido”. Sentado na primeira fila, o “rei” acabou roubando a cena, sendo aplaudido efusivamente. (Págs. 1 e Super Esportes, 2 a 5)

Agnelo reforça chances do DF

Presente à cerimônia, governador conversou com integrantes da Fifa sobre escolha de Brasília como sede da abertura. (Págs. 1 e Super Esportes, 5)

Foto legenda: Unidos contra o descaso

Em Brasília, seis associações juntam forças para reivindicar das autoridades atenção ao tratamento de doenças que afetam um número de pessoas aparentemente pequeno; como é o caso da fenilcetonúria, que impede a menina Isabela Vilela (na foto com o pai,Wesley Paroneto) de consumir proteína animal. (Págs. 1, 32 e 33)
Invista que o BC garante

Diante do clima de incertezas na economia mundial, o presidente do Banco Central, Alexandre Tombini, acalma os ânimos de investidores e consumidores: “Estamos tomando as medidas necessárias para que a dona Maria tenha a garantia de uma economia saudável nos próximos seis, 12, 18 meses”. (Págs. 1, 14 e 15)
————————————————————————————

Estado de Minas

 

Manchete: As vítimas de Julho

Omissão do Dnit contribui para transformar temporada de férias em tragédias nas estradas

O escândalo do superfaturamento de obras envolvendo o Ministério dos Transportes estourou, coincidentemente, no mês em que milhares de famílias pegam as estradas para curtir férias. Trechos de 10 rodovias onde ocorreram acidentes têm 16 editais de reforma e manutenção paralisados por causa da crise.No trecho da BR-381 que liga BH ao Vale do Aço, por exemplo, onde duas pessoas morreram, três obras para alargamento de pista estão suspensas.

Hoje começa a via-crúcis da volta para casa nas mesmas estradas que sofrem com o caos no Dnit. Em julho de 2010, 107 pessoas morreram nas rodovias federais que cortam Minas, segundo a Polícia Rodoviária Federal. É o mesmo número registrado em 2009. Conforme levantamento do EM, pelo menos 40 pessoas morreram neste mês em rodovias como as BRs 116 (foto), 381 e 040. (Págs. 1 e 25 a 27)
Atividade econômica: Renda alta e consumo baixo na Grande BH

Nova Lima, Lagoa Santa e Brumadinho atraem cada vez mais famílias de classe média alta para condomínios e disparam em renda per capita. Mas novos moradores mantêm suas principais atividades na capital. (Págs. 1, 17 e 18)
Sem controle

Dinheiro para combater corrupção paga lanches. (Págs. 1 e 3)

Imigração

Brasil abriga quase um milhão de estrangeiros. (Págs. 1, 14 e 15)
Toque feminino

Mulheres já são 25% dos investidores da Bovespa. (Págs. 1 e 19)
————————————————————————————

Jornal do Commercio

 

Manchete: Usuário vira refém de planos de saúde

Operadoras investem em hospitais, clínicas e médicos próprios. Para Associação Médica Brasileira, essa prática pressiona profissionais limitar procedimentos. Pior para os pacientes. (Págs. 1 e Economia 1 a 3)
Copa no Brasil começa com festa e protesto (Pág. 1 e 16)

 

————————————————————————————

Zero Hora

 

Manchete: Polícia desativa primeiro laboratório de óxi no RS

Denarc encontrou em Viamão sítio usado por quadrilha para produzir droga mais devastadora do que o crack, que seria distribuída na Região Metropolitana. (Págs. 1, 28 e 29)
Foto legenda: A face gaúcha da miséria

Quem são as 385 mil pessoas que vivem no Estado com uma renda mensal de no máximo R$ 70. (Págs. 1 e 23 a 26)
Empregos: Há vagas para pessoas com deficiência

Cerca de 21 mil trabalhadores gaúchos têm vínculo formal. (Págs. 1 e Encartado nesta edição)
Por que espaço no aeroporto é tão caro

Sistema de concessão de áreas usado pela Infraero se concentra em grandes empresas. (Págs. 1 e Dinheiro)

Clipping Radiobrás



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *