Poder de assessora vem de relação íntima com Lula; O poder da ex-chefe do escritório da Presidência em SP, Rosemary Noronha, decorre da longa relação de intimidade que ela manteve com o ex-presidente Lula… – PIB decepciona, e Dilma deve ter ‘biênio perdido’; Economia teve alta de 0,6% no terceiro trimestre, e Brasil deve crescer apenas 1% neste ano… – Até junho, Felipão terá ‘90% da seleção‘; Técnico disse ontem que a Copa das Confederações – que terá seus grupos sorteados hoje – servirá para definir quase todo o time para o Mundial de 2014…

O Globo

Manchete: Dilma veta perdas bilionárias para o Rio

Presidente garante o cumprimento dos contratos, como prometera

Maior parte da receita dos campos já licitados fica com estados e municípios produtores, como é hoje. Governo vai editar MP garantindo 100% dos recursos futuros para a educação

A presidente Dilma Rousseff decidiu vetar o artigo 39 do projeto de lei aprovado pelo Congresso que redistribui os royalties do petróleo. A decisão respeita os contratos em vigor e prevê que a receita dos campos já licitados fique com os estados e municípios produtores pelas regras em vigor. Ou seja, como dissera Dilma no dia anterior, houve “rigoroso respeito aos contratos”. O veto parcial evita perdas bilionárias para Rio, Espírito Santo e São Paulo, os grandes produtores. Os governadores do Nordeste, capitaneados por Cid Gomes (Ceará) e Eduardo Campos (Pernambuco), estudam uma reação. O governo editará uma medida provisória para vincular 100% dos royalties futuros para educação. (Págs. 1, 39 a 41 e editorial “Vence o bom senso”)

O Pibinho do Pibinho

O Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre decepcionou e registrou crescimento de apenas 0,6%, ou seja, metade do que previam os analistas. O investimento teve níveis muito baixos e o setor de serviços ficou estável. Em junho, o Credit Suisse divulgara uma projeção de crescimento de 1,5% para o período de julho a setembro. Na época, o ministro da Fazenda Guido Mantega disse que se tratava de uma “piada”. Agora, crescer 1,5% virou sonho. Na melhor das hipóteses, bancos e consultorias preveem que a expansão será de 1%. O resultado já faz o governo estudar um pacote de bondades. (Págs. 1, 42 a 44, Merval Pereira e editorial “Confirma-se o esgotamento dos incentivos ao consumo”)

Números:

0,6% de crescimento no 3º trimestre na comparação com o 2º trimestre;
1% é a previsão de crescimento do PIB para este ano. Já foi o triplo desse valor;
18,7% de investimento. A taxa estava em 20% e caiu, preocupando governo e analistas;
0,9% foi a taxa de expansão do consumo das famílias no terceiro trimestre do ano;
2,5% na agricultura foi o melhor resultado entre os setores econômicos no país;
20º lugar do Brasil num ranking de crescimento de 39 países. Perde para os Brics.

Chefe da quadrilha deixa cadeia

Justiça concede habeas corpus a Paulo Vieira, apontado pela Polícia Federal como comandante do esquema de venda de pareceres no governo federal. Seu irmão, Rubens Vieira, também ganhou liberdade (Págs. 1 e 3 a 7)

Israel amplia colônias para retaliar ONU

Um dia após a Assembleia Geral da ONU reconhecer a Palestina como Estado observador, Israel anunciou a construção de três mil casas em colônias em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia. Tradicionais aliados de Israel, os EUA condenaram a expansão, e a ANP disse que a medida é “um tapa na cara do mundo”. (Págs. 1 e 49)

Uma década de vidas poupadas

Uma pesquisa inédita da Uerj revela que a morte prematura de jovens, vítimas de violência, caiu pela metade de 2000 para 2010. O resultado é reflexo das UPPs: o risco de morrer caiu 40% nas regiões pobres da cidade, contra 20% nas áreas ricas. (Págs. 1 e 14)

Hora de conhecer primeiros rivais

A seleção de Felipão conhecerá hoje, em sorteio em São Paulo, os três primeiros adversários na Copa das Confederações, em 2013, principal teste para a Copa de 2014. (Pág. 1, Caderno Esportes e Arnaldo Bloch)

General dos Jogos na mira do MP

O MP Militar investiga o general Jamil Megid Júnior, nomeado pela presidente Dilma Rousseff para coordenar as Forças Armadas nos megaeventos do Rio, por contratos dos jogos Mundiais Militares. (Págs. 1 e 16)

PSOL quer expulsar maiores estrelas

Em crise por causa das alianças com DEM e PSDB, que ajudaram a eleger Clécio Luís em Macapá, o PSOL vai discutir a expulsão dele, único prefeito de capital eleito pelo partido, e do único senador, Randolfe Rodrigues. (Págs. 1 e 11)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete: PIB decepciona, e Dilma deve ter ‘biênio perdido’

Economia teve alta de 0,6% no terceiro trimestre, e Brasil deve crescer apenas 1% neste ano

A economia brasileira surpreendeu e cresceu apenas 0,6% no terceiro trimestre deste ano na comparação com os três meses anteriores, segundo o IBGE. O resultado ficou abaixo até das previsões mais pessimistas.

Estimulada por Dilma, a queda dos juros não foi capaz de elevar o investimento, que caiu 2% – a quinta retração. O juro menor contribuiu também para a queda de 13% do setor financeiro, a maior desde 2008. (Págs. 1 e Mercado, B1)

Análise – Célio Hiratuka

Retomada do investimento é indispensável. (Págs. 1 e Mercado, B10)

Advogado-geral ampliou poder de braço direito investigado

O advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, ampliou poderes de José Weber Holanda Alves, seu ex-braço direito, suspeito de integrar esquema de venda de pareceres, relatam Dimmi Amora e Andreza Matais.

Apesar de ter dito que Weber não tinha poder de decisão, Adams o havia designado número dois do órgão, dando-lhe até poder de revogar resoluções. (Págs. 1 e Poder, A8)

Poder de assessora vem de relação íntima com Lula

O poder da ex-chefe do escritório da Presidência em SP, Rosemary Noronha, decorre da longa relação de intimidade que ela manteve com o ex-presidente Lula.

Porta-voz do Instituto Lula disse que o ex-presidente não comentaria. (Págs. 1 e Poder, A5)

No 1º dia à frente da PUC-SP, reitora é barrada por alunos

Estudantes da PUC-SP impediram a nova reitora, Anna Cintra, de entrar em sua sala no primeiro dia no comando da universidade. Os alunos são contra a decisão de d. Odilo Scherer de nomear a professora, terceira colocada na votação.

Segundo Cintra, se ela não aceitasse, a igreja interviria na universidade. (Págs. 1 e Cotidiano, C1)

Votação a jato de Constituição leva a protestos no Egito

Milhares de egípcios protestaram no Cairo contra a aprovação às pressas da nova Constituição e o decreto que deu superpoderes ao presidente Mohamed Mursi.

A oposição critica a nova Carta, que preserva os poderes do Exército e a lei islâmica como referência. Mursi diz que vai submetê-la a referendo neste mês. (Págs. 1 e Mundo, A24)

Situação vence disputa acirrada para presidir a OAB paulista

A chapa da situação venceu a disputa pela presidência da seção paulista da OAB com menos votos que as duas chapas oposicionistas.

Com 100% da urnas apuradas na capital e 93% nas subseções, Marcos da Costa foi eleito com 38,2% dos votos. Ele vai dirigir a entidade entre 2013 e 2015. Alberto Toron teve 35,3% dos votos, e Ricardo Sayeg, 20,5%. (Págs. 1 e Poder, A20)

Dilma veta a redistribuição de royalties entre Estados

Atendendo a pressão de Estados produtores de petróleo, a presidente Dilma Rousseff vetou artigo de lei aprovada há duas semanas na Câmara que prevê redistribuição mais igualitária dos royalties de áreas já licitadas entre os Estados.

Dilma enviou ao Congresso medida provisória que prevê a obrigatoriedade de usar na educação 100% dos royalties da União, dos Estados e dos municípios da área do pré-sal. (Págs. 1 e Poder, A12)

Esporte

Brasil verá hoje rivais na Copa das Confederações. (Pág. 1)

Editoriais

Leia “Desinvestimento”, sobre baixo crescimento do PIB no terceiro trimestre, e “Violência sectária na Síria”, acerca de avanço oposicionista no país. (Págs. 1 e Opinião, A2)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: PIB do trimestre decepciona e indica crescimento de 1%

Aumento de apenas 0,6% em relação ao 2º trimestre foi resultado pior do que o previsto; erro deixou Dilma contrariada

O PIB do terceiro trimestre cresceu apenas 0,6% na comparação com o segundo trimestre e 0,9% sobre igual período de 2011. O resultado foi muito pior do que o previsto pelo governo e pelo mercado, provocando uma redução em cascata das projeções para este ano e para o próximo. As estimativas para 2012 caíram para em torno de 1%. Investimentos, o setor de serviços e o comércio internacional foram os destaques negativos. O que mais desagradou à presidente Dilma Rousseff foi a distância entre a pequena reação da atividade econômica no terceiro trimestre e as previsões da equipe do ministro Guido Mantega (Fazenda). Para Mantega, a economia está em “trajetória de crescimento”. Líderes da oposição classificaram como desastroso o desempenho da economia. Com PIB fraco, o dólar fechou ontem em R$ 2,12, o maior valor desde maio de 2009. (Págs. 1 e Economia, B1 a B11)

Governo prepara estímulo a investimento

Horas depois da divulgação do PIB, a equipe econômica se reuniu para discutir medidas de estímulo ao investimento. Novas linhas de crédito do BNDES e desonerações estão previstas. (Págs. 1 e B10)

“Teremos novidades na semana que vem em termos de medidas na área do investimento”.

Guido Mantega – ministro da Fazenda

Análises

Celso Ming: Empresário mantém espírito animal no armário. (Págs. 1 e B2)

José Paulo Kupfer: Resultado põe em xeque indicador do BC. (Págs. 1 e B8)

Veto nos royalties levará a briga judicial

A presidente Dilma Rousseff vetou a mudança na divisão dos royalties de petróleo em campos em exploração e confirmou que o dinheiro obtido em novas áreas deve ser aplicado na Educação. O veto levará a nova batalha no Congresso. (Págs. 1 e Economia, B14)

Até junho, Felipão terá ‘90% da seleção’

Técnico disse ontem que a Copa das Confederações – que terá seus grupos sorteados hoje – servirá para definir quase todo o time para o Mundial de 2014. (Págs. 1 e E1 a E3)

Rosemary queria ajuda de Dirceu em nomeação

E-mails interceptados pela Polícia Federal revelam que Rosemary Noronha, ex-chefe do gabinete da Presidência da República em SP, queria, em 2009, ajuda de José Dirceu para obter a nomeação de Paulo Vieira na diretoria da Agência Nacional de Águas (ANA). Rose esperava que Dirceu influenciasse a então ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff. O Palácio do Planalto afirma em nota que Dilma “não tratou do assunto com as pessoas citadas”. (Págs. 1 e Nacional, A4)

Irmãos Vieira são soltos após uma semana

A Justiça mandou soltar os irmãos Paulo e Rubens Vieira. Eles estavam presos preventivamente há uma semana, após a Polícia Federal deflagrar a Operação Porto Seguro. (Págs. 1 e A6)

Israel vai construir 3 mil casas na Cisjordânia (Págs. 1 e Internacional, A20)

Costa é eleito na OAB-SP com 38% dos votos (Págs. 1 e Nacional, A19)

Fotolegenda: Reitora barrada

Nova reitora da PUC-SP, Anna Cintra é impedida por alunos de entrar na instituição. Mesmo assim, ela assumiu o cargo. D. Paulo Evaristo Ams divulgou nota em que se disse ‘espantado com os acontecimentos’ e afirma que a ‘democracia foi respeitada’. (Págs. 1 e Vida, A26)

Miguel Reale Júnior: Choradeira e vergonha

O PT, ao acusar o julgamento do mensalão de juízo de exceção, só exerce o direito de espernear: uma choradeira de bases emocionais. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Tutty Vasques: Felipão não quer dizer nada

Os bravos bancários não devem levar pro lado pessoal. Tudo que Felipão diz nunca quer dizer nada! O que de fato importa, ele não diz! (Págs. 1 e Cidades, C8)

Notas & Informações

Usina de trapalhadas

O governo confirmou sua aversão ao planejamento no caso das concessões do setor elétrico. (Págs. 1 e A3)

————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Seis em cada 10 jovens ignoram risco da Aids

Apesar do amplo acesso a informações, uma geração de brasileiros está perigosamente exposta a uma doença incurável: a aids. Levantamento obtido pelo Correio revela que 60% dos jovens entre 18 e 29 anos consideram que não correm risco – ou um risco muito baixo – de contrair doenças sexualmente transmissíveis. A pesquisa, encomendada pela Caixa Seguros, em parceria com a Organização Pan-Americana de Saúde e com o governo federal, ressalta o comportamento imprudente desse grupo quanto à vida sexual. Quatro em cada 10 entrevistados afirmaram que usaram preservativo apenas na primeira relação com um novo parceiro, e praticamente o mesmo contingente dispensou a camisinha no último contato sexual. (Págs. 1 e 12)

Abaixo do esperado, PIB cresce só 0,6% no 3º trimestre

Números divulgados ontem pelo IBGE confirmam a economia emperrada por falta de investimentos e criam tensão no governo. (Págs. 1 e 14)

Royalties do pré-sal vão para a educação

O governo federal anunciou o veto à mudança de regras na exploração das regiões licitadas e a edição de medida provisória para incluir recursos de novas áreas para financiar o sistema educacional. (Págs. 1 e 6)

Hospital é alvo de nova denúncia

Funcionários demitidos do Hospital Anchieta afirmam que prontuários são alterados para esconder a prática ilegal de usar técnicos em enfermagem no lugar de médicos auxiliares em cirurgias. (Págs. 1 e 29)

Israel reage à vitória da Palestina na ONU

No dia seguinte à aprovação da resolução que elevou o status palestino nas Nações Unidas, governo israelense autoriza a construção de 3 mil casas de colonos na Cisjordânia. (Págs. 1 e 24)

Copa das Confederações: Brasília torce para pegar Itália em sorteio

A Seleção Brasileira de futebol conhece hoje, às 11h20, seu adversário na estreia da Copa das Confederações, em Brasília. Entenda como funciona o sistema e saiba quais as chances de receber os italianos em 15 de junho de 2013. (Págs. 1 e Super Esportes, 2 a 8)

O velho jogo de Felipão

Técnico avisa que será impossível atuar como o Barcelona e volta a se desculpar por gafe com funcionários de banco. (Págs. 1 e Super Esportes, 2 a 8)

Paulistão candango

Em São Paulo, governador Agnelo Queiroz se reúne com federação e times paulistas podem atuar no Mané Garrincha no ano que vem. (Págs. 1 e Super Esportes, 2 a 8)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Olha o PIB do Brasil

Expansão da economia em relação ao período anterior frustra o governo e decepciona investidores

O Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro somou R$ 1,09 trilhão de julho a setembro. A alta de apenas 0,6% na comparação com o segundo trimestre ficou bem abaixo da estimativa do ministro da Fazenda, Guido Mantega, que apostava em 1,3%. E levou a presidente Dilma Rousseff a cobrar dele explicações. O mau desempenho se deveu sobretudo à variação nula do setor de serviços, responsável por 60% da composição do indicador. E o destaque foi o agronegócio, que subiu 2,5%. O resultado anualizado do PIB ficou em 0,9% e nos primeiros nove meses do ano, em 0,7%. Apesar da frustração, Mantega manteve o discurso otimista, projetando crescimento de 1% no último trimestre deste ano e de 4% em 2013. (Págs. 1, 12 e 13)

Veto de Dilma deixa Minas sem R$ 607 mi

Distribuição equitativa entre os estados dos recursos do petróleo só valerá para novos contratos. E os valores serão aplicados integralmente na educação. (Págs. 1, 3 e 4)

A mascote e o sorteio de jogos

Um boneco de três metros de altura do tatu-bola Fuleco, instalado na Savassi, começou a criar um clima de Copa do Mundo em BH. A expectativa aumenta hoje com o sorteio, em São Paulo, dos grupos e dos jogos da Copa das Confederações, que será disputada no ano que vem como preparativo para o Mundial. Se ficar em primeiro lugar no Grupo A, o Brasil fará uma das semifinais no Mineirão, estádio que receberá três partidas da competição. (Pág. 1 e Super Esportes, capa e págs. 3 e 4)

Mineiro consegue desaposentadoria

Motorista de Montes Claros é o primeiro a ganhar na Justiça o cancelamento do benefício para receber um novo valor, com prestações corrigidas, sem que o INSS possa recorrer. Decisão favorável a José Augusto Gomes da Silva, de 63 anos, que receberá 57% a mais por mês, abre precedentes para processos semelhantes no país. (Págs. 1 e 16)

Aviação: Aéreas salgam preços e clientes vão de ônibus

Prática de elevar o valor da passagem em períodos de grande movimento para compensar o custo operacional espanta passageiros dos aeroportos. (Págs. 1 e 14)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Economia a passos lentos

No segundo trimestre deste ano, o PIB do Brasil teve o pior rendimento do grupo de emergentes, formado também por Rússia, Índia, China e África do Sul. Crescimento foi de apenas 0,5% de abril a junho, segundo dados divulgados pelo IBGE. (Págs. 1 e Economia, 4)

Energia limpa vale desconto de imposto (Pág. 1)

Distribuição de remédio não será obrigatória (Pág. 1)

Bancos baixam juros depois da queda da Selic (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Provas de direção vão ser gravadas em vídeo

Medida, que integra pacote de modernização do Detran, dá instrumento para o recurso de candidatos a motorista que se sentirem injustiçados durante o exame. (Págs. 1 e 28)

Ex-assessora de Lula é alvo de nova denúncia

Além de fraudar laudos técnicos, Rose Noronha teria estendido poder ao Banco do Brasil. (Págs. 1, 6 e 8)

Fotolegenda: Gêmeos gênios

Bicampeões da olimpíada nacional de matemática, Bryan e Brendon brincam com a disciplina que, para muitos, é o bicho-papão. (Págs. 1 e 30)

A batalha dos royalties: Dilma banca briga com Congresso por educação

Presidente veta mudança na distribuição de recursos e atrela divisão futura a investimento em ensino. (Págs. 1, 10, 17 e 20)

A batalha da expansão: PIB fraco frustra projeção de crescimento em 2012

Desempenho da economia abaixo do esperado no terceiro trimestre reduz estimativas para este ano. (Págs. 1, 18 e 22)

Clipping Radiobrás

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.