Só nas pesquisas: Consumidor não vê alívio da inflação; Dados sobre o custo de vida mostram desaceleração, mas quem vai às compras não percebe isso… – Hábitos ruins, coração em risco; Os médicos avisam, mas nem todo mundo leva à sério: fumar, consumir sal em excesso e não fazer exercícios físicos são fatores que aumentam as chances de problemas cardíacos… –  Falta d’água afetará 1,5 milhão de pessoas; Obra da Compesa, que facilitará a execução da Arena da Copa, provocará abastecimento por rodízio de terça a domingo, em diversos pontos do Recife, São Lourenço, Camaragibe e Jaboatão…

O Globo

Manchete: Inflação zero e PIB fraco vão acelerar corte de juro

Preços de carros e de alimentos recuam e IPCA cai para 0,08%

Com a queda de preços dos carros após o corte do IPI e reajustes menores de alimentos, a inflação oficial registrou forte recuo em junho. O IPCA ficou perto de zero (0,08%), contra 0,36% em maio, indicando que fechará abaixo de 5% em 2012. Para o IBGE, a desaceleração do ritmo de altas já pode significar que o brasileiro está mais preocupado com o seu orçamento. Sem o temor da inflação e com o PIB fraco, economistas preveem que o BC intensificará os cortes da taxa básica de juros. Hoje em 8,5%, a Selic pode terminar o ano em 7%. (Págs. 1, 29 e editorial “Economia precisa é de mais investimento”)

Pluna deixa no chão 40 mil brasileiros

A companhia aérea uruguaia Pluna, que suspendeu todas as suas operações, prejudicou pelo menos 40 mil passageiros, cujos bilhetes foram emitidos no Brasil. A Anac negocia com TAM, Gol e Lan a realocação dessas pessoas. (Págs. 1 e 35)

Líbia elege Parlamento em meio à incerteza

Nove meses após o assassinato de Muamar Kadafi por rebeldes, os líbios votam hoje para escolher um Parlamento, na primeira eleição multipartidária e democrática desde 1952. Milícias e partidos em excesso tumultuam o processo. (Págs. 1 e 36)

Bahia abre hoje fábrica de mosquitos

Uma fábrica ligada ao Ministério da Agricultura será inaugurada na Bahia como a maior do mundo na produção de mosquitos da dengue geneticamente modificados. Eles matam as larvas das fêmeas, o que reduz a transmissão da dengue. (Págs. 1 e 12)

Foto-legenda: Susto antes da festa de aniversário

Rolos de fumaça negra sobem de uma loja – de artigos de festa – em Copacabana, destruída por um incêndio no dia do aniversário de 120 anos do bairro. O susto foi grande, mas, à noite, a Princesinha recuperou a alegria e comemorou a data com show de música na praia. (Págs. 1 e 14)

Emendas liberadas a toque de eleição

Prazo para autorização de recursos acabou; Paes estreia campanha com Dilma em dia de protestos

Na reta final das liberações de recursos antes da eleição, o governo acelerou o empenho de emendas parlamentares. Só nos primeiros cinco dias de julho foram R$ 421,5 milhões. O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), candidato à reeleição, estreou na campanha ao lado da presidente Dilma, que enfrentou protestos de servidores. (Págs. 1, 3 e 4)

Preso acusado de ameaçar procuradora

A Polícia Federal prendeu Adriano Aprígio de Souza, ex-cunhado do bicheiro Carlinhos Cachoeira. Ele é acusado de ameaçar por e-mail a procuradora da República Léa Batista de Oliveira, uma das responsáveis pela Operação Monte Carlo. Léa recebeu três e-mails com ameaças. Aprígio é apontado como um dos principais cúmplices do bicheiro. (Págs. 1 e 11)

A lista de Hitler

O ditador Adolf Hitler interveio pessoalmente para livrar da perseguição nazista um ex-companheiro judeu que fora seu superior na Primeira Guerra. Ernst Hesse sobreviveu ao Holocausto, mas uma irmã não. (Págs. 1 e 37)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Queda de IPI faz inflação atingir menor nível em 2 anos

IPCA de junho foi de 0,08% graças, em grande parte, à queda de 5,48% nos preços de automóveis novos

O IPCA caiu de 0,36% em maio para 0,08% em junho, a menor variação de preços desde agosto de 2010. Além de impulsionar as vendas, a redução no IPI dos automóveis funcionou como freio à inflação oficial. Na avaliação de economistas, o resultado abre espaço para mais cortes na taxa básica de juros, hoje em 8,5% ao ano. Com IPI mais baixo desde 21 de maio, os preços dos veículos novos recuaram 5,48% e os dos usados, 4,12%. “Foi um efeito temporário”, avalia o economista Alexandre Schwartsman, ex-diretor de Assuntos Internacionais do BC. “Sem o corte do imposto, a inflação ficaria em torno de 0,30%, o que, para o mês, é alto”, afirma o economista. Em junho, a inflação acumulada em 12 meses manteve a trajetória de convergência para o centro da meta estipulada para o ano, de 4,5%. Os economistas preveem que a inflação volte a acelerar em julho, com pressões dos alimentos e de bebidas. (Págs. 1 e Economia, B1 e B3)

Índice zero em SP

A região metropolitana de São Paulo, o maior mercado consumidor do País, teve inflação zero em junho. O acumulado do ano também está abaixo da média nacional. (Págs. 1 e Economia, B3)

Sem Kadafi, líbios vão às urnas após 58 anos

Os problemas econômicos, de segurança e de gestão na Líbia pós-Muamar Kadafi são enormes, mas é com orgulho que a população do país vai às urnas hoje pela primeira vez em 58 anos, informa o enviado especial Andrei Netto. Dos cidadãos aptos a votar, 80% estão inscritos para a eleição que definirá seu primeiro governo eleito e uma inédita assembleia constituinte. (Págs. 1 e Internacional, A12)

General da cúpula síria foge para a França

Pela primeira vez em 17 meses de crise na Síria, um integrante da cúpula do regime de Bashar Assad desertou e estava ontem a caminho da França. A notícia da debandada do general Manaf Tlass, comandante de uma unidade da Guarda Republicana, foi confirmada pelo chanceler francês, Laurent Fabius. Tlass era tido como amigo íntimo de Assad. (Págs. 1 e Internacional, A13)

Kassab cria ‘Procon’ de prestador de serviço (Págs. 1 e Cidades, C1)

Pluna suspende voos e afeta brasileiros (Págs. 1 e Economia, B10)

Imagens da ditadura

Morto, não desaparecido

O Estado localizou no Arquivo Nacional seis fotos inéditas do corpo do guerrilheiro Ruy Carlos Vieira Berbert, desaparecido em 1972, aos 24 anos. Obtidas por meio da Lei de Acesso à Informação, as imagens revelam que três governos militares e dois civis sabiam da morte na prisão, mas a família só teve a confirmação em 1992, relatam Alana Rizzo e Leonencio Nossa. (Págs. 1 e Nacional, A10 e A11)

Foto-legenda: Hora de gastar sola

Candidatos à Prefeitura iniciaram ontem a campanha oficial de rua em São Paulo. José Serra (PSDB) saiu de seu comitê (no alto) para tomar café em padaria; Celso Russomanno (PRB) e Soninha (PPS) se encontraram por acaso no Pátio do Colégio (centro), Fernando Haddad (PT) caminhou pela Praça da Sé (acima). (Págs. 1 e Nacional, A4)

Miguel Reale Júnior

Verdade apaziguadora

A reconstrução histórica e a revelação da autoria das barbáries praticadas entre quatro paredes sob a proteção do Estado é que devem vir a lume. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Sérgio Fausto

Perguntas incômodas

Qual a maior ameaça à democracia na América do Sul, um episódio restrito ao Paraguai ou a vocação expansiva da “revolução bolivariana”? (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Notas & Informações

Pior do que se esperava

Até os países mais dinâmicos, a começar pela China, têm perdido impulso. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: Governo corta ponto e não vai dar aumento

Na queda de braço com o funcionalismo, o Planalto enviou ontem dois duros recados. O primeiro: não vai prever reajuste salarial para 2013 na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), que deve ser votada semana que vem pelo Congresso. O segundo: mandou cortar o ponto de todos os servidores que estão em greve há três semanas. Mesmo assegurando que está disposto a continuar as negociações, o governo dá sinais de que a correção no contracheque deve ficar mesmo para 2014. O argumento é de que a gravidade da crise mundial, que já derruba a atividade econômica no Brasil, afeta o crescimento das receitas públicas. “Está muito difícil ceder aos pleitos dos servidores”, disse um graduado assessor de Dilma. “No Congresso, a orientação é não incluir nem deixar passar emendas que aumentem os proventos”. (Págs. 1 e 12)

STF e AGU são notificados e retiram vencimentos da internet (Págs. 1 e 3)

No GDF, 1.625 servidores têm salário igual ao do governador (Págs. 1 e 23)

Foto-legenda: A tentação de comprar demais…

Enquanto shoppings da cidade anunciam liquidações, pesquisa da FGV mostra que, na capital do país, 23,5% dos moradores têm mais da metade da renda comprometida com dívidas. Nesse quesito, Brasília só fica atrás de Salvador, onde o indicador chega a 27,3%. (Págs. 1, 10 e 11)

Falência: Pluna fecha voos e deixa prejuízos

Embora a empresa aérea tenha prometido realocar os passageiros em outras companhias, clientes de Brasília temem perder seus bilhetes. Em crise, a estatal uruguaia suspendeu todas as suas operações. (Págs. 1 e 14)

Hábitos ruins, coração em risco

Os médicos avisam, mas nem todo mundo leva à sério: fumar, consumir sal em excesso e não fazer exercícios físicos são fatores que aumentam as chances de problemas cardíacos. E, segundo pesquisa feita com pacientes do Hospital de Base, os homens brasilienses desrespeitam muito essas regras e sofrem mais infartos.

Cardíacos no DF, veja o perfil:

75% são homens;
53% são hipertensos;
40% são fumantes;
51% são sedentários. (Págs. 1 e 25)

Falta vacina contra a gripe A no DF

Os hospitais particulares estão sem estoque para imunizar contra o vírus H1N1. O aumento do número de casos da doença, principalmente no Sul, provocou uma corrida às clínicas da cidade. (Págs. 1 e 28)

Imigração: Portugal vai apurar golpe da “adoção”

O governo lusitano quer identificar brasileiros e portugueses envolvidos no esquema de falsas adoções para conseguir cidadania europeia. O caso, denunciado por reportagens do Correio Braziliense, é investigado pela Interpol. Há suspeita de tráfico de pessoas. (Págs. 1 e 8)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Minas gastará R$ 109 mi com 569 novos vereadores

Uberlândia, no Triângulo, com a segunda maior Câmara do estado, e Congonhas, na Região Central, estão entre as cidades que terão aumento de cadeiras no Legislativo este ano. Para chegar ao valor que os mineiros desembolsarão com o inchaço, o EM se baseou em levantamento da Associação Brasileira de Câmaras Municipais (Abracam), que aponta salário médio de R$ 4 mil para vereador. Serão 8.840 vagas, o que representa um acréscimo de 7,2% em relação às 7.871 da última legislatura. A elevação do quadro de vereadores está garantida na Emenda Constitucional 58, de 2009, desde que haja crescimento populacional no município, medido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), assim como prevê limite de vagas, também conforme o número de habitantes. (Págs. 1 e 3)

Fotolegenda: Melhor amigo do lucro

Inauguração de shopping com oito andares de lojas exclusivas para animais de estimação em BH mostra como a expansão desse serviço tem crescido no país. Famílias como a do estudante Guilherme Paiva, dono da golden retriever Pagu, ajudaram o setor a faturar R$ 18 bilhões em 2012. (Págs. 1 e 16)

Dedo tucano: Desconfiança cerca virada de rumo do PSD

Integrantes do próprio PSD suspeitam que a Executiva Nacional, comandada por Gilberto Kassab, tramou o fim da aliança com o PSB e a migração para o PT nas eleições para prefeito de BH. É que o prefeito de São Paulo é aliado de José Serra, adversário de Aécio Neves na corrida presidencial. (Págs. 1 e 4)

Nossa História: Revolução de 32 completa 80 anos

Conflito contra tropas paulistas que enfrentavam o governo federal mudou a rotina de cidades do Sul de Minas, transformadas em campos de batalha. (Págs. 1 e 28)

Sem estrutura, sinais atrasam o trânsito (Págs. 1 e 21)

Estradas: BR-040 tem também seus dias de rodovia da morte

Foram 124 mortos na via que liga BH a Brasília e 119 na BR-381 no primeiro semestre. (Págs. 1 e 22)

Só nas pesquisas: Consumidor não vê alívio da inflação

Dados sobre o custo de vida mostram desaceleração, mas quem vai às compras não percebe isso. Como o ímpeto do dragão só se reduziu no fim do semestre, com o IPCA caindo de 0,36% em maio para 0,08% em junho, a alta acumulada no ano (2,32%) afeta mais diretamente a rotina das famílias. Itens importantes na alimentação diária, como o feijão, estão entre os que mais encareceram no período. (Págs. 1 e 14)

Voos suspensos: Pluna fora do ar tumultua aeroportos

Paralisação completa das atividades da companhia aérea uruguaia surpreendeu brasileiros que estavam com viagens compradas para ontem. Em Confins, a suspensão dos voos revoltou os passageiros, que registraram ocorrência na delegacia. Com rotas para oito cidades brasileiras e cheia de dívidas, a Pluna parou por determinação do governo do Uruguai, único administrador da empresa. (Págs. 1 e 13)

Agenda esvaziada

Período eleitoral tira dos palcos espetáculos incentivados pelo poder público até outubro. Programação cultural de Belo Horizonte deve ficar menos diversificada neste semestre. (Págs. 1 e EM Cultura)

————————————————————————————

Jornal do Commercio

Manchete: Falta d’água afetará 1,5 milhão de pessoas

Obra da Compesa, que facilitará a execução da Arena da Copa, provocará abastecimento por rodízio de terça a domingo, em diversos pontos do Recife, São Lourenço, Camaragibe e Jaboatão. (Págs. 1 e Cidades, 6)

Estado reforça Pacto pela Vida

Para reduzir as estatísticas de homicídios em 12%, governo anunciou ontem mais 2 mil policiais nas ruas, a partir de setembro, além de outras medidas, como premiação para os que se destacarem pela eficiência. (Págs. 1 e Cidades, 4)

Segurança da Copa começa a ser discutida (Pág. 1)

Candidatos do Recife não perdem tempo (Pág. 1)

Hospital das Clínicas terá R$ 4 milhões para reestruturação (Pág. 1)

Prefeitura abre oito mil vagas de capacitação (Pág. 1)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Comportamento de risco põe gaúchos no topo do ranking da Aids no país

RS é o Estado brasileiro com maior número de casos de HIV em relação à população. Na Capital, um em cada mil tem a doença. (Pág. 1 e Vida)

Porto Alegre: Os quatro temas que marcaram o debate

Os sete candidatos a prefeito discutiram propostas em duelo na Rádio Gaúcha e TVCOM. (Págs. 1, 8 e 12)

No Exterior: Evite sustos na conta do celular

Os cuidados ao utilizar os serviços de voz e de dados para não ter surpresas no fim do mês. (Págs. 1 e 18)

Tipo exportação: Os pelos que fazem a cabeça das brasileiras

Cabelos comprados no Estado circulam até pelo Exterior sob o formato de apliques e perucas. (Págs. 1 e 34)

Clipping Radiobrás

Edição: Equipe Fenatracoop

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.