Manchete nos Jornais para este Sábado 10 de Março de 2012

61

Dilma demite ministro do PT por baixo desempenho – Economia fraca: Governo vai lançar pacote de estímulo – Mordomias: Luta contra o 14º e o 15º no Senado chega ao STF – Dilma ignora pedido da Fifa e Valcke adia visita ao Brasil – Verba pública: CGU procura R$ 39 milhões em Minas – Senado, aqui vou eu; No país, nada menos que 157,9 mil pessoas fazem provas amanhã de olho numa das 246 vagas do Senado. Há cargos com salário inicial de R$ 23,8 mil. Em Brasília, o concurso vai mexer na rotina da cidade… 

O Globo

 Manchete: Dilma demite ministro do PT por baixo desempenho
Afonso Florence sai do Desenvolvimento Agrário para entrada de outro petista
Insatisfeita com o baixo desempenho no setor, a presidente Dilma Rousseff demitiu ontem o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, do PT baiano, que voltará à Câmara para exercer seu mandato de deputado federal. Em seu lugar, foi escolhido outro deputado petista, o gaúcho Pepe Vargas, que a presidente conhece desde a época em que passou a viver no Rio Grande do Sul. Dos 37 ministros que tomaram posse com Dilma, Florence é o décimo segundo a deixar o governo. Além do Planalto, os movimentos sociais ligados à reforma agrária também criticavam a gestão de Florence. Somente um ano após o início de seu governo, Dilma fez suas primeiras desapropriações. Médico de formação, o novo ministro foi prefeito de Caxias do Sul e vem de um estado onde o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra tem forte atuação. Pepe é da mesma corrente petista de Florence, a Democracia Socialista. A mudança no primeiro escalão do governo federal é mais uma derrota para o governador da Bahia, Jaques Wagner, que recentemente, viu dois baianos perderem seus cargos: Mário Negromonte, do comando do Ministério das Cidades, e José Sérgio Gabrielli, da presidência da Petrobras. (Págs. 1 e 12)

Ministro do STJ solta bicho no Rio
Sob alegação de que os pedidos de prisão tinham fundamentação genérica, o ministro Sebastião Reis Júnior, do Superior Tribunal de Justiça, concedeu hábeas corpus aos bicheiros Anísio e Luizinho Drummond. Um estava em prisão hospitalar e o outro, foragido – agora responderão aos processos em liberdade. (Págs. 1 e 16)

Harry chega e tem verdadeiro dia de príncipe na cidade (Págs. 1 e 21)
 Câmara: 14 dias é pouco para votar urgência
O presidente da Câmara, Marco Maia (PT), admitiu que será difícil obedecer à decisão do STF e cumprir o prazo de 14 dias para analisar em comissões especiais a urgência e a relevância das medidas provisórias. Sem isso, elas terão a validade contestada, mesmo votadas em plenário. (Págs. 1, 3, 4 e editorial “Hora de acabar com a farra das MPs”)

Nova chefe da ANP recebia pela Petrobras
 Durante seis anos, entre 2002 e 2008, Magda Chambriard recebeu pagamento como funcionária da Petrobras, embora desse expediente na Agência Nacional do Petróleo (ANP), órgão regulador. (Págs. 1 e 25)

A luta continua: Fifa suspende vinda de Valcke
A Fifa anunciou que Jérôme Valcke não virá mais ao Brasil na semana que vem, o que só acontecerá após encontro de Joseph Blatter com a presidente Dilma Rousseff. O governo disse que sugeriu o cancelamento. (Págs. 1 e Caderno Esportes)

Risco nuclear foi escondido no Japão
Registro de reuniões do Gabinete japonês após o terremoto e a tsunami ocorridos exatamente há um ano revela que o governo escondeu por dois meses o risco de acidente nuclear em Fukushima. (Págs. 1 e 33)

Violência dispara e ameaça Haiti
Levantamento de um pesquisador canadense indica que a taxa de homicídios em Porto Príncipe aumentou pelo menos seis vezes nos últimos meses. A violência em alta é uma ameaça a mais num país já instável. (Págs. 1 e 34)

Telefônica faz plano para demitir 1.500 (Págs. 1 e 31)
————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Grécia dá calote histórico, mas mercado duvida do fim da crise
 Reestruturação de € 206 bi é elogiada na UE; Portugal e Espanha são vistos como próximos alvos
Em acordo com credores privados, a Grécia promoveu ontem o maior calote da história moderna – mais de € 100 bilhões – e obteve da União Europeia o sinal verde para seu resgate de € 130 bilhões. O total da dívida reestruturada de Atenas atinge € 206 bilhões, também a maior da história. A medida grega foi negociada com o FMI e com a UE, para evitar uma suspensão descontrolada de pagamentos que poderia custar € 1 trilhão à economia europeia. Apesar do otimismo cauteloso dos governos, o mercado da Europa recebeu a notícia com frieza e estimou que a Grécia poderá precisar de mais dinheiro – um grupo de investidores alemães chegou a dizer que o acordo rebaixou a zona do euro “ao status de república bananeira”. Além disso, a previsão é que Portugal e Espanha serão os próximos alvos, diante dos sinais de que não conseguirão fechar as contas segundo as metas estabelecidas pela UE. (Págs. 1, Economia B1 e B4)
UE contra o ‘mal’
Brasil, China e Índia aparecem como inimigos da Europa em propaganda da UE, retirada após críticas. (Págs. 1 e Economia B9)
Estadinho: Um dia sem plástico
Somos dependentes: passar algumas horas sem ele é um desafio (Pág. 1)
Dilma ignora pedido da Fifa e Valcke adia visita ao Brasil
A vistoria em estádios da Copa que o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, faria a partir de segunda-feira ocorrerá apenas depois de um eventual encontro entre o presidente da entidade, Joseph Blatter, e a presidente Dilma Rousseff. O governo não marcou data. Há oito dias, Valcke declarou que o País merecia um “chute no traseiro” por causa de atrasos em obras. (Págs. 1 e Esportes E1)
Blatter quer afastar Teixeira
Joseph Blatter faz planos para tirar Ricardo Teixeira do cargo que o brasileiro ocupa no Comitê Executivo da Fifa. (Págs. 1 e E2)
Comissão do novo Código Penal amplia o aborto legal
Juristas que elaboram o anteprojeto de lei do novo Código Penal aprovaram ontem o aumento das possibilidades legais de aborto. Pelo texto, uma mulher poderá interromper a gravidez até 12 semanas de gestação, caso um médico ou psicólogo avalie que ela não tem como “arcar com a maternidade”. (Págs. 1 e Vida A24)
Dom Odilo P. Scherer
É preciso refletir muito para que não se legalize a banalização da vida humana. (Págs. 1 e Espaço Aberto A2)
Haddad pode perder apoio do PC do B, que negocia com PMDB
A crise na base aliada que o governo Dilma Rousseff enfrenta deve provocar baixas na campanha do petista Fernando Haddad à Prefeitura de São Paulo. Depois de PDT e PR, o PC do B, o mais tradicional aliado do PT, ameaça fechar aliança com o PMDB, do deputado Gabriel Chalita. (Págs. 1 e Nacional A4)
Mais 4 generais desertam na Síria
Mais quatro generais desertaram na Síria, relata Lourival Sant’Anna, enviado à região. Kofi Annan será mandado pela Liga Árabe a Damasco para dialogar. (Págs. 1 e Internacional A16)
Governo tenta acelerar nomeações de 2º escalão (Págs. 1 e Nacional A2)
Postos já normalizam abastecimento em SP (Págs. 1 e Cidades C4)
Celso Ming: Inflação ainda mais forte
O governo Dilma deverá enfrentar uma puxada mais forte dos preços justamente nos meses mais próximos às eleições municipais. (Págs. 1 e Economia B2)
Paul Krugman: Ignorância é força
Romney e Santorum se dizem defensores dos valores tradicionais americanos, mas conspiram contra o maior deles: educação para todos. (Págs. 1 e Visão Global A20)
Notas & Informações: Um calote salvador
Conseguiu-se evitar o calote desorganizado, evento mais perigoso para a zona do euro e os bancos. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense
Manchete: Muito além da palmada
Surra com cinto que um gerente de banco deu no filho de 3 anos, dentro de escola na Asa Sul, escandaliza a cidade e reabre debate sobre o suposto “direito” dos pais de bater nas crianças
Um dia depois da agressão, o morador do Sudoeste depôs na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente, admitiu ter usado o cinto para punir o filho e disse estar arrependido do que fez. Ele responderá a processo por maus-tratos na Justiça. “Nesse caso específico, a lei prevê pena de dois meses a um ano de prisão”, diz a jurista Vânia Marques Saraiva. Especializada em direito de família, ela observa que, se o pai for reincidente, pode até ser obrigado a deixar o domicílio. “A lei obriga que se acabe com essa ‘mania de bater'”, destaca Ângela Branco, doutora em psicologia pela Universidade de Brasília, ressalta que violência gera mais violência. “Já é hora de darmos um basta à falsa crença de que se educam crianças através de punições físicas”, avalia. “Se você quiser de verdade educar uma criança, trate-a com carinho e converse muito cm ela”. (Págs. 1, 27 e 28)

Senado, aqui vou eu
No país, nada menos que 157,9 mil pessoas fazem provas amanhã de olho numa das 246 vagas do Senado. Há cargos com salário inicial de R$ 23,8 mil. Em Brasília, o concurso vai mexer na rotina da cidade. (Pág. 1)
Sem alarde, Dilma troca ministro inexpressivo. (Págs. 1 e 5)
Gritos por justiça
Familiares e amigos da estudante Suênia Sousa Farias, assassinada a tiros pelo ex-namorado, o professor de direito Rendrik Vieira, protestaram na porta do Tribunal do Júri de Brasília. Com cartazes e camisetas, eles pediram a punição exemplar do acusado. As primeiras testemunhas do crime foram ouvidas ontem. (Págs. 1 e 31)

CPI do Cachoeira: Vídeo flagra “caixa dois” para petista
Na gravação, o bicheiro oferece R$ 100 mil ao deputado federal Rubens Otoni (PT-GO). Na época, 2004, o petista disputava a prefeitura da cidade goiana de Anápolis. A divulgação do vídeo esquentou o debate sobre a abertura de CPI no Congresso para investigar as relações suspeitas do contraventor com parlamentares. (Págs. 1 e 4)
Mordomias: Luta contra o 14º e o 15º no Senado chega ao STF (Págs. 1 e 2)
Guerra fiscal: Para enfrentar goianos, DF reduz imposto
O governador Agnelo Queiroz anunciou que a alíquota do ICMS para os atacadistas cairá de 12% para 7%. A medida tenta evitar a migração dos empresários para Goiás, que cobra 3,5% de tributos, e garantir a manutenção de 25 mil empregos diretos na cidade. O setor acredita que a decisão também deve atrair novos investimentos. (Págs. 1 e 36)
————————————————————————————

Estado de Minas
Manchete: Minas sofre na fila do transplante
Com 9,8 doadores de órgãos por grupo de 1 milhão de habitantes em 2011, o estado está em nono lugar no país e abaixo da média nacional, que é de 10,7 por milhão, de acordo com os registros da Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). O presidente da Associação Beneficente Pró-Transplante de Minas, André Barreto, reconhece que a taxa de doação mineira é fraca. O problema, segundo ele, não é a falta de interessados em doar, mas de captação. Há carência de profissionais que identifiquem os potenciais doadores e informem ao MG Transplantes. Além disso, dada a grande extensão territorial de Minas, afirma, seriam necessárias centrais de operação em cada região. O resultado são filas, algumas longas, de pacientes à espera de rim (2093), córneas (420), fígado (23), rim/pâncreas (22), coração (18), pulmão (11) e pâncreas (1). (Págs. 1, 29 e 30)

Economia fraca: Governo vai lançar pacote de estímulo
Medidas deverão incluir prorrogação e ampliação do IPI mais baixo para eletrodomésticos e a desoneração da folha da indústria, segundo os ministros do Desenvolvimento, Fernando Pimentel, e da Fazenda, Guido Mantega. (Págs. 1 e 22)

Verba pública: CGU procura R$ 39 milhões em Minas
Controladoria Geral da União (CGU) corre atrás de recursos desviados em convênios e parcerias firmadas por órgãos federais com prefeituras, ONGs, associações e sindicatos. As irregularidades foram apontadas pelo Tribunal de Contas da União. (Págs. 1 e 3)

Aborto: Prática pode ser permitida em caso de doença ou vício
Juristas responsáveis por mudança no Código Penal aprovaram anteprojeto que propõe novidades. (Págs. 1 e 10)

Secretário da Fifa não vem mais
Visita do polêmico Jérôme Valcke é cancelada e presidente Joseph Blatter pede encontro com Dilma. (Págs. 1 e 5)
Primeiro escalão: Dilma demite ministro do PT e faz a 12ª substituição (Págs. 1 e 7)
————————————————————————————

Jornal do Commercio
Manchete: Banco inseguro sob pressão
A promotoria de Justiça do Consumidor vai pedir o indiciamento dos responsáveis pelas agências onde ocorrerem assaltos com feridos ou mortos. Decisão pretende evitar negligência em relação aos equipamentos de segurança previstos em lei. (Págs. 1 e Cidades 1)

Fifa suspende a visita ao Estado
Secretário-geral Jérôme Valcke enviou carta a Eduardo Campos adiando visita de segunda-feira para maio. (Págs. 1 e Esportes 5)
Professor do Receife vai receber acima do piso (Págs. 1 e 5)
Desenvolvimento Agrário tem novo ministro
Pressionado pelos movimentos sociais, Afonso Florence (PT-BA) acabou substituído por Pepe Vargas (PT-RS). (Págs. 1 e 8)
Sem qualificação
Atraso no Prominp trouxe graves prejuízos para o Senai, diz direção. (Págs. 1 e Economia 4)
————————————————————————————

Zero Hora
Manchete: Piratini promete R$ 172 milhões para reformar 388 escolas
Obras devem começar no segundo semestre e ir até o final de 2013. Escolha privilegiou colégios em piores condições (confira a lista dos estabelecimentos). (Págs. 1 e 25)

Novo ministro: Dilma nomeia Pepe Vargas para questões agrárias
Indicação do petista gaúcho muda cenário da eleição à prefeitura de Caxias do Sul. (Págs. 1, 6, 10 e 15)

Expodireto: R$ 1,1 bilhão em negócios, apesar da seca
Crédito possibilitou recorde na feira do agronegócio encerrada ontem em Não-Me-Toque. (Págs. 1 e 18)

Cigarro: Nova briga opõe governo e indústria
Anvisa discute na terça a proibição de aditivos no produto. (Págs. 1 e 24)

Harry no Rio: Sangue azul para divulgar a Olimpíada
 Príncipe da Grã-Bretanha faz campanha pelos Jogos de Londres. (Págs. 1 e 23)
Clipping Radiobrás

  Edição: Equipe Fenatracoop



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *