Dilma quer isolar CUT e abrir negociação direta com servidores; Para a presidente, central radicaliza e deveria compreender momento econômico do País… – Governo culpa “aliados” pela radicalização; Fontes do Planalto avaliam que no centro da crise aberta pela explosão de greves do funcionalismo estaria a perda de poder da CUT e da Força Sindical no governo Dilma. Ontem, ao ser vaiada por grevistas, a presidente disse que sua prioridade, em meio à crise mundial, é garantir o emprego dos trabalhadores que, ao contrário dos servidores, não têm estabilidade…

O Globo

Manchete: Greves de servidores já afetam abastecimento

Paralisação também prejudica comércio exterior e arrecadação de impostos

Apesar dos avisos do governo de que não será possível dar reajustes generosos, movimento parte para o confronto nas negociações

A paralisação de funcionários das agências reguladoras, da Polícia Rodoviária Federal, da Polícia Federal e fiscais agropecuários está prejudicando a rotina das empresas e afetando a produção. Ontem, a concessão de passaportes ficou suspensa no país. O sindicato da indústria de carnes de Santa Catarina disse que os prejuízos já somam US$ 5 milhões por dia. Há alimentos importados, remédios, vacinas, equipamentos para soro, material radiológico e outros produtos farmacêuticos retidos em portos e aeroportos. (Págs. 1 e 25 a 28)

Para defesa, mensalão é imoral, mas não ilegal

Advogado de Valdemar admite acordo financeiro entre PL e PT, em 2002

O advogado de Valdemar Costa Neto, ex-presidente do PL (hoje PR), admitiu no STF que o processo do mensalão envolve uma conduta imoral, mas que, no caso de seu cliente, não foi ilegal. Disse que José Alencar, ex-vice-presidente, foi avalista do acordo financeiro em que o PT daria R$ 20 milhões para o PL pagar despesas de campanha, em 2002. (Págs. 1, 3 e 4)

Merval Pereira
Na CPI, os nomes do ‘Clube Nextel’

Agenda de Cachoeira também já está disponível. (Págs. 1 e 4)

Cotas influenciarão o Enem deste ano

A reserva de 50% das vagas nas universidades federais para alunos da rede pública afetará os 6,4 milhões de vestibulandos inscritos no Enem deste ano. Federação de escolas particulares promete recurso à Justiça. (Págs. 1 e 8)

Povos indígenas crescem 205%

De 1991 até 2010, a população indígena no país passou de 294 mil para 896 mil, de acordo com o IBGE. O número de etnias superou as estimativas e chegou a 305, com destaque para os tikunas, o maior grupo. (Págs. 1 e 9)

Cuba retira veto a músicos proibidos

O governo tirou da lista negra cerca de 50 músicos críticos do regime, entre eles Gloria Estefan e Celia Cruz. Também beneficiado, o compositor Paquito D’Rivera tachou a medida de cosmética. (Págs. 1 e 32)

————————————————————————————

O Estado de S. Paulo

Manchete: Dilma quer isolar CUT e abrir negociação direta com servidores

Para a presidente, central radicaliza e deveria compreender momento econômico do País

Vaiada nas ruas e com manifestantes em frente ao Planalto, a presidente Dilma Rousseff quer isolar a CUT e outras centrais que comandam as greves em 30 setores do governo federal e negociar em separado com servidores, informa o repórter João Domingos. A presidente está irritada com a CUT, o braço sindical do PT, por entender que a central deveria ser a primeira a compreender o momento de crise mundial e de queda na arrecadação de impostos. Mas a CUT e, principalmente, a Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Federal fugiram do controle do governo e têm radicalizado nas reivindicações. Ontem, o STJ determinou a volta ao trabalho dos fiscais agropecuários. (Págs. 1 e Nacional, A4)

Central cobra propostas

O secretário-geral da CUT, Sérgio Nobre, disse que o governo erra ao não apresentar proposta de reajuste salarial aos servidores: “Não adianta dizer que tem dificuldade, mas não dizer o que pode fazer”. (Págs. 1 e A4)

Foto-legenda: Recado vem do palanque

Durante solenidade em MG, Dilma Rousseff ouviu protesto de servidores, mas defendeu sua política. ‘O que o governo vai fazer é assegurar empregos para aquela parte da população que é a mais frágil, que não tem direito à estabilidade’, disse. (Págs. 1 e A4)

Homem sobe em torre e Congonhas fecha

O resgate de um homem que subiu numa das torres de aproximação do Aeroporto de Congonhas interrompeu os voos por uma hora e bloqueou o Corredor Norte-Sul. Às 19 horas, havia motoristas presos no trânsito desde as 16h30. O homem, que levava rojões, é um PM afastado por problemas psiquiátricos. (Págs. 1 e Cidades, C1)

Erro processual pode atrasar julgamento de réu do mensalão

Um erro no processo do mensalão no Supremo Tribunal Federal pode atrasar o julgamento do réu Carlos Alberto Quaglia, um argentino acusado de lavar dinheiro do esquema. As testemunhas de defesa não foram ouvidas e o depoimento das de acusação não foi presenciado pelos advogados. Segundo o defensor público-geral da União, Haman Moraes, os réus ligados a seu cliente, como parlamentares do PP, deveriam ser ouvidos novamente. (Págs. 1 e Nacional, A8)

40% dos índios estão fora de terras

Censo do IBGE mostra que 40% dos 896,9 mil índios existentes no País vivem fora dos territórios reconhecidos pelo governo. Dado preocupa especialistas. (Págs. 1 e Nacional, A10)

CFM recomenda parto em hospitais (Págs. 1 e Vida, A20)

Rua Amauri cria vigilância antiarrastão (Págs. 1 e Cidades, C4)

Trem-bala é incluído em pacote de concessões

O polêmico projeto do trem-bala estará no pacote de concessões que a presidente Dilma Rousseff pretende anunciar na quarta-feira, na tentativa de aumentar o investimento privado e reverter as baixas taxas de crescimento. O governo tenta atrair dinheiro estrangeiro para a infraestrutura. (Págs. 1 e Economia, B1)

Celso Ming: Pibinho geral

Esta até pode não ser a maior crise, mas é diferente das outras. Desafia o conhecimento dos especialistas e a capacidade de resposta dos governos. (Págs. 1 e Economia, B2)

Dom Odilo P. Scherer: O poder corrompe?

O exercício do poder está fortemente exposto à tentação da desonestidade e da corrupção. O mau exemplo das autoridades induz à corrupção. (Págs. 1 e Espaço Aberto, A2)

Notas & Informações

Enfim, o contraditório

O ministro Joaquim Barbosa lembrou a advogado de réu que o contraditório tem dois lados. (Págs. 1 e A3)
————————————————————————————

Correio Braziliense

Manchete: O Brasil que pode virar ouro

A um dia do fim das Olimpíadas, o país tem quatro chances reais de conquistar o lugar mais alto do pódio e realizar sua melhor campanha na história dos Jogos. Futebol, vôlei feminino e masculino e o surpreendente boxe vão disputar finais

Os brasileiros já asseguram 16 medalhas em Londres, superando em quantidade as conquistadas em Atlanta-1996 e em Pequim-2008. Hoje, num só dia, podemos ganhar três ouros – com as meninas do vôlei, com a Seleção de Mano Menezes e com a luta de Esquiva –, um fato inédito na história olímpica do país. Amanhã é a vez do time de Bernardinho. Mas também há chance em outras modalidades. É um fim de semana para torcer! (Págs. 1 e Super Esportes, 2 a 14)

STJ desmembra o caso Pandora

Apenas a denúncia principal, contra 37 envolvidos no escândalo de corrupção no DF, vai tramitar no tribunal, que autorizou novas investigações. (Págs. 1 e 24)

Abuso sexual ocorre até em escolinhas de grandes times

Quando o assunto é futebol, pedófilos desconhecem limites. Eles atacam até nas escolinhas de clubes de renome. Como ocorreu no sub-13 do Grêmio em 2009. “A gente falava entre a gente. Ficava pensando se alguém ia acreditar em nós”, conta uma das vítimas. Também houve denúncias no Flamengo e no Corinthians. Mas não é a regra. O medo de ser dispensado contribui para o silêncio das vítimas. (Págs. 1 e 8)

Governo culpa “aliados” pela radicalização

Fontes do Planalto avaliam que no centro da crise aberta pela explosão de greves do funcionalismo estaria a perda de poder da CUT e da Força Sindical no governo Dilma. Ontem, ao ser vaiada por grevistas, a presidente disse que sua prioridade, em meio à crise mundial, é garantir o emprego dos trabalhadores que, ao contrário dos servidores, não têm estabilidade. (Págs. 1 e 10 a 13)

Ufa! A loura está garantida

Depois da ameaça de falta de cerveja nos bares do DF, indústria e distribuidoras chegam a um acordo para acabar com a greve dos entregadores. O produto voltou a ser distribuído ontem à tarde. (Págs. 1 e 23)

Mensalão: Mello vê chance de Valério obter delação premiada

Ministro do STF diz que, em tese, a colaboração prestada pelo réu pode ser avaliada pelos julgadores para uma eventual diminuição de pena em caso de condenação. Outro caso controverso envolve o ex-presidente Lula. Advogados questionam ausência dele na denúncia do mensalão, apesar de ter sido citado por testemunhas. (Págs. 1 e 2 a 4)

O som de Cuba para os cubanos

Regime levanta a censura e cantores como Celia Cruz, Gloria Estefan e Willy Chirino já podem ter suas músicas tocadas no país. (Págs. 1 e 18)

————————————————————————————

Estado de Minas

Manchete: Marcação cerrada nas organizadas

MP exigirá cadastramento de todos os membros das torcidas para monitorá-las

Medida atende determinação do diretor de Futebol e Defesa do Torcedor do Ministério do Esporte, promotor Paulo Castilho. Em Minas, os cadastros estão totalmente defasados. O da Galoucura, por exemplo, tem 600 nomes, de um total de 30 mil integrantes. O recadastramento chega num momento em que as torcidas do Cruzeiro Máfia Azul e Pavilhão Independente se envolveram em seis brigas recentes, uma delas com depredação do metrô. A idéia é vigiar de perto e punir os maus torcedores. Eles terão de prestar contas à Polícia Civil, que já tem uma lista de cerca de 300 com histórico de violência, e à Justiça. (Págs. 1 e 21)

Recado direto aos grevistas

Pressionada por greves e manifestações de servidores federais em todo o país, a presidente Dilma Rousseff aproveitou o lançamento de programa de saúde bucal em Rio Pardo de Minas, do qual participaram o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e o governador Antonio Anastasia, para dar um alerta: “O que o meu governo vai fazer é assegurar empregos para aquela parte importante da população que é mais frágil, que não tem direito à estabilidade”. Mensagem recebeu vaias de manifestantes que furaram o bloqueio de segurança durante a solenidade. (Págs. 1, 3 e 4)

No azul: Empregos nas fábricas de MG mantêm alta

Na contramão da queda de 0,2% no Brasil, as indústrias mineiras registraram aumento de 0,3% nas contratações entre maio e junho. Segundo pesquisa do IBGE, as principais contribuições para esse desempenho vieram dos setores de produtos de metal e de extração. (Págs. 1 e 17)

Cotas sociorraciais: Autodeclaração de cor desafia universidades

Obrigatoriedade de reservar mais vagas nas federais aos candidatos que se inscreverem como pretos, pardos ou indígenas reacendeu dúvida sobre o critério de definição racial. Instituições consideram sistema vulnerável e propõem alternativas, como o uso da cor da pele descrita na certidão de nascimento. (Págs. 1, 24 e 25)

Macacos: Valor dos imóveis sobe 2.250% em uma década

Restaurantes finos, bares e spa levam grande valorização ao distrito a 30 quilômetros de BH. (Págs. 1 e 14)

Faixa livre: Cuba libera músicas de dissidentes nas rádios. (Págs. 1 e 19)

———————————————————————————–

Jornal do Commercio

Manchete: Corrida do ouro

O Brasil está garantido hoje em três finais que prometem muitas emoções. Pode ganhar um ouro, ainda inédito, no futebol masculino, outro no vôlei feminino e um terceiro para Esquiva Falcão no boxe. Todos têm prata garantida. (Pág. 1)

Ranking dos melhores planos de saúde

Com base em dados da ANS, JC lista empresas mais bem avaliadas e com menos reclamações. Bradesco e Sul América lideram. (Págs. 1 e Economia, 8 e 9)

Censo revela que há 896 mil índios no País (Págs. 1 e 9)

Refinaria de Suape

Empresas flexibilizam punição a grevistas para estimular volta ao trabalho. (Págs. 1 e Economia 4)

Sargento pode enfrentar mais sete acusações

Depois da prisão do suspeito de estupro, mais mulheres prestaram queixa na Várzea. (Págs. 1 e Cidades, 1)

Imposto de Renda

Senadores declaram 14º e 15º como ajuda de custo, driblando tributação. (Pág. 1 e Capa Dois)
————————————————————————————

Zero Hora

Manchete: Chip de vigilância será obrigatório para carros novos a partir de 2013

Veículos zero-quilômetro terão de ser equipados com sistema que permitirá flagrar, por exemplo, se o licenciamento está vencido. Motorista precisará pagar por isso. (Págs. 1, 4 e 5)

Sinal ruim: A conta que não fecha na telefonia

Nos últimos 10 anos, operadoras aumentaram faturamento em 237% e o investimento em 63%. (Págs. 1 e 16)

Transparência: Quais são os 50 maiores salários do governo

Piratini libera vencimentos, mas não divulga os nomes dos servidores. (Págs. 1, 6 e Rosane de Oliveira, 10)

Porto Alegre: Linha do Balada Segura ainda tem poucos usuários

Prefeitura espera aumento de público para melhorar o serviço. (Págs. 1 e 42)

Clipping Radiobrás

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.