A Polícia Federal (PF) prendeu três pessoas na região de Londrina na manhã desta segunda-feira (2). O trio – de Londrina, Cambé e Ibiporã – faz parte de um grande esquema internacional de tráfico de drogas. A PF lançou uma megaoperação – denominada “Piloto” – para prender os integrantes da quadrilha e apreender drogas, armas, munições e dinheiro.

Os acusados da região de Londrina não fazem parte da alta cúpula da quadrilha, segundo a PF.

As prisões vão continuar a ser realizadas na tarde desta segunda-feira. A Polícia Federal tem a intenção de cumprir 99 mandados de prisão e de busca e apreensão em 24 cidades de seis estados brasileiros.

No Paraná, haverá cumprimento de mandados em Londrina, Cambé, Ibiporã, Umuarama, Foz do Iguaçu, Cascavel e Xambrê.

As investigações tiveram início em maio deste ano. No decorrer dos últimos sete meses, a polícia efetuou 67 prisões em flagrante em três estados (PR, MS e SP). Foram apreendidos, ainda, 383 quilos de cocaína, 49 toneladas de maconhas, 125 quilos de crack, 2.720 frascos de lança perfume, 8.052 comprimidos de ecstasy, 2.092 munições de vários calibres, cinco fuziz, seis pistolas, um revólver, três espingardas, 26 carros, 23 caminhões, duas motos e cerca de R$ 400 mil em dinheiro.

O esquema internacional tem, como epicentro, Umuarama, cidade de um grande empresário do ramo de transportes. Ele estaria utilizando parte da frota para transportar as drogas. A empresa do acusado seria responsável por fabricar veículos adaptados, justamente para transporte os entorpecentes de modo camuflado.

A droga vinha do Paraguai e era levada para São Paulo.

Fonte Portal Bonde: http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-3–40-20131202&tit=megaoperacao+contra+o+trafico+prendeu+tres+na+regiao+de+londrina

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.