Menino morre após ser agredido em campo de futebol no PR, diz polícia

89

Um menino de 12 anos morreu após ser agredido em um campinho de futebol em Cruzeiro do Oeste, no noroeste do Paraná, na noite de quinta-feira (1º). Segundo a Polícia Civil, cerca de oito meninos brincavam quando começou a confusão. Um outro garoto, também de 12 anos, segurou Tiago Henrique Teixeira Rezende pelo pescoço, dando uma gravata. Ele caiu no chão desmaiado.

Tiago chegou a ser levado para o hospital, por volta das 20h20, mas morreu antes de ser atendido.
O investigador da Delegacia de Cruzeiro do Oeste, Claudio Rodrigues de Oliveira, disse que o agressor foi encaminhado para o Conselho Tutelar, que o acompanhou em depoimento à polícia na noite de quinta. Ele passou a noite em uma Casa de Custódia e nesta sexta-feira (2), um juiz deve decidir o destino do menor.

Tiago Henrique estudava na 5ª série de um colégio estadual e morava com a avó, Maura Aparecida Teixeira, de 58 anos. Maura contou ao G1 que o neto sempre jogava bola neste local depois de chegar do colégio. Segundo ela, o menino que cometeu a agressão estudava na sala de aula de Tiago.

“O Tiago nunca foi de provocar na escola. Às vezes ele apanhava, mas nunca agredia ninguém”, relatou a avó. Maura também contou que irmão do menino que agrediu Tiago já havia brigado com ele na escola.

A avó ainda comentou sobre o agressor. “Pelas informações das outras crianças esse menino é bem rebelde. Acho que ele deveria ser internado em um colégio, algo assim. Se ele tirou a vida do meu neto, ele pode tirar a vida a de qualquer um”, disse Maura.

O Instituto Médico-Legal (IML) deve liberar o corpo na manhã desta sexta-feira (2) e o velório será na igreja da Comunidade Evangélica, que fica no centro de Cruzeiro do Oeste.

“A gente fica chocada. Com toda a saúde que Deus tá dando para esses moleques… Não tem explicação!”, desabafou a avó.

Fonte: Portal G1



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *