Na terça-feira (02/08) pela manhã, representantes do gabinete da Casa Civil da Presidência da República estiveram reunidos com o Secretário Nacional de Defesa Civil, Humberto de Azevedo Viana Filho, que está acompanhando a situação das chuvas no Paraná e Rio Grande do Sul. À tarde, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, conversou por telefone com o governador Beto Richa e se colocou à disposição para auxiliar no que for necessário.

Segundo dados da Defesa Civil Estadual, as chuvas que assolaram o Estado desde o domingo, deixaram 1.343 pessoas desabrigadas e mais de 124 mil foram afetadas. A maior dificuldade está nos municípios que tiveram seus acessos bloqueados, como é o caso de Dr. Ulisses, que está isolada já que as pontes que levam ao município foram levadas pela enxurrada.

“O Governo Federal, com a Defesa Civil Nacional, está à disposição para ajudar a amenizar os problemas causados pelo excesso de chuvas. Neste momento, como já aconteceu em outros casos, devemos nos unir e trabalhar em conjunto: prefeituras, Governo do Estado e Federal”, comentou a ministra Gleisi.

Nesta quarta-feira (03/08), a Defesa Civil Nacional já estará no Paraná para fazer a avaliação inicial dos estragos ocasionados pelo excesso de chuvas e, segundo informações do Secretário Nacional, no prazo máximo de 72 horas os pontilhões do Exército começarão a ser instalados nos municípios de Dr. Ulisses e Cerro Azul.

 

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

1 Comentário

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.