Para tentar evitar os frequentes acidentes que ocorrem em Cambé em consequência do uso de cerol nas linhas de sustentação de pipas, o vereador Zezinho da Ração apresentou um projeto de Lei na Câmara Municipal.
Pelo projeto, já aprovado em primeira votação, o Município será o responsável pela fiscalização e conscientização de crianças e adolescentes sobre o uso desse material que é um composto de vidro moído e cola. Aos infratores ou responsáveis legais será aplicada uma multa de 10 UFCs (Unidade Fiscal de Cambé). Em caso de reincidência a valor dessa multa será duplicado sucessivamente.

Segundo o autor do projeto, vereador Zezinho da Ração, “além desses frequentes acidentes que envolvem principalmente motoqueiros e ciclistas, outro prejuízo grave que o uso do cerol traz à comunidade, são os constantes danos à rede de energia elétrica, muitas vezes obrigando a Copel a promover desligamentos para manutenção”.

O vereador Irineu Defende sugeriu que a Prefeitura realize uma ampla campanha de conscientização nas escolas para alertar os alunos sobre os perigos que o uso de cerol representa para a comunidade.

1 COMENTÁRIO

  1. Vê que leis e projetos simples pode tornar nossa cidade mais confortavel,organizada e segura… este projeto ja de muito anos é aprovada em várias cidades exemplo:ARAÇATUBA-SP…por volta dos anos de 93 foi apresentado em carater de urgencia um projeto semelhante a este naquela cidade..pois vários acidentes e com mortes de ciclista (isto mesmo ciclista) e de motociclista que tiveram o pescoço atingindo pelo cerol vindo o mesmo a óbito…com a aprovação a guarda municipal daquela cidade ficou com a rsponsabilidade de fiscalizar e em caso de reincidencia as crianças ou adolescente eram encaminhada ao DP e saiam somente com a presença dos responsaveis.. O PROJETO É BOM….MAS UMA PERGUNTA, A PREFEITURA TEM MATERIAL HUMANO PARA ESTA FISCALIZAÇÃO???

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.