O recadastramento biométrico em Cambé começa no dia 10 de junho
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 5th junho 2015

recadastramento_biometricoO Tribunal Regional do Paraná está ultimando os preparativos para o recadastramento biométrico em Cambé que vai acontecer no período de 10 de junho à 30 de setembro. Serão 25 guichês de atendimento à disposição do público que vai ocorrer no prédio do fórum eleitoral, avenida Esperança, 450, Parque Residencial. O horário de atendimento será de segunda a sexta-feira das 9 às
18 horas. Os documentos necessários são: documento oficial com foto, comprovante de residência e título de eleitor. Você poderá agendar o horário de seu atendimento via internet pelo site tre-pr.jus.br para não ficar aguardando na fila. Quem não comparecer terá seu título cancelado.
Essa ação é resultado da reunião entre Prefeitura de Cambé e Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE), que aconteceu no gabinete do prefeito João Pavinato.
O encontro, que contou com a presença do presidente do TRE, o desembargador Jucimar Novochadlo, da diretora geral do TRE, Ana Flora França e Silva, do secretário de planejamento do TRE, Valcir Mombach, da juíza Jessica Valeria Catabriga Guarnier, do juiz Ricardo Luiz Gorla, da chefe do Cartório Eleitoral da 181ª Zona Eleitoral e do chefe do Cartório Eleitoral 78ª Zona Eleitoral de Cambé, discutiu a implantação do sistema biométrico na cidade e durante a reunião, o prefeito João Pavinato, firmou o compromisso em auxiliar o TRE no que for preciso para que o recadastramento biométrico aconteça com a estrutura adequada. “Como solicitado, a prefeitura irá ceder estagiários para ajudar no recadastramento biométrico, assim como ajuda na organização dessa ação”, afirmou Pavinato.

O recadastramento biométrico em Cambé começa no dia 10 de junho
Cambé, município que possui 74.539 eleitores, segundo informações do Cartório Eleitoral, muitas empresas e indústrias poderão se programar para a biometria.
Dentre as falas do presidente do TRE-PR, foi citada a importância deste avanço para Cambé e também a relevância da conscientização do cidadão. “O cadastro biométrico é obrigatório, precisamos lembrar que caso o eleitor não passe por esse processo, o seu título será cancelado. Além de que essa novidade garante a identidade do eleitor e proporciona a todos uma maior praticidade na hora de ir a urna”.

Compartilhe nossa Matéria