Em delação Eduardo Lopes de Souza disse ao juiz que repassou dinheiro das obras das escolas estaduais para o caixa dois da campanha do então candidato a deputado estadual Tiago Amaral do PSB em 2014, e que o pai de Tiago Durval Amaral atual presidente do tribunal de contas agradeceu pessoalmente a doação.
Confira no vídeo abaixo:

O que dizem os acusados:
O presidente do Tribunal de Contas Durval Amaral afirmou que as declarações de Eduardo Lopes de Souza são uma retaliação e que foi Durval Amaral que mandou suspender os contratos e pagamentos de aditivos das obras destruindo assim o esquema que Eduardo participava. O deputado Tiago Amaral disse que a denúncia não é verdadeira e que quanto mais rápido avançarem os procedimentos antes vai ser esclarecido que ele não tem nada a ver com o que está sendo investigado. O PSB afirmou que não recebeu nenhuma doação direta para Thiago Amaral e não doou para campanha dele. Claudia Gregório chamando de “Claudia” no depoimento não respondeu ao nosso contato.

Com informações do G1/Paraná

 

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

2 Comentários

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.