OBMEP05 (1)Os 272 alunos que conquistaram as medalhas de prata e bronze da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep), edição 2013, participaram da cerimônia de premiação nessa quarta-feira (21), em Curitiba. Os paranaenses 33 medalhas de ouro, 81 de prata, 323 de bronze e 2.944 menções honrosas. Foram 3.381 premiações – 15% a mais do que a edição anterior.

A educação do Paraná tem uma participação expressiva na Olimpíada. Em 2013, foram 1.042.386 alunos de escolas municipais, estaduais e federais do Estado. Na primeira edição, em 2005, participaram cerca de 600 mil estudantes.

A participação na Obmep traz muitas vantagens. “A iniciativa contribui para se atingir os objetivos propostos pela Secretaria Estadual da Educação no ensino e na aprendizagem da matemática. Ela permite que os professores possam trabalhar com os alunos o raciocínio lógico, com uma metodologia na resolução de problemas e que vão resultar na melhoria da qualidade da educação”, destacou a superintendente da Educação, Eliane Rocha.

IDENTIFICAR TALENTOS – Entre os objetivos da Olimpíada estão o estímulo do estudo da matemática nas escolas públicas, a identificação de talentos, o aperfeiçoamento e a valorização dos professores, a integração entre a educação básica e o ensino superior, além de promover a inclusão social pelo conhecimento. “O Paraná melhorou bastante, e todo ano nós crescemos. A Obmep mudou os rumos da escola pública, os alunos exigem mais dos professores, e os professores estão mais motivados para atuarem por causa da motivação que é oferecida”, afirmou o coordenador regional da Obmep, Yuan Jin Yun.

INICIAÇÃO CIENTÍFICA – A Olimpíada também oferece programa de iniciação científica aos medalhistas e os prepara para competições internacionais na área. Além de produzir material didático, promover seminários e criar clube de matemática para ampliar o interesse pelos estudos dessa disciplina. “Quando vi os benefícios que tinha pela conquista da medalha, eu resolvi me esforçar mais a cada ano”, contou a aluna Emanuel Quirrenbach, 15 anos, do 2º ano do ensino médio do Colégio Estadual, Antônio Marcos e Cavani, em Castro, nos Campos Gerais. A aluna está recebendo a sua quarta medalha em cinco edições.

Participam da Obmep estudantes dos 6º ao 9º do ensino fundamental e do ensino médio de escolas municipais, estaduais e federais, e concorrem a prêmios de acordo com sua classificação na prova. Professores, escolas e secretarias da educação dos alunos participantes também recebem premiações.

Kelly Kogute é mãe da aluna Kauany, do 8º ano do ensino fundamental do Colégio Estadual Padre Chagas, em Guarapuava, Centro do Paraná. “A Olimpíada é muito importante porque é um grande incentivo aos estudos. Milha filha já tinha recebido uma menção honrosa, nesta edição ela conseguiu uma medalha”, disse mãe orgulhosa e feliz pela conquista da filha.

RESSOCIALIZAÇÃO – Entre os premiados está o aluno da Educação de Jovens e Adultos do sistema prisional de Maringá. Para João (nome fictício), a Obmep foi uma oportunidade de testar a sua capacidade nos estudos. “Além de melhorar a nossa autoestima, pude mostrar a minha evolução e pensar em construir um futuro melhor”, afirmou. A participação desse aluno é considerada um exemplo da ressocialização, implantada pela Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos.

Esta primeira etapa de premiação foi realizada para os alunos das escolas públicas dos municípios das regionais de Apucarana, Cornélio Procópio, Curitiba, Guarapuava, Ibaiti, Irati, Ivaiporã, Jacarezinho, Londrina, Maringá, Paranaguá, Ponta Grossa, Pato Branco Telêmaco Borba, União da Vitória, Wenceslau Braz, Área Metropolitana Norte e Área Metropolitana Sul.

Os demais 132 alunos das regionais restantes (Assis Chateubriand, Campo Mourão, Cascavel Cianorte, Dois Vizinhos, Foz do Iguaçu, Francisco Beltrão, Goioerê, Laranjeiras do Sul, Loanda, Paranavaí, Pitanga, Toledo e Umuarama) participam da cerimônia de entrega, no início de junho, em Cascavel.

OUTROS PRÊMIOS – Pelo desempenho na Obmep, o evento ainda premiou as secretarias municipais de educação de Apucarana, Norte do Paraná, e a de Guamioranga, Centro-Sul do Estado. Trinta escolas também foram premiadas com kit esportivo, diplomas e troféu. E 135 professores receberam tablets, diplomas e assinaturas de revistas.

2014 – A primeira fase da 10ª edição da Obmep acontece no próximo dia 27 de maio. A segunda fase será em 13 de setembro. Cerca de um milhão de estudantes paranaenses está inscrito para esta edição de 2014.

Fonte: AEN

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.