O Paraná confirmou na tarde desta quarta-feira (9) a quarta morte por dengue no ano. A paciente era de Londrina (379 km de Curitiba), cidade que foi a primeira da região Sul do Brasil a contabilizar mortos pela doença em 2011, no último dia 16, com a confirmação de uma mulher de 64 anos vítima de dengue hemorrágica de grau um — a escala vai até três.

Dessa vez, segundo a Secretaria de Saúde do município, a doença matou uma mulher de 42 anos que buscou atendimento com sintomas de dengue agravado por problemas no quadro respiratório, no último dia 18, em uma unidade básica de saúde (UBS) na região central da cidade. Além das duas mulheres, outras — mortes suspeitas são investigadas.

Sozinha, Londrina detém 1.552 casos de dengue dos 2.193 registrados em todo o Paraná no último balanço da Secretaria de Saúde do Estado, divulgado em 28 de fevereiro. Na cidade, 4.424 pessoas aguardam resultados de exames. A Prefeitura local decretou situação de emergência no início de fevereiro, e técnicos do Ministério da Saúde foram a Londrina, semana passada, onde anunciaram a instalação de um comitê para acompanhar o registro de casos da doença e ações de reforço ao combate dela.

Também no norte do Paraná, outra cidade que registrou duas mortes por dengue este ano foi Jacarezinho, cuja Prefeitura decretou no dia 1º deste mês situação de emergência em razão das 489 confirmações da doença e das 1.253 notificações, conforme o balanço do Estado. A medida vigora por 90 dias, com possibilidade de prorrogação por mais 180, e se estende à zona urbana do município.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.