Pega essa: Tubarão está na decisão da Copa da Primeira Liga!

360

César voa para defender uma das três penalidades. Tubarão na final (Foto: Gustavo Oliveira/LEC)

Se você é daqueles que gostam de emoção em uma partida de  futebol, o encontro deste domingo (3) não deixou a desejar. Depois de estar perdendo por dois gols de diferença, a equipe principal do Londrina Esporte Clube reagiu e foi buscar o empate já nos acréscimos do duelo com o Cruzeiro. Nos, pênaltis o Tubarão foi melhor e ficou com a vaga na decisão da Copa da Primeira Liga.

Lucas Silva abriu o placar para os mineiros no Estádio do Café, ainda no primeiro tempo. Sassá ampliou no início da etapa final. Só que Safira e Germano empataram para os londrinenses e levaram a decisão para as penalidades. Aí a vitória foi alviceleste, com destaque para as três defesas do goleiro César. Germano, Ayrton e Dirceu garantiram os 3 a 1 nas cobranças e a classificação à final.

Equipe de melhor campanha na Copa da Primeira Liga, o LEC tem pela frente agora o Atlético Mineiro no último degrau na disputa pelo título da competição. O desafio está previsto para dia 8 de outubro, novamente no Café. Até lá, os alvicelestes voltam as atenções ao Campeonato Brasileiro da Série B. Neste sábado (9), o duelo é contra o Ceará, pela 23ª rodada.

O jogo
Os primeiros minutos mostraram um domínio do Londrina, mas o time alviceleste não conseguia ser eficiente a ponto de abrir o placar. O Cruzeiro já passava a equilibrar a partida quando inaugurou o marcador, aos 19 minutos. César fez uma difícil defesa no chute de Bryan, que foi pela linha de fundo. Após a cobrança de escanteio, Lucas Silva subiu de cabeça para deixar os mineiros na frente.

O gol não desanimou os donos da casa, que seguiram buscando o ataque. Carlos Henrique acertou a trave em cobrança de falta menos de dez minutos depois. O goleiro Rafael ainda salvou os cruzeirenses. Primeiro aos 39 minutos, após uma tentativa de Romulo de fora da área. Depois aos 43, ao levar a melhor na dividida com o atacante Artur. Aos 40 minutos, o cabeceio de Édson Silva também passou perto da trave da Raposa.

O segundo tempo veio e o caminho para a classificação ficou ainda mais difícil para o LEC. Aos oito minutos, Sassá deixou o Cruzeiro ainda mais perto da vaga após um contra-ataque comandado por Alex, que cruzou para Élber. O chute do camisa 23 acertou a trave, mas no rebote, Sassá completou para o gol e ampliou a vantagem belo-horizontina.

Um dos nomes da etapa final, o atacante Safira entrou e ajudou a mudar o panorama do jogo. Carlos Henrique acertou novamente o travessão rival aos 34 minutos. Dois minutos depois, era Safira quem subia para fazer de cabeça após cruzamento de Marcinho. Era o início da reação, que contou ainda com a colaboração de César – aos 42 minutos, o arqueiro parou o chute de Alex depois de ficar frente à frente com o meio-campista rival.

Com a torcida jogando junto, o Tubarão acreditou até que o último apito viesse.  Já nos acréscimos da partida, Safira foi derrubado por Vander na grande área. Pênalti que Germano cobrou aos 51 minutos e converteu para mandar a disputa para os pênaltis.

O próprio Germano foi quem abriu a série de cobranças. Ayrton também anotou a dele. Dentre os batedores do Cruzeiro, apenas Bryan foi quem superou César, já que o goleiro pegou as cobranças de Lucas Silva, Arthur e Alex. Aí foi então Dirceu converter sua cobrança para garantir a classificação do LEC e a festa da torcida londrinense presente no Café!

3 de setembro de 2017, domingo
LONDRINA  2 x 2 CRUZEIRO [Pênaltis: 3×1]
Copa da Primeira Liga – Semifinal
Local: Estádio do Café, em Londrina
Início: 11h00.
Meteorologia durante a partida: Céu limpo. Temperatura: 27ºC.

Público pagante: 15.420
Público total: 17.061
Renda: R$ 150.183,00

Árbitro:  Leandro Pedro Vuaden – RS
Árbitro assistente 1: Jorge Eduardo Bernardi – RS
Árbitro assistente 2: Lúcio Beiersdorf Flor – RS
Quarto árbitro: Eduardo Elias Melek – PR

Cartões amarelos:
Lucas Silva (CRU), aos 28 min do 2°T;
Germano (LEC), aos 29 min do 2°T.

Cartões vermelhos: não houve.

Gols:
Lucas Silva, aos 19min do 1°T (LEC 0x1 CRU);
Sassá, aos 8min do 2°T (LEC 0x2 CRU);
Safira, aos 36min do 2°T (LEC 1×2 CRU);
Germano, aos 51min do 2°T (LEC 2×2 CRU).

Pênaltis:
Germano (LEC): gol (1×0)
Lucas Silva (CRU): César defende (1×0)
Marcinho (LEC): Rafael defende (1×0)
Bryan (CRU): gol (1×1)
Ayrton (LEC): gol (2×1)
Arthur (CRU): César defende (2×1)
Artur (LEC): no travessão (2×1)
Alex (CRU): César defende (2×1)
Dirceu (LEC): gol.

LONDRINA
01- César
02- Reginaldo
03- Dirceu
04- Edson Silva
05- Jardel (19-Marcinho, aos 31min do 2°T)
06- Ayrton
07- Artur
08- Germano
09- Carlos Henrique
10- Celsinho (21-Safira, aos 15min do 2°T)
11- Romulo (20-Patrick Vieira, no intervalo)
Técnico: Cláudio Tencati
Suplentes que não participaram da partida: 12-Alan, 13-Marcondes, 14-Telo, 15-Mateus Quaresma, 16-Rafael Gava, 17-Bidía, 18- Thiago Lopes,22-Victor Golas e 23-Wellisson.

CRUZEIRO
12- Rafael
21- Lennon
28- Digao
32- Arthur
17- Bryan
34-Nonoca
16- Lucas Silva
70- Rafinha
23- Élber (40-Nickson, aos 35 min do 2°T)
18- Messidoro (38-Alex, aos 07 min do 2°T)
99- Sassá (45-Vander, aos 43 min do 2°T)
Técnico: Sidnei Lobo
Suplentes que não participaram da partida: 37-Lucas Franca, 42-Lucas Soares, 43-Ronaldo, 46-Victor Luiz, 41-Eduardo e 37- Careca.

Autor: Gustavo Oliveira e Natália Cotrim/ Assessoria de imprensa Londrina EC


Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *