Policiais do 20° batalhão da Polícia Militar localizaram nesta sexta-feira (12) uma central de arrecadação, distribuição e apostas do “Jogo do Bicho” – um dos mais famosos jogos de azar do país – na Rua São Januário, no Jardim Botânico, em Curitiba. Foram detidas quatro pessoas (uma mulher e três homens) e apreendidos cerca de R$ 107,00 mil em dinheiro, talões de cheques em branco, máquinas para contagem de dinheiro, documentos, canhotos de apostas, computadores ligados em rede, os quais eram utilizados para o controle das apostas.

De acordo com informações do Comandante da ação, aspirante José Eleutério, a PM recebeu uma denuncia, via sistema 190, de que no referido endereço havia diversas máquinas caça-níqueis. “Quando chegamos lá, encontramos logo um segurança, mas não houve empecilho para nossa entrada. No interior da casa, um galpão com muros altos e cerca elétrica, encontramos cerca de 10 computadores, os equipamentos para contagem tanto de moedas quanto de cédulas, seis talões de cheques assinados e em branco, além dos canhotos de apostas recentes, documentos de contabilidade e de pessoal”, relata.

A Lei de Contravenções Penais prevê que “Estabelecer ou explorar ou realizar a loteria denominada jogo do bicho, ou praticar qualquer ato relativo à sua realização ou exploração é crime e, para tanto, a pena é de três meses a um ano, e multa cumulativa. “Neste caso, os envolvidos foram encaminhados ao centro integrado de Atendimento ao Cidadão (CiaC/SUL), onde foi lavrado Termo Circunstanciados para todos, os quais foram liberados em seguida”, conta Eleutério.

“A investigação de quanto tempo existia este local e de quem está envolvido com a contravenção fica, a partir de agora, com a Polícia Civil”, destaca. Para o Aspirante, este foi um grande serviço da PM em prol da população curitibana. “É sabido que por trás desta contravenção sempre existe a prática de outros crimes como homicídios, furtos, formação de quadrilha e até mesmo associação ao tráfico, o que provavelmente foi evitado com esta ação enérgica da PM”, disse ele.

Todos os vestígios que comprovam a contravenção foram recolhidos pela polícia e a chave do imóvel foi entregue ao responsável pelo local, o segurança. “Em uma breve conversa com o delegado, descobrimos que esta apreensão relacionada com o jogo do bicho é maior já recebida pelo CIAC/Sul”, ressalta Eleutério.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.