Policiais do Grupo de Diligências Especiais (GDE), da 6º Subdivisão de Foz do Iguaçu, prenderam na noite deste sábado (25) uma mulher que tentou extorquir um empresário do município. Ellen Fabiana Duarte, de 20 anos, foi detida na rodoferroviária de Foz minutos depois de ter recebido uma quantia de dinheiro e as joias que estava pedindo para não assassinar nenhum familiar da vítima.

De acordo com o delegado Amarildo Antunes, o caso foi levado à polícia ontem (25) pelo empresário. “Ele estava recebendo mensagens de texto desde a última quarta-feira ameaçando seus familiares. Os recados diziam que caso ele não pagasse R$ 50 mil iria participar de um velório”, explica Antunes.

Assim que o caso chegou à delegacia, o GDE passou a monitorar as mensagens e entrou em negociação com a acusada, que acabou fazendo um acordo que ficou em R$ 30 mil e algumas correntes de ouro da vítima. “A partir do momento que Ellen nos pediu em negociação as correntes de ouro do empresário sabíamos que ela conhecia sua vítima”, diz o delegado.

Na noite de ontem a polícia marcou um encontro para entregar a quantia acertada na rodoferroviária de Foz do Iguaçu. No local, policiais femininas entregariam o dinheiro inicialmente em uma lixeira do banheiro feminino e outras equipes policiais cercavam o local.

“Quando as policiais estavam no banheiro a vítima recebeu outra mensagem de texto no celular dizendo que era para a entrega ser feita em frente à rodoviária. A policial foi até o local, encontrou com Ellen, deu o dinheiro e as correntes em uma mala preta para ela e foi embora”, conta Antunes.

Toda a ação estava sendo monitorada e filmada pelos demais policiais que participavam da operação e, minutos depois da entrega, ao perceber que Ellen não estava sendo acobertada por ninguém e agia sozinha, a acusada foi presa em flagrante.

“Ellen era conhecida do empresário e inclusive frequentava a casa de seus familiares. Infelizmente casos assim acontecem, por isso é importante que a população confie na polícia e saiba que nós agimos firmemente. Nossa recomendação é sempre nos procurar quando houver um caso de ameaça. Somente nesta semana, é o segundo caso que resolvemos”, fala o delegado.

Ellen irá responder por extorsão. Ela está detida na cadeia pública de Foz do Iguaçu onde fica à disposição da Justiça.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.