Ponto de Vista – Carlos A. Serpeloni

255

Do Jornal Nossa Cidade

CAMBÉ CAI NO RANKING DO ICMS DO ESTADO

É triste, mas é a pura realidade. Cambé caiu da 15ª para a 17ª posição no ranking das cidades do Paraná em arrecadação de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços). É o que revela o índice de participação dos municípios no ICMS para o exercício de 2012, calculado em 29/8/2011. Outra constatação é a de que Cambé, em comparação com as cidades vizinhas (Rolândia, Ibiporã, Londrina e Arapongas), foi a única que CAIU na classificação. Isso significa dizer que, em 2012, teremos menos repasse de recursos para nossa cidade e, consequentemente, haverá menos dinheiro para atender as necessidades básicas da comunidade, especialmente da saúde, da educação, do esporte, da limpeza pública da cidade, etc. O que será que houve hein? Porque será que caímos assim? Vale lembrar que nosso município já foi o 12º do Paraná em arrecadação do IMCS, posto este hoje ocupado por Arapongas, que tem praticamente o mesmo tamanho da nossa querida Cambé. Que pena !!!

A SANTA CASA MERECE RESPEITO!

Cambé é uma das maiores cidades do Estado, com aproximadamente 100 mil habitantes, entretanto, em algumas questões, especialmente na saúde, é tratada pelo poder público como uma cidadezinha provinciana e dos quintos do interior, para não dizer outro lugar. A população, especialmente a camada mais pobre, que não tem condições para pagar planos de saúde, vive a mercê da boa vontade e da sobra de algumas migalhas de recursos financeiros dos governos. Quando se tem uma estrutura municipal digna, com unidades de saúde supridas com número suficiente de médicos, remédios, exames, etc. (coisa raríssima em nosso País), as Santas Casas e outros hospitais públicos funcionam bem, ou seja, há um número menor de pacientes e, por isso, oferecem melhor atendimento, havendo também o equilíbrio financeiro sem maiores problemas. Pena que isso não seja a realidade de Cambé, pois a nossa Santa Casa, muitas vezes criticada por não oferecer o atendimento esperado, não é reconhecida pelo poder público, especialmente o municipal, que, pelo jeito, a trata como um empecilho e não como a possível solução para muitos dos seus problemas. Como pode o município querer exigir da Santa Casa um atendimento melhor, se nem na sua estrutura própria isso é feito? O que deve existir é a união de forças e aproveitarmos inclusive a grande representatividade que Cambé tem no Governo do Estado. A direção da Santa Casa tem que ser tratada como uma aliada e não como inimiga. Tem sim que se exigir o bom atendimento, mas também deve-se repassar os recursos necessários para que isso ocorra. Afinal, o único que conseguiu alimentar 5000 homens com sete pães e alguns peixes foi Jesus Cristo.

DURVAL AMARAL, BETO RICHA E HAULY E A DUPLICAÇÃO DA PR 445

Quando se trabalha com seriedade, sem politicagem barata, sem enganação e perseguição, o resultado em uma administração pública só pode ser um: melhoria na qualidade de vida da população. É isso que já podemos notar no novo governo do Estado. Em menos de um ano de mandato do governador Beto Richa, Cambé recebeu o anúncio da duplicação da PR 445, em um dos seus trechos de trânsito mais complicado, entre o Parque Manella e o Jardim Novo Bandeirantes. Como é bom ter gente competente e que trabalha para Cambé. Obrigado Durval Amaral e Hauly.

FOGO AMIGO!

Seria cômico, se não fosse trágico, o comentário de uma Vereadora da nossa cidade ao justificar o seu voto contra uma emenda no projeto do orçamento do Município para 2012, que previa a destinação de verba para a construção de um canil municipal, que serviria para recolher das ruas os animais abandonados. Ao final da justificativa, a vereadora, em seu blog, tascou esta frase: “Esses R$ 250.000,00 seriam melhor empregados no cuidado e tratamento de nossas crianças e jovens que estão muito mais abandonados que os cães de rua.” Isso significa dizer que a coisa na área da saúde em Cambé tá realmente feia, pois se até as crianças e jovens estão “mais abandonado que os cães de rua”, imagina os idosos, aposentados e demais pessoas da comunidade. Será que a administração municipal vai mandar uma carta para a Câmara de vereadores tentando rebater a crítica da vereadora, como já fez em um passado não muito distante, quando a saúde da cidade foi também criticada? Isso sim é que é “fogo amigo”, hein?

E NÃO É QUE A VEREADORA TEM RAZÃO!

Concordo plenamente com as palavras da Vereadora, pois a falta de remédios, a demora na realização dos exames médicos para a população, a falta de médicos nos postos de saúde, principalmente de especialistas, na verdade, é uma triste marca desta administração. A coisa tá mesmo feia. Pena que ambos, os cães e os seres humanos estejam nessa situação!

FALA COMUNIDADE I

Serpeloni, Veja como são as coisas. Trabalhei durante 20 anos na Prefeitura, dos quais, 15 como diretora da Escola Municipal Pedro Tkotz. Recentemente fui convidada por uma mãe de aluno para assistir a uma apresentação do Balé e Estrit, implantada por mim e minha equipe em 1997. Foi o primeiro espetáculo e um sucesso, até hoje graças Deus e a toda equipe. No dia 25/11/2011, quando fui assistir o espetáculo, nem a Diretora, nem Funcionários e nem Professores se lembraram deste fato, pois hoje eles pensam só na atualidade, deixando a história e quem lutou pela melhoria do ensino em nossa cidade relegados a segundo plano. SERÁ QUE ESSA É A EDUCAÇÃO DE EXCELÊNCIA QUE A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO TANTO PROPAGA E OS NOVOS DIRETORES E PROFESSORES DO NOSSO MUNICIPIO PREGAM NAS ESCOLAS?. Apesar disso, foi um ótimo espetáculo. Parabéns a todos: Diretora, professoras, funcionários, pais e alunos. Pensem bem na educação de seus filhos. Beijo a todos obrigada… Evanilde Bernardi

FALA COMUNIDADE II

Bom dia Serpeloni O que eu estou avisando a tempo aconteceu: No dia 05 de dezembro, aproximadamente entre 2 e 3 da tarde, o Sr. Antônio Candido da Silva foi atropelado na Rua Belo Horizonte no trecho entre a rotatória da trincheira e o mercado Ribeiro. Um motociclista o atropelou. e o pior aconteceu, Sr Antônio faleceu na madrugada de hoje (08/12/11) na Santa Casa de Cambé. ele tinha 72 anos, deixa esposa, filhos e netos. Ele é amigo de minha família a mais de 30 anos, um homem de bem, um trabalhador… Fica aqui mais uma vez minha indignação: Se a rua Belo Horizonte tivesse a atenção merecida, com mais sinalização, placas, quebras-molas, talvez isto não tivesse acontecido… Quantos mais vão morrer até que algo seja feito??? Até quando??? Junior César Santos

PERGUNTINHA

 

Aplicar bem os recursos públicos não é uma virtude é, sim, uma obrigação. Será que aquele que repete constantemente que é honesto, honesto, honesto é realmente honesto? Será que não cabe o velho ditado popular que diz: “Quem usa cuida?”

Se a pessoa se acha honesta, porque tem tanto medo de ser investigada? Porque tenta barrar na justiça a continuidade das investigações? Porque será hein?



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


3 thoughts on “Ponto de Vista – Carlos A. Serpeloni

  1. SINDINSALUBRIDADE

    Muito engraçado e revoltante ver alguém falando em ética e não é homem nem para sustentar os filhos que põe no mundo. Por isto sou a favor de colocar na cadeia gente como esta, que coloca filho no mundo para a comunidade cuidar. Cadeia neles Delegado. Tem gente em Cambé fazendo pose de moralista quando na verdade é um canalha que não consegue sequer sustentar os próprios filhos, pois a miséria que ganha gasta jogando baralho. Ser pobre é uma coisa, mas ser sem vergonha, cafajeste e pilantra a ponto de deixar a mãe criar os filhos sozinha é sacanagem. Por isto todas as mães nesta situação devem denunciar ao Ministério Público os pais que só sabem fazer filho e depois renegar. LUGAR DE BANDIDO É NA CADEIA, para aprender o significado da palavra PAI. Gosta de sair no Jornal fazendo pose? Vamos ver sua cara quando sair a foto no jornal de quando estava descascando batata na cadeia.

    Reply
  2. brunapereira

    Essa é para vc serpeloni,nao achava que a casa iria cair,gosta de meter a boca nos outros e agora o feitiço virou contra o feiticeiro.Quero ver neguinho ter que bater ponto todos os diasna prefeitura.Podia ter ficado com a boca fechada,muitos te avisaram agora quero ver vc prestar contas de tudo que fez de errado naquela associação.

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *