Detentos fizeram uma rebelião na madrugada desta quarta-feira (27/12), na Delegacia de Polícia de Cambé.

Segundo informações, o tumulto começou depois que doze presos fugiram da cadeia pelo telhado. Alguns escaparam e outros atearam fogo em colchões.

Quatro detentos foram recapturados até o final desta edição e oito continuam foragidos. Policiais de Cambé e Londrina intensificaram as buscas na madrugada para localizar os evadidos.

Parentes de presos se aglomeraram na porta da unidade em busca de informações. Foram necessários dois caminhões ABTR do Corpo de Bombeiros, quatro ambulâncias do Siate, duas ambulâncias básicas do Samu, duas ambulâncias avançadas do Samu e a presença do médico para atuar no motim.

Será investigado quem são os responsáveis pelo movimento. Dois presos foram encaminhados à ala de queimados do Hospital Universitário (HU) de Londrina e quatro presos foram encaminhados para a Santa Casa de Cambé. Um policial civil e um agente de cadeia também foram atendidos por inalarem fumaça.

Os dois detentos que estão internados no Setor de Queimados do HU, estão em estado grave. Um deles encontra-se inconsciente. A Santa Casa de Cambé não informou as condições de saúde dos presos.

A situação foi controlada por volta das 5h00 da madrugada.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.