PRF apreende 3,5 toneladas de maconha em van com logomarca da Receita Federal e faz a maior apreensão do ano no Paraná
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 27th agosto 2015
 Policiais rodoviários federais seguiram o veículo por 15 quilômetros até ele sair da pista e colidir contra um barranco; dupla foi presa e duas armas, apreendidas, entre elas uma espingarda calibre 12
Policiais rodoviários federais seguiram o veículo por 15 quilômetros até ele sair da pista e colidir contra um barranco; dupla foi presa e duas armas, apreendidas, entre elas uma espingarda calibre 12

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) prendeu dois homens armados que ocupavam uma van com adesivos da Receita Federal carregada com 3,5 toneladas de maconha nesta quarta-feira (26) na BR 376, em Tijucas do Sul (PR), município da região metropolitana de Curitiba.

Trata-se da maior apreensão de maconha realizada este ano pela PRF no Paraná. Até então, a maior apreensão havia sido registrada no último dia 31 de maio em Cascavel, quando 2,37 toneladas da droga foram apreendidas.

Seguida por uma viatura da PRF por mais de 15 quilômetros, a van acabou por sair de pista e colidir contra um barranco, em uma rodovia secundária já dentro do perímetro urbano de Tijucas do Sul.

Os dois ocupantes do veículo, de 22 e 27 anos de idade, tentaram fugir a pé, mas foram alcançados e presos. Uma equipe da Polícia Militar chegou na sequência e deu apoio na localização e detenção de um dos envolvidos, que havia se escondido dentro de um barracão.

Com os presos foram apreendidas uma pistola calibre 380 e uma espingarda calibre 12, além de munições. Um dos detidos declarou ser morador de Foz do Iguaçu (PR). O outro, de Canoas (RS).

Os policiais rodoviários federais haviam desconfiado do comportamento dos ocupantes da van, que desobedeceram a ordem de parada.

Os presos relataram à equipe da PRF que buscaram a carga ilícita em Curitiba e que pretendiam entregá-la em Santa Catarina. A placa da van é clonada de um outro veículo similar, que pertencia à Receita e foi doado à Prefeitura de Foz do Iguaçu.

A PRF encaminhou a ocorrência para a Delegacia da Polícia Civil em São José dos Pinhais (PR).

Compartilhe nossa Matéria