PRF dá início à Operação Independência nesta sexta-feira (4)
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 3rd setembro 2015

11990673_516540031845913_5200723979176647181_nA Polícia Rodoviária Federal (PRF) dará início à zero hora desta sexta-feira (4) à Operação Independência 2015 em todo o Paraná. A operação da PRF terminará à meia-noite de segunda-feira (7).

Entre as prioridades da fiscalização da PRF ao longo desses quatro dias de operação estão o controle de velocidade através de radares, o combate à embriaguez ao volante e as ultrapassagens irregulares. Fiscalizações específicas de motocicletas também serão realizadas.

Um diferencial deste feriado são os novos radares fixos, instalados em trechos das BRs 116, 277, 376 e 476, além das câmeras de videomonitoramento. Através delas, infrações de trânsito são registradas de forma remota por policiais rodoviários federais, em tempo real.

A Operação Independência 2015 também prevê ações conjuntas da PRF com órgãos municipais e estaduais de trânsito em três cidades paranaenses: Cascavel, Londrina e Ponta Grossa.

Ações conjuntas similares ocorrem em cerca de 300 municípios brasileiros neste fim de semana. Elas fazem parte de uma pacto nacional de enfrentamento à violência no trânsito entre Ministério da Justiça, Casa Civil e Ministério da Saúde.

Como terça-feira (8) é feriado municipal em Curitiba, a PRF continuará com fiscalização intensiva nesta data, em especial na região metropolitana da capital.

A previsão é de que o fluxo aumente em pelo menos 30% em relação à média diária durante o feriado prolongado. O pico de movimento deve se concentrar no final da tarde e início da noite de sexta-feira.

Em todas as regiões do estado a PRF realizará ainda atividades preventivas de educação para o trânsito. Em Curitiba, equipes da PRF estarão nesta sexta-feira (4) na Estação Rodoferroviária de Curitiba, das 8 às 17 horas, orientando passageiros de ônibus sobre a importância do uso do cinto de segurança.

A PRF enviou ofícios para todas as concessionárias de pedágio, proibindo a execução de obras durante o feriado prolongado, à exceção daquelas emergenciais ou impossíveis de serem interrompidas.

No mesmo feriado de 2014, entre 5 e 8 de setembro, dez pessoas morreram em rodovias federais do Paraná. Na ocasião, houve 208 acidentes e 152 pessoas ficaram feridas.

A PRF fiscaliza cerca de 4 mil quilômetros de rodovias em território paranaense.

Compartilhe nossa Matéria