Total de mortes durante o feriado prolongado no Paraná vem caindo nos últimos dois anos; em 2016, nove pessoas morreram no estado

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia à zero hora desta quarta-feira (14) a Operação Corpus Christi em todo o país.

A operação segue até a meia-noite de domingo (18). No mesmo feriado do ano passado, ao longo de cinco dias de operação, nove pessoas morreram em rodovias federais no Paraná. Houve 159 acidentes e 117 feridos.

Como em feriados anteriores, a PRF priorizará ações de fiscalização para coibir o excesso de velocidade, as ultrapassagens irregulares e a embriaguez ao volante. Essas três condutas estão entre as principais causas de acidentes graves.

O total de mortes no feriado prolongado de Corpus Christi vem caindo há dois anos consecutivos nas rodovias federais do Paraná. O número passou de 17 mortes no feriado de 2014 para 12 em 2015 e nove no ano passado.

Oito das nove mortes registradas no ano passado ocorreram com pista seca. Entre os mortos havia três pedestres, um motociclista e um ciclista.

Expectativa de movimento

As concessionárias de rodovias que atuam na região de Curitiba esperam um movimento entre 14% e 20% superior ao de dias comuns.

Os horários de maior movimento durante o feriado prolongado devem se concentrar no final da tarde e início da noite de quarta-feira (14), na manhã de quinta-feira (15) e na tarde e noite de domingo (19).

Veículos de carga com autorizações especiais de trânsito não poderão circular em rodovias federais de pista simples na quinta-feira (15), das seis horas ao meio-dia, e no domingo (19), das 16 horas às 22 horas.

Entre as condutas recomendadas pela PRF aos motoristas para evitar acidentes estão respeitar as leis e as placas de sinalização, em especial os limites de velocidade; fazer revisões periódicas do veículo e conferir o funcionamento dos equipamentos obrigatórios; planejar a viagem e evitar dirigir com pressa, cansado ou com sono; manter uma distância mínima de segurança em relação aos demais veículos; em caso de chuva, redobrar os cuidados, manter sempre os faróis ligados com a luz baixa e reduzir a velocidade.

Mortes durante a Operação Corpus Christi da PRF no Paraná, ano a ano

2014 – 17 mortes
2015 – 12 mortes
2016 – 9 mortes

Fonte: PRF

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.