20150226084254Menos de 24 horas depois de terem encerrado o bloqueio parcial das rodovias na região de Londrina, caminhoneiros voltaram a ocupar a BR-369, entre Londrina e cambé, no início da tarde desta quinta-feira (26).

No começo do protesto, os manifestantes fizeram o bloqueio total das pistas, impedindo a passagem até de veículos de passeio. No entanto, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) conseguiu dialogar com os caminhoneiros e liberar o tráfego para carros e motos. Os caminhões, no entanto, estão tendo a passagem bloqueada pelos manifestantes.

A barreira foi montada bem embaixo do viaduto com a PR-445, e está impedindo o tráfego nos dois sentidos. De acordo com o inspetor Sérgio Oliveira, da PRF, os carros de passeios começaram a ser liberados por volta das 14h30, quando houve um princípio de tumulto entre policiais e caminhoneiros. “No entanto, conseguimos acalmar os ânimos e seguir com os nossos trabalhos”, destacou.

Ele lembrou, ainda, que, no início do protesto, os manifestantes jogaram pedras contra uma caminhonete que tentou furar o bloqueio de caminhões. “Foi a única ocorrência mais grave registrada. Depois disso, conseguimos monitorar o protesto sem maiores dificuldades”, garantiu.

Conforme o inspetor, as duas pistas da BR-369 sentido Londrina/Cambé estão liberadas para o tráfego de veículos de passeio. “Os caminhões estão estacionados no acostamento da rodovia, entre o pontilhão e a empresa Cacique”, observou. Já no sentido Cambé/Londrina, apenas uma pista está liberada. “Acreditamos que haverá congestionamento no local a partir do horário de pico”, adiantou o policial.

Os caminhoneiros também realizaram manifestações, durante o período da manhã, em rodovias federais de Mauá da Serra, Apucarana e Marilândia do Sul.

Fonte: Portal Bonde

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.