Projeto exibe filmes ao ar livre em cidades do interior

74

Aos poucos, as cidades que integram a Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão (Comcam), localizada no Norte do Estado, têm a oportunidade de entrar em contato com o cinema. Um projeto da Faculdade Estadual de Campo Mourão (Fecilcam) exibe filmes nacionais e documentários latino-americanos para diferentes comunidades. O Cine Fecilcam percorre a região numa van equipada com telão, equipamento de som e cadeiras, adquiridos com recursos da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Fundação Araucária e Fundo Paraná.

Em dois meses, o Cine Fecilcam já atendeu mais de 1.500 pessoas. Nesta semana, o projeto está em Altamira do Paraná, a 140 quilômetros de Campo Mourão. O município, que tem base econômica na agricultura familiar, tem 4.306 habitantes, a maior parte na área rural.

Na primeira noite de exibições, o Cine Fecilcam esteve na comunidade de Belo Monte, apresentando o filme “Narradores de Javé”. Na quinta-feira (28), o filme foi apresentado em praça pública também em Altamira do Paraná.

MAZZAROPI – Na sexta-feira (29), o projeto exibiu uma produção de Mazzaropi na comunidade Dois Irmãos. O projeto Mazzaropi é uma atividade paralela do Cine Fecilcam, criada para resgatar a história do cinema nacional e também da carreira de um dos maiores nomes do cinema, do teatro e da televisão brasileira.

Segundo a diretora de Cultura de Altamira do Paraná, Maura Rainha de Oliveira, por onde o Cine passa as pessoas perguntam quando o projeto será apresentado novamente. “Adultos, crianças, toda a população têm gostado muito. É muito importante para nós ter mais essa atividade cultural que é itinerante e ao ar livre. Os filmes exibidos enaltecem a cultura nacional e nós, da administração municipal, ficamos muito contentes com a iniciativa”, disse.

IDH – A criação do projeto foi motivada por uma análise do perfil da Comcam, incluindo renda, Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) e existência ou não de aparelhos de cultura. De acordo com o levantamento, na região existe uma única sala de cinema, em Campo Mourão.

A assessora de Assuntos Comunitários, Ingresso e Permanência da Fecilcam e coordenadora do projeto, Áurea Andrade Viana Andrade, salienta que a proposta é oferecer cultura para todas as cidades da região que estão distantes de grandes centros e têm menos acesso a atividades culturais. “Percebemos que poderíamos fazer esse papel de ligação entre a comunidade e a cultura”, diz.

A professora observa que a receptividade ao projeto tem sido muito boa. “É uma atividade diferente para os municípios. Muitos moradores nunca participaram de uma sessão de cinema. O Cine Fecilcam ainda é temporário, mas a nossa luta é para que se torne um projeto permanente”, afirma



Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *