SEM VÍNCULO
Tudo indica que o José Roberto Matos do Amaral (Betão) deixará o cargo de Secretário de Obras. Segundo se comenta ele pediu exoneração por ter que dar uma maior atenção a sua empresa de terraplanagem. Já os “analistas políticos“ de plantão informam que foi um pedido do irmão Durval Amaral.
COM VÍNCULO
A base dos deputados estaduais do PMDB do Paraná acaba de declarar apoio ao governo de Beto Richa. Isso significa que em Cambé, o PMDB do Dr. Gilberto deverá apoiar a reeleição de João Pavinato do PSDB. Já o PMDB do Zé Fernandes vai com Adelino do (PSL) e o PMDB da Cleusa Forastieri vai com o Democratas de Durval Amaral. Com a palavra Adriano Montanari presidente do PMDB de Cambé.
E SE A APMI FECHASSE?
Quantas crianças não teriam lugar para ficar?
Quantas pessoas perderiam o emprego?
Quantos idosos deixariam de ser atendidos?
Quem assumiria todos esses serviços prestados?

ATÉ 7 DE JULHO DE 2012
Se o prefeito João Pavinato quiser realmente entregar as 47 obras anunciadas sendo uma por semana e participar da cerimônia de inauguração ele tem é que correr muito pois o calendário eleitoral (Lei nº 9.504/97) diz que o agente público não poderá participar de inaugurações depois do dia 7 de julho de 2012. Faltam portanto 315 dias e divididos por sete, teríamos tão somente, 45 semanas.
O ZÉ DO CARMO DEFINIU!
Ou melhor, falta pouco. Mas certo é que ele definiu e assinou sua filiação no PTB que no estado é comandado pelo deputado federal Alex Canziani que apóia a base do governador Beto Richa.

12 COMENTÁRIOS

  1. Os serviços desenvolvidos pela APMI deveriam ser municipalizados.
    Pois desde 2009 os Centros de Educação Infantil – CEI devem ser de responsabilidade das Secretarias de Educação. As atividades a serem desenvolvidas com os pais das crianças das CEIs e com os idosos estão previstas em piso financeiro repassado fundo a fundo mensalmente pelo MDS às Secretarias de Assistência Social para serem desenvolvidas nos CRAS.
    Para tanto, é preciso um melhor planejamento das ações por parte dos órgãos gestores para dar conta de todas as necessidades e possibilidades através do SUAS – Sistema Único de Assistência Social.
    Mesmo trabalhando em rede, com as organizações não governamentais, é a Secretaria de Assistência Social a responsável pelo comando único.
    Agora, quanto às pessoas perderem o emprego. É necessário o fortalecimento do Estado e fazer com que ele cumpra seu papel nas políticas sociais, para tanto é necessário abrir concursos públicos de acordo com a necessidade da gestão dos serviços.

    • A APMI nao pode servir de pano de fundo, para que qualquer prefeito possa abrigar os apadrinhados políticos. Assim, diminui os cargos comissionados da prefeitura mas a APMI absorve todos eles. CONCURSO JÁ. Quem é competente não tem medo de concurso….. Quem só tem cargo em razão de conhecer algum politico, prefeito, ser parente de vereador, deputado, secretário, vai até o Sine e faça sua ficha.. Parabéns Sany, voce foi muitoi bem no comentário. A lástima é ver pessoas que passaram quatro anos criticando a APMI continuarem o mesmo procedimento…….

      • A APMI TRABALHA MUITO BEM PORQUE SÓ GASTA. DIFERENTEMENTE DE UMA SECRETARIA DE FAZENDA QUE ARRECADA DINHEIRO PARA O PREFEITO GASTAR. TRABALHAR COM O ORÇAMENTO DA APMI É FACIL POIS O PREFEITO PASSA QUANTO QUER PARA PRÓPRIA ESPOSA ADMINISTRAR. QUANTO A TRANSPARENCIA VC TÁ DE BRINCADEIRA NÉ? NINGUÉM SABE QUANTOS PARENTES DE VEREADORES, SECRETÁRIOS, E DO PREFEITO TRABALHAM LÁ. SE VC JOAO PAVINATO TIVER CORAGEM, NÃO PRECISA DIVULGAR SALÁRIO. COLOQUE NO DIÁRIO OFICIAL OS NOMES DOS FUNCIONÁRIOS DA APMI. SERÁ QUE O MINISTÉRIO PÚBLICO DE CAMBÉ NÃO TEM OBRIGAÇÃO DE SABER PARA ONDE VAI O DINHEIRO DO SUADO IPTU PAGO POR TRABALHADORES HONESTOS?

      • Resposta ao Sr. Araken Tibiriça:
        Sou estatutária há mais de 15 anos e com muita competência técnica. Não é ciúme, pelo contrário, observo que a direção da APMI nesta gestão parece ser muito competente, mas Cambé tem que acompanhar as mudanças das políticas sociais que ocorrem em todo o território nacional, não pode continuar na mesmice dos últimos 30 anos, como parte dos servidores costumam dizer. A legislação das políticas públicas é muito dinâmica e os gestores têm que estar antenados.
        Entre no site do MDS e se atualize, pois aos poucos o primeiro damismo será extinto, como na maioria dos municípios, isso independe de “ciúmes”, é fato.
        A municipalização está aí e os municípios devem se adaptar.

        • Sra. Sany:
          Está correta quando fala da competência da gestão na APMI.
          Está correta quando fala do MDS. Mas, está desinformada sobre os planos para a APMI. Há uma antiga determinação do Tribunal de Contas do Estado do Paraná para que gradativamente a estrutura de atendimento da APMI seja migrada para a Secretaria de Educação (no caso dos Centros de Educação Infantil) e os demais projetos para as demais estruturas da prefeitura. Contudo, esta transição não se faz com o estalar dos dedos e nem com uma canetada em um decreto. Vc que é estatutária a 15 anos, pode ficar tranquila, que este assunto está sendo tratado com muito cuidado e muito carinho, pois, estamos falando do trabalho com nossas crianças, nossos idosos, trabalho com muitas donas de casa, com muitos jovens e muitos adolescentes. Fechar a APMI de uma cidadezinha é fácil, agora migrar todo o atendimento da maior APMI do Paraná, é uma engenharia um pouco mais complicada.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.