Um vídeo com uma repórter da Globo tem rodado as redes sociais e causado polêmica principalmente no Facebook desde a quinta-feira (24).

A jornalista, Bette Lucchese, aparece na cobertura da morte do dançarino DG, que fazia parte do programa “Esquenta”, no Rio de Janeiro.

O vídeo abaixo mostra que em dado momento, a repórter tem um ataque de raiva, por ter seu microfone desligado e xinga a equipe: “Para que que desliga essa m****? Não desliga essa m****, cara! P****, não sou eu que desligo esse negócio, não é você que desliga esse negócio? P****, manifestação e vocês desligam esse negócio?”.


No momento da revolta, pessoas que passavam na rua, acreditavam que a jornalista iria defender a ação da polícia na morte do garoto, começaram a gritar palavras de ordem para a reportagem. “Vai editar matéria na p*** que p****! Fora Globo! Vai dizer que UPP é para quê? Vai dizer que a culpa é do trabalhador?”, disseram dois populares revoltados.

Devido aos protestos, a equipe chefiada por Bette Lucchese sai do local e vai para outro, para fazer a mesma passagem.

Nas redes sociais, muitos internautas dizem que a reação das pessoas foi exagerada. Mas o que deu mesmo o que falar foram os gritos da repórter. A grande maioria diz que Lucchese foi extremamente grosseira com sua produção. “Que idiota, para que essa grosseria toda?”, disse a internauta Claudia Reis, por exemplo.

Em reportagem ao NaTelinha, a Central Globo de Comunicação contou que “duas pessoas tentaram, sem sucesso, prejudicar a reportagem. A Globo lamenta o ocorrido”. (Com informações NaTelinha e Portal Bonde)

globo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.