normal_reservatoriosA Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar) comemora nesta quarta-feira (23/01) 50 anos de fundação como referência em saneamento no Brasil e na América Latina. Os números recentes da empresa revelam o expressivo crescimento de suas atividades.

No ano passado, a estatal fez investimentos de R$ 450 milhões, integrando 105 mil famílias ao sistema de coleta de esgoto, ultrapassando o índice de 62% dos imóveis do Estado atendidos com coleta e tratamento do esgoto doméstico.

Além disso, houve mais de 90 mil ligações ao sistema de água tratada, fruto de um programa que somou 228 obras de médio e grande porte. “Fortalecemos a Sanepar, sempre tendo como objetivo levar serviços de qualidade à população paranaense na área de saneamento”, afirmou o governador Beto Richa.

No período de dois anos, a valorização das ações da Sanepar na bolsa de valores atingiu 209%, registrando uma das maiores altas entre os papéis negociados no mercado financeiro brasileiro. “Este resultado reflete o plano de investimentos e a retomada da confiança do mercado na nossa estatal”, avaliou o governador.

Sucessora do antigo Departamento de Água e Esgoto (DAE), nascida como Agepar, a empresa teve a identificação alterada, sem mudar a finalidade: vencer o desafio de abastecer a população paranaense com água tratada, coletar e tratar o esgoto doméstico.

Em cinco décadas, passaram pelo quadro de funcionários da Sanepar 14.294 profissionais que contribuíram para transformar a realidade do Estado que, hoje, ostenta alguns dos melhores indicadores em saneamento do Brasil.

EVOLUÇÃO – Ao longo desta história, mudaram os métodos de trabalho, a tecnologia e a legislação. Como relembram os funcionários mais antigos, a rotina de abrir picadas na mata para descobrir novos mananciais foi substituída por equipamentos e sistemas modernos.

Como resultado da evolução, o Paraná contabiliza conquistas relevantes na área de saneamento. Hoje, por exemplo, Curitiba é, entre as capitais, a que apresenta os melhores índices de cobertura.

O Estado também abriga a segunda cidade com o melhor saneamento do Brasil: Maringá. Outras grandes cidades paranaenses ocupam lugar de destaque no cenário nacional, como Londrina, Cascavel, Foz do Iguaçu e Ponta Grossa. Todas são atendidas pela Sanepar.

“Estar neste ranking não é fruto do acaso. Ao contrário, a posição vem sendo conquistada dia após dia, com muito trabalho. A Sanepar é referência entre as empresas do setor por aliar eficiência operacional e resultados econômicos à sólida política socioambiental”, afirma o presidente da estatal, Fernando Ghignone.

UMA HISTÓRIA ATUAL – Os prêmios conquistados e o reconhecimento internacional com as certificações ISO, traduzem a projeção alcançada pela Sanepar. Os objetivos ainda se mantêm os mesmos de quando a empresa foi criada.

“A Sanepar foi criada (…) com o objetivo de abrir novos horizontes no setor de saneamento, até então estrangulado e carente de recursos face as antiquadas normas adotadas. Por isso, a Sanepar fixou uma nova política de saneamento, incumbindo-se de estudar, projetar, construir e administrar os serviços de abastecimento de água e sistemas de esgotos sanitários, mediante a efetiva colaboração de entidades municipais.”

O texto acima, publicado no primeiro Relatório das Atividades da Companhia, continua atual, pois ainda é necessário manter equipes debruçadas em estudar, projetar, construir e administrar os serviços em estreita parceria com as prefeituras.

Diz o Relatório que as atividades, iniciadas em 1964, “com a regulação da Lei Estadual n.º 4.684/63, foi motivo para providências no sentido de estruturar a nova Emprêsa, de regularizar a provisão do Fundo de Água e Esgotos (FAE) e, principalmente, de difundir a política de saneamento que se ia inaugurar no Paraná, a qual já vinha tendo grande aceitação no seio da opinião pública interiorana.”

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.