Vida nova para 340 famílias de Cambé que receberam as chaves da casa própria
Postado por: Equipe Portal Cambé Em 17th julho 2015
Entrega de 340 casas para famílias de Cambé. Residencial Ulysses Guimarães. Na foto: Tatiana Aparecida Rosa do Carmo com seu marido Flávio Natalino do Carmo e a filha Fernanda Caroline na frente da nova casa.
Entrega de 340 casas para famílias de Cambé. Residencial Ulysses Guimarães.
Na foto: Tatiana Aparecida Rosa do Carmo com seu marido Flávio Natalino do Carmo e a filha Fernanda Caroline na frente da nova casa.
Entrega de 340 casas para famílias de Cambé. Residencial Ulysses Guimarães. Na foto: Presidente da Cohapar, Abelardo Lupion.
Entrega de 340 casas para famílias de Cambé. Residencial Ulysses Guimarães.
Na foto: Presidente da Cohapar, Abelardo Lupion.

entrega_ulysses1“Hoje é o dia mais feliz da minha vida”, foi assim que Isabel Cruz Vieira definiu o que estava sentindo durante a entrega de 340 novas moradias na cidade de Cambé, realizada nesta sexta-feira, dia 17. O evento contou com a participação de representantes do governo do Paraná, federal e prefeitura.
O residencial Ulysses Guimarães tem 340 unidades habitacionais e faz parte do programa Minha Casa Minha Vida. Foi construído com recursos de R$17,7 milhões e beneficia famílias com renda mensal de até R$1,6 mil. Elas pagarão prestações que variam de R$25 a R$80 pelas novas moradias que têm 40, 89 m².
Abelardo Lupion, presidente da Cohapar, ressaltou que a partir de agora as famílias mudam completamente suas vidas. “Estas pessoas passam a viver na segurança de uma casa própria, em um lugar seguro e bem localizado na cidade. É para isso que o governador Beto Richa trabalha, para atender os 399 municípios paranaenses, levando moradias e dignidade”, disse.
O prefeito João Pavinato disse que entregar as chaves da casa própria é o momento mais marcante para um governante. “Sabemos que uma moradia digna transforma a vida de uma família. Investir em habitação foi uma escolha da nossa gestão e graças às parcerias que buscamos com os governos do estado e federal podemos realizar o sonho da casa própria”, afirmou.
Vida nova para 340 famílias de Cambé que receberam as chaves da casa própria – Foto: Olga Leiria / CohaparPablo da Silva Ricoldy, superintendente do Banco do Brasil, afirmou que a parceria entre os governos federal, estadual e municipal está gerando bons frutos. “Estamos conquistando ótimos resultados e esperamos contar com essa parceria nos próximos anos. Trabalhamos em varias frentes como credito rural, grandes e pequenos empresários, mas a entrega de chaves da casa própria é o que nos gera maior satisfação por ajudar estas pessoas que tanto precisam do poder publico”, disse.
Luiz Carlos Hauly, deputado federal e ex-prefeito de Cambé, elogiou o trabalha integrado para entregar tantas casas de qualidade às famílias. “Como é bom ver o desenvolvimento do município e saber que estas pessoas agora têm suas casas próprias para criar os filhos”, destacou.
Participaram do evento também a vice prefeita Cidinha Pascueto, o deputado estadual Cobra, representantes do Banco do Brasil, da prefeitura, da Cohapar e da Sanepar.
Balanço – Na cidade de Cambé, já foram atendidas, desde 2011, mil famílias com moradias urbanas e rurais com investimentos de R$45 milhões. Há ainda projeto para mais 265 unidades com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) com previsão de investimentos de R$16 milhões.
Vida nova para 340 famílias de Cambé que receberam as chaves da casa própria – Foto: Olga Leiria / CohaparFelicidade – Isabel Cruz Vieira, 53 anos, dona de casa, mora com a filha em uma casa alugada, pela qual paga R$330. Ela fala sobre as dificuldades pelo fato de a filha ter necessidades especiais. “Aquela casa não tem condições de morar, molha tudo quando chove, tem muito degrau que dificulta o deslocamento dentro de casa”, disse.
Isabel falou que hoje o dia é especial. “Hoje é o dia mais feliz da minha vida, se pudesse estourava um rojão. Estou feliz porque vou morar no que é meu e não vou ficar um mês sem pagar a prestação. A casa é só minha e ainda adaptada às necessidades da minha filha”, comentou.
Tatiana Aparecida Rosa do Carmo, 31 anos, dona de casa, e o marido Flávio Natalino Cruz do Carmo, 26, desempregado, moram com três filhos em uma casa cedida que fica no mesmo terreno onde vivem outros familiares. A casa, segundo Tatiana, está bem danificada e ela conta que a mudança já está pronta.
“A expectativa está a mil, estamos lavando tudo, limpando, só esperando pela mudança. É um sonho realizado, a partir de agora vamos viver da nossa maneira, vamos ter o nosso espaço”, disse.
Fonte: COHAPAR

Compartilhe nossa Matéria