Curitiba, 03-06-2010 - Governador Orlando Pessuti lamentou a morte de Vanderlei Iensen, presidente da Celepar.-
Curitiba, 03-06-2010 - Governador Orlando Pessuti lamentou a morte de Vanderlei Iensen, presidente da Celepar.-
Curitiba, 03-06-2010 - Governador Orlando Pessuti lamentou a morte de Vanderlei Iensen, presidente da Celepar.-
Curitiba, 03-06-2010 - Governador Orlando Pessuti lamentou a morte de Vanderlei Iensen, presidente da Celepar.-

O governador Orlando Pessuti esteve presente nesta quinta-feira (3) ao velório do diretor-presidente da Companhia de Informática do Paraná (Celepar), ex-deputado Vanderlei Falavinha Iensen, na Igreja Assembléia de Deus, no Centro Cívico, em Curitiba. “Por diversas vezes estivemos reunidos. Tive o privilégio de conviver com uma pessoa de excepcional caráter e que sempre estava de bom humor. Tínhamos uma relação não só de trabalho, mas principalmente de amizade muita intensa”, afirmou Pessuti.

De acordo com o governador, Iensen foi uma das principais figuras deste governo. Em seu novo desafio, à frente da Celepar, tinha a missão de incrementar programas de inclusão digital e social, além de consolidar a marca Celepar junto aos órgãos do governo e outras instituições públicas.

Para o secretário especial de Coordenação de Projetos Sociais, Nivaldo Maldonado Gonçalves, a perda de Iensen é uma lacuna que jamais será preenchida dentro do governo estadual. “Há um ditado que diz: de um colega se esquece, de um amigo jamais. É uma perda irreparável para o governo, para os amigos e a igreja”, disse.

Iensen foi secretário-chefe de Gabinete do governador Requião entre 2004 e 2008, quando assumiu a Celepar, em dezembro do mesmo ano. Entre outras conquistas, trabalhou na coordenação do sistema de telefonia pela internet (VoIP), que reduziu em milhões de reais a conta de telefone do Estado do Paraná.

Foi deputado estadual entre os anos de 2003 e 2007. Na Assembleia Legislativa, foi relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Copel, entre 1995 e 2002, quando ajudou na investigação de irregularidades na administração da estatal.Natural de Apucarana, formou-se em Administração de empresas, radialista, era membro da comunidade evangélica de Curitiba e integrante da Assembléia de Deus.

O corpo de Iensen será sepultado na tarde desta quinta-feira (3), às 16h30, no Cemitério Jardim da Saudade, localizado na rua João Bettega, 999, bairro Portão, Curitiba.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.