Quando temos filhos, algumas decisões aparentemente banais se tornam questões complexas! E uma destas decisões que exigem atenção especial é a seleção da escola que seu filho irá estudar. Se é a primeira escola, então…Se seu baby, ainda, de fato é um baby, mais difícil ainda, né?

Por isso, para ajudar meus leitores (as) a saber como proceder, fomos conversar com a Psicóloga Infantil Julianada Trindade e com a Neuropsicopedagoga Helenita Müller , que integram a Clínica Reaprender!E reunimos os apontamentos centrais destas entrevistas!

Algumas dicas deverão facilitar a sua vida no momento da escolha da escola de seu pequeno(a).


Confira as 5 dicas para encontrar a escola ideal:
1º“ Por mais que você tenha em sua cabeça uma lista de exigências para com uma escola, é preciso ir conhecer as instituições com o “coração aberto”, pois nenhum lugar atenderá completamente à suas expectativas. Mas você pode saber o que é essencial para você”, aponta a psicóloga infantil Juliana Trindade.
“ É preciso saber se você terá acesso ao dia a dia, ou seja, a rotina de seu filho na escola. Se eles enviam as informações por whatsapp ou em uma agenda. Acompanhar as atividades e a rotina de seu pequeno (a) é essencial”, afirma ainda Juliana Trindade.
“ É preciso que você verifique se a instituição escolhida incentiva a autonomia e o aprendizado na unidade. Dependendo do nível, da série de seu filho, é preciso que a escola consiga capacitar a criança de forma que a estimule, propondo atividades que gerem interação entre as crianças”, destaca a neuropsicopedagoga Helenita Müller.
“ Observe se o “discurso” que a instituição possui corresponde as ações e relações que acontecem na escola (entre funcionários e entre professor e aluno)” ,destaca a psicóloga infantil Juliana Trindade.
“ Questione a Escola sobre sua postura perante ao aluno que demonstrar necessidade de uma atenção especial. Por exemplo, se eles sabem quando devem sugerir aos pais que o aluno seja avaliado por um especialista”, frisa a neuropsicopedagoga Helenita Müller.

O outro lado da história!

E nesta matéria, você encontra também o outro lado da questão! Conversamos com a diretoria de um Centro de Educação Infantil de Cambé (eles atendem do berçário ao nível 5), para entender o que a escola espera das famílias também!

“ Na Gira Mundo Cambé procuramos atender ao máximo a expectativa de cada família que tem um filho aqui. Entendemos que cada criança que aqui estuda, é o amor da vida de sua família! Por tudo isso, procuramos aliar nossas capacidades técnicas de educação e ensino ao acolhimento para que a criança se sinta segura e se desenvolva”, destaca a diretora Maria Do Carmo S. Luciano.
“ Mas sei que não somente nossa Escola, mas todas as instituições esperam que os pais entendam que é preciso educar e não somente atender. E educar é mostrar a criança que uma rotina é essencial. Que existe o momento da diversão, o momento do lanchinho, o momento da interação. E todo esse relacionamento, a estruturação da rotina de nossos alunos é construída com muito carinho e comunicação com os pais, pois quem deve estabelecer os principais limites são os pais no convívio em família”, completa Maria do Carmo S. Luciano.
É, com todas essas conversas entendi que assim como nós pais procuramos por uma escola que ofereça segurança, acolhimento e infraestrutura para nossos filhos, as instituições aguardam dos pais ou responsáveis de seus alunos, comunicação eficaz e compreensão.
Bom, pessoal, espero que a Coluna #bonitaideia tenha colaborado para que a busca da escola de seu filho (a) seja, pelo menos, menos dramática!
Lembre-se, seu filho (a) merece que você escolha uma escola verdadeiramente preocupada com o bem-estar dele!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.