Uma década marcante, multicultural e que trouxe aos consumidores a possibilidade da convivência de estilos… É, estamos falando da “década de 90”!

Foi nessa década que o mercado mundial-importação e exportação de roupas se abria cada vez mais. Os meios de comunicação já influenciavam pessoas do mundo todo, tornando grifes como Gucci, Versace, entre outras, o sonho de consumo de diversas classes sociais.

Como era criança nessa época (pois é, passei dos 30tinha), tenho lembranças claras de como esse tempo era alegre! As cores que “bombavam”? Azul, amarelo e vermelho e bem “vivos”!

Nesses anos, o mercado de moda lançou tendências que até então, nunca haviam sido vistas, como a blusa “segunda pele”, o que incentivou as marcas de lingerie a investirem em modelos que eram para serem vistos…Assim como, foi nesse período que os estilistas se permitiram “traduzir” tendências das décadas de 60 e 80 de forma mais direta.

Mas, vamos lá, quer saber o que voltou com força total? Anota aí, você verá muito em e-commerces e lojas físicas:

Schrunchies:

Eles “fizeram a cabeça” de jovens e mulheres na década de 90. O famoso amarrador de cabelo super “fofo e cheguei” era considerado um charme e geralmente combinava com as cores da roupa.

É, ele voltou com tudo! E pode ser usado em rabo de cavalo, tranças e coques.

Jardineiras:

Os macacões jeans com aspecto mais delicado e feminino era uma peça muito comum na época. Era usada tanto por moças como por mamães que queriam estar charmosas e com uma peça prática ao mesmo tempo.

 

 

 

Mom jeans:

O nome remete ao “Jeans da mamãe” por ser a modelagem usada pelas mamães nas décadas de 80 e 90, mas poucas peças podem ser consideradas tão versáteis e confortáveis como essa calça.

Esse modelo deixa diferentes tipos de corpo super bonitos, a cinturando o visual e deixando-o despojado, mas, fashionista.

Estilo Grunge:

As camisas xadrez. O preto nos sapatos, t-shrits aliados a coturnos lotavam os guarda-roupas dos mais jovens. É, foi assim que a camisa xadrez se tornou um clássico. Os chockers surgiram como acessório estiloso e o preto não era uma opção de quem queria ser minimalista ou chic.

Fotos: Pinterst

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.