Alunos da APMI fazem o plantio de árvores nativas em Cambé

0

A ação cidadã de iniciativa da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância – APMI,  juntamente com a Secretaria de Meio Ambiente e EMATER promoveu o plantio de 25 mudas de árvores nativas por 70 adolescentes, alunos do Núcleo de Aprendizagem para o Futuro, o NAF. Foram plantadas na praça do Jardim Santo Antônio mudas de jequitibá, aroeira, acácia, sibipiruna, ipê e caviúna. A ação faz parte das comemorações da Semana da Pátria e do Dia da Árvore.

A coordenadora da ação, a professora Juliana Cristina Vavruniak, explica que a iniciativa é fazer com que os alunos percebam a importância da revitalização da mata nativa. “A ideia da ação surgiu durante as palestras na aula de educação física sobre a manutenção da natureza e de matas ciliares. O plantio dessas mudas é um exemplo para os alunos de que atitudes simples podem fazer a diferença para a cidade e para a natureza”, afirma a professora.
Romeu de Souza, técnico da EMATER, comemorou a ação conjunta das entidades e reforçou aos adolescente a importância da manutenção das matas ciliares nas propriedades rurais.
Segundo o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Claudinei Gloor, a educação ambiental é indispensável para a formação cidadã. “A conscientização ecológica é vital para toda a sociedade. É importante educar o adolescente não só sobre o plantio de mudas, sobre a revitalização de matas, mas também sobre o cuidado e a manutenção das árvores na cidade. O objetivo é transmitir a ideia de que quando uma árvore é cortada dentro da cidade, na frente de sua casa ou na sua rua, isso também prejudica a natureza”, explica o secretário.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Eu Aceito a Política de Privacidade

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.