unnamedAssociados aprovaram distribuição de sobras, que começa na segunda-feira
Mesmo diante das dificuldades econômicas mundiais e apesar da desvalorização dos grãos em relação a 2013, a C.Vale conseguiu elevar em 11,2% seu faturamento no ano passado. A cooperativa faturou R$ 4,64 bilhões em 2014. O valor a ser dividido entre os associados subiu 13,52%, alcançando R$ 36 milhões entre sobras, juros, devolução e restituição de capital social. Os valores começam a ser pagos na segunda-feira, 9. “Vitória com gosto de superação”, definiu o presidente Alfredo Lang em relatório apresentado aos cooperados durante assembleia, dia 6 de fevereiro, na Asfuca de Palotina. Ele atribuiu os bons resultados ao alto nível de competitividade e à diversificação de atividades pela C.Vale.
Ao fazer um balanço do desempenho da cooperativa, Lang citou três conquistas em 2014: a consolidação da incorporação da Coopermibra, a implantação da ferramenta de gestão ERP SAP e obras de melhoria das estruturas para recebimento e beneficiamento de grãos.
A partir de 2015, o foco da C.Vale volta a ser a agroindustrialização. Cinco projetos de investimentos estão na mira da direção da cooperativa: industrialização de peixes, soja e milho e aumento do abate de frangos. Outra iniciativa é a construção de um frigorífico para suínos em Assis Chateaubriand pela Frimesa, da qual a C.Vale é sócia.
Novo Conselho Fiscal
Durante a assembleia, foram eleitos e empossados os novos membros do Conselho Fiscal da C.Vale. Alfredo Motta Martins, Cirineu Pasquali, Inácio Sapelli (efetivos), Ari Patel, Edmir Antônio Soares e Gilmar Alves dos Santos (suplentes), exercerão mandato até a assembleia geral ordinária de 2015.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.