Tendo em vista a anulação feita pela Justiça do relatório final da Comissão Parlamentar de Inquérito – CPI que investigou possíveis irregularidades no contrato de R$ 12,5 milhões para prestação de serviços na área de saúde firmado entre Prefeitura de Cambé e Instituto Atlântico, a Câmara Municipal foi obrigada a reabrir os trabalhos de investigação visando sua conclusão.

“O relatório foi anulado e não a CPI. Então precisamos dar sequência, elaborar um segundo relatório que contemple as questões jurídicas levantadas para justificar a anulação do primeiro”, afirmou o presidente da CPI, vereador Cecílio Araújo.

Nos próximos dias deverão ser convocados novos depoentes, entre eles, o prefeito e o presidente do Instituto Atlântico para esclarecimentos pertinentes e demais diligências no curso das investigações. “Até agora a Justiça não analisou as denúncias oferecidas e se ateve apenas nas questões jurídicas do relatório”, disse Cecílio.

(Fonte: Jornal Nossa Cidade)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.