A Câmara de Cambé foi palco de uma nova e constrangedora forma de manobra da oposição. Na sessão da última segunda (14), os cinco vereadores da oposição (Conrado Scheller, Cecílio Araújo, Irineu Defende, Alzira Guedes e José Carlos Camargo) votaram contra o projeto de Lei 64/2011, que pedia autorização legislativa para que a Prefeitura contratasse empréstimo junto ao BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento – para executar o plano de modernização administrativa da Prefeitura.
O que chamou atenção foi o silêncio dos vereadores da oposição, que permaneceram calados quando da discussão do projeto. “Os cinco vereadores permaneceram calados quando da discussão do projeto e não contestaram nenhuma informação” relata o líder do prefeito, vereador Junior Felix (PSDB).
Manobra – Ao que tudo indica, os vereadores da oposição combinaram o que fariam na votação, já que, instantes antes, o vereador Irineu Defende (DEM) requereu que a votação fosse nominal. Quando isto acontece, todos os vereadores (inclusive o presidente) declaram o voto pessoalmente. A chamada para a votação nominal foi feita para que Conrado Scheller, presidente da Casa, que em votações normais não se manifesta, tivesse direito a voto.
Voto decisivo – Com a votação nominal, houve empate em cinco votos e o projeto foi rejeitado sem aprovação. O voto do presidente Conrado Scheller foi decisivo para o arquivamento da proposta de modernização administrativa. Caso não fosse requerida a votação nominal, a votação seria de cinco votos a favor e quatro contra. Por isso a oposição tratou de convocar votação nominal, para que Conrado pudesse votar contra o projeto e rejeita-lo. O mais curioso da história é que Conrado é servidor de carreira da Prefeitura, justamente no quadro de fiscais da Secretaria de Fazenda, que seriam beneficiados por uma estrutura melhor de trabalho. Mas, ao que parece, nem esta situação sensibilizou o presidente da Câmara.
Do que tratava o projeto e as consequências –  O projeto 64/2011 permitiria que a Prefeitura de Cambé pudesse investir na modernização da máquina administrativa, com a contratação de novos serviços, compra de equipamentos de informática e de software, veículos, a construção de um novo espaço para o funcionamento da Secretaria de Fazenda e ainda a construção de dois pontos de atendimento nos bairros, um na região do Ana Rosa e outro entre o Santo Amaro e Novo Bandeirantes. Este ‘pacote de investimentos’ teria o objetivo de melhorar e aprimorar os trabalhos de várias secretarias, particularmente a Secretaria de Fazenda. “O projeto é necessário para se realizar o investimento na modernização da estrutura administrativa da Prefeitura” diz o secretário de Fazenda, Devair Chudis. O pensamento é completado pelo secretário de Controle Interno, David Maireno: “a estrutura da Prefeitura de Cambé está sucateada e não recebe investimentos de porte há mais de 20 anos. Isto faz o funcionamento da máquina pública ser mais lento, com os serviços prestados à comunidade demorando mais. A nossa proposta era justamente investir na modernização para que os serviços prestados fossem mais ágeis, com melhor atendimento”. O secretário de Controle Interno lembra também que a proposta previa a construção de dois pontos avançados de atendimento da Prefeitura nos bairros. “O cidadão das regiões do Ana Rosa, Santo Amaro e Novo Bandeirantes poderia utilizar os serviços administrativos da Prefeitura diretamente no bairro, sem ter que vir para o centro da cidade, mas com a recusa da Câmara, este investimento não vai acontecer”, diz David Maireno.
Sem conversa – Maireno e Chudis também informam que se colocaram à disposição do presidente da Câmara para esclarecer as dúvidas relativas ao projeto, mas que não foram convocados pela Câmara.

Vereadores que votaram CONTRA recursos para a Modernização 
Administrativa da Prefeitura de Cambé: 


CONRADO SCHELLER
CECILIO ARAUJO
IRINEU DEFENDE
ALZIRA DA FARMÁCIA
ZEZINHO DA RAÇÃO

Fonte: Jornal Cambé de fato

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

10 Comentários

  1. Sou a favor da Câmara de Vereadores. Os vereadores estão abertos a receber a população, ao contrário do executivo, que é difícil ter um tempinho para atender alguém.
    Entre o Legislativo e o Executivo, o legislativo está mais moderno em relação à informatização e transparência pública.
    Acredito que se as pessoas realmente quisessem participar das sessões da Câmara, seria necessário fazer uma grande reforma no prédio, pois não cabe um grande público ali. Como não é o caso no momento, as sessões sendo transmitidas pela internet só precisa de maior habilidade dos internautas para que tenham um melhor acesso.
    Não desistam vereadores, vocês estão fazendo um bom trabalho!!!

  2. Pessoal, tenho assistido normalmente às sessões da Câmara ao vivo pela internet. Uso o google chrome para abrir a internet, acesso o site da Câmara e as sessões iniciam pouco após a disponibilização das imagens.
    Ainda não sei como gravá-las para assistir depois, pois não entendo muito de informática, mas quem realmente quer acompanhar, é só ficar ligado entre as 19 hs e as 22 hs às 2ªs feiras. Aliás, a última sessão foi quase uma eternidade, não acabava nunca.
    Os vereadores estão de parabéns, principalmente os cinco de oposição. Pra que melhorar os equipamentos se os servidores não recebem capacitação e nem acesso para manuseá-los?
    É preciso uma gestão mais participativa, pois os servidores têm potencialidades que precisam ser mais valorizadas. A centralização já era, é um modelo decadente de gestão.
    Com o pouco que tem é possível trabalhar bem, basta mais humanização no serviço público, eliminando o estresse e valorizando os prestadores de serviços. Dessa forma todos têm a ganhar, principalmente a população.

  3. Parabéns para os vereadores que votaram contra o Projeto que autorizava o prefeito a gastar mais R$4.750.0000,00 para modernizar a estrutura da prefeitura com equipamentos de informática e Software. A nossa cidade tem mais prioridades tais como , mais creches, posto de saúde, Hospital Municipal, Médicos nos postos de saúde. Onde esta as promessas de Campanha com o Programa hora cheia, 1500 novas vagas para creches, construçao de escolas profinalizantes em toda região, atendimento especializado para as vitimas de violencia, tantas promessas furadas e falta menos de um ano para as eleiçoes e ate agora nada.

  4. Esses vereadores teremos que trocar todos, começando por estes nomes que só pensam em fazer oposiçao.
    Srs vereadores, parem de fazer oposiçao com falta de inteligencia pois quem perde somos nós, o povo.
    A oposiçao serve para o crescimento do municipio.
    Acho que realmente nao tem jeito, começamos poraqui neste portal uma campanha de renovaçao na camara de vereadores, acredito que um dia acharemos quem realmente representa os interesses do povo.
    EU VOTO PELA RENOVAÇÃO na camara, mas com cuidado, vamos avaliar os proximos nomes para nao cometermos novamente esta falha.

  5. Só pra saber. A imparcialidade deste jornal acabou? Pois a chamada da noticia condena antes mesmo de conhecermos os motivos que levaram os vereadores da oposição a se posicionarem desta maneira. Não seria mais jornalístico publicar os motivos que levaram os tais Vereadores a tomar esta posição. Dizer que estes vereadores são contra a modernização da prefeitura é no mínimo um ato baixo sem qualquer intenção de ajudar a população a se conscientizar do que seria realmente o trabalho de um vereador. Que pena que grande parte imprensa Cambéense tem se posicionado desta maneira. Esta que seria talvez uma das principais ferramentas de formação política de nosso povo esta sempre trabalhando a serviço de um grupo ou de outro (quem paga mais). O papel da imprensa não é informar? Será que a população de Cambé não conseguiria tirar suas próprias conclusões se a informação fosse realmente bem dada? Ou será que os grupos que dominam os jornais da cidade têm medo que a opinião de um povo bem informado seja diferente da deles?

  6. Olha não sou contra os vereadores serem contra algum projeto que não concordem, mas fezer do jeito que fizeram na ultima sessão ficou feio e muito feio, infelizmente o Portal Cambé não tem os vídeos…. o Junior Felix manda os vídeos para o Portal, creio que eles não vão se negar em publicar….

  7. Em uma situação como essa era necessário que toda a população tivesse acesso a Internet. Não estou aqui para defender ninguém, mais definitivamente o que está acontecendo na Câmara de vereadores de Cambé é vergonhoso e menos da metade da população deve saber disso.
    Apenas gostaria de saber: para que ter vereador???
    Que eu saiba quando esta na época de eleição cada vereador promete o mundo para os eleitores de suas regiões. Só que por pura politicagem os vereadores de Cambé, principalmente os da oposição não estão nem ai pra população, querem apenas estragar o que seria bom para o município, para queimar a cara do prefeito e ter seus beneficios na próxima eleição!!
    Povo de Cambé, acordemmm!! Fiquem atentos ao que está acontecendo na Câmara…

    • Boa tarde Jussara:

      Infelizmente com o novo método de transmissão da Câmara de Vereadores o Portal Cambé não tem mais acesso aos vídeos transmitidos, já fizemos solicitações via e-mail a Câmara de Vereadores, mas infelizmente não obtivemos resposta.

      Grato
      Equipe Portal Cambé

      • acho que a atual administraçao da camara ta preocupada em gastar dinheiro e fazer picuinhas contra o prefeito Bene… por isso que não sobra tempo pra disponibilizar para o portal um video PUBLICO, o qual todos tem direito de ver !!!! a não ser que eles nao queiram estar sujeitos ao jugamento do povo

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.