Pixabay

As cirurgias íntimas são pouco faladas no universo das plásticas. O tabu da sexualidade feminina, junto à vergonha que muitas mulheres têm quando o assunto é sexo, influenciam para que este seja um assunto pouco explorado.

Mas a verdade é que os procedimentos íntimos são simples, possuem baixo risco de complicações e podem mudar completamente a autoestima da mulher e a qualidade da sua vida sexual. Todos os procedimentos levam em torno de 40 minutos e são feitos apenas com anestesia local. O cirurgião plástico Marco Cassol comenta cada um deles:

Redução do monte de vênus:

A cirurgia consiste na retirada de gordura e/ou excesso de pele na região pubiana. É indicada para pacientes que se sentem incomodadas com a protuberância localizada acima do púbis, muitas vezes aparente sobre as roupas.

Redução dos grandes lábios vaginais:

A cirurgia objetiva reduzir o comprimento dos grandes lábios, localizados na parte externa da vagina. É ideal para pacientes que possuam excesso de pele ou flacidez na região, causando distorção estética da genitália.

Ninfoplastia ou redução dos pequenos lábios:

Esta é a cirurgia íntima mais realizada no mundo. Busca diminuir o tamanho dos pequenos lábios vaginais que se localizam dentro dos grandes lábios e se estendem da área do clitóris até o orifício vaginal. Esta cirurgia é indicada para mulheres que sofreram um alargamento da região, normalmente por conta de um parto normal. Assim, ela visa restabelecer o prazer da região.

Marco Cassol, cirurgião plástico e especialista em face feminina

Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, o cirurgião plástico, com mais de 15 anos de experiência, é formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.