Foto: Arquivo Portal Cambé

O Prefeito João Pavinato (PSDB) e seu Secretário de Governo Luiz Cesar Lázari, proprietário do Jornal Cambé de Fato foram ouvidos hoje no Fórum Eleitoral numa ação de investigação judicial eleitoral que visa apurar as práticas vedadas do artigo 22 da Lei Complementar 64/90 (uso indevido dos meios de comunicação – Jornal Cambé de Fato que favorece abusivamente um candidato em detrimento do outro). A ação que consta dos autos nº 273-66.2012.6.16.0078, foi impetrada pela coligação Cambé Unida e Decidida e pede a cassação do registro da candidatura de João Pavinato e Cidinha Pascueto. O Jornal Cambé de Fato em sua última edição circulou com matérias que, segundo a coligação de Dr. Martins, foram ofensivas ao candidato. A Juíza Patrícia de Melo Bronzetti é quem está com a ação e como, as questões eleitorais tem privilégio, esta ação deverá ser julgada em no máximo 15 dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.