patria educadoraUma nova manifestação contra o governo federal e a corrupção no Brasil está marcada para este domingo (12). A marcha ocorre quase um mês após mais de 45 mil pessoas irem às ruas de Londrina para protestar.

Mas o trajeto desta vez será diferente. Em março, os manifestantes se concentraram no cruzamento das avenidas Higienópolis e Juscelino Kubitscheck, em frente ao Colégio Vicente Rijo, e seguiram até o Calçadão, na Avenida Paraná.

Agora, a concentração também será em frente ao colégio, mas a marcha deve descer a Avenida Higienópolis, seguir pela Avenida Amintas de Barros, depois pela Rua Professor Joaquim de Matos Barreto e terminar no Aterro do Lago Igapó.

A coordenadora regional do Movimento Brasil Livre e integrante do Marcha Londrina, Ana Elisa Pardini de Carvalho, disse que este é o percurso inicialmente definido. “Vamos seguir o fluxo. A ideia é dar força à marcha e não criar grupos entre os que forem pra rua.”

Número de participantes menor

Ainda neste domingo, também acontece a ExpoLondrina – no Parque de Exposições Ney Braga – e o jogo entre Londrina e Coritiba, válido pela semifinal do Campeonato Paranaense. Por conta da “concorrência”, os organizadores esperam um número menor de participantes na marcha.

“Imaginamos que a passeata vá ser um pouco menor do que a de 15 de março”, diz André Luís Elias, um dos organizadores do Movimento Viva Londrina, à frente da manifestação. Mesmo assim, os organizadores da passeata contra a presidente sentem-se fortalecidos após a repercussão do movimento em março e os desdobramentos da Operação Lava Jato – com a prisão do ex-deputado André Vargas, na última sexta-feira.

Fonte: JL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.