As contas da Câmara Municipal de Cambé, relativas ao ano de 2011, foram aprovadas sem ressalvas pelo Tribunal de Contas do Paraná.

Isso significa que não houve nenhum questionamento sobre a aplicação dos recursos públicos repassados ao legislativo e que todas as despesas efetuadas foram feitas de acordo com o que é estabelecido pela Lei. “Apesar de reconhecer que não existe mérito na questão, pois essa é uma obrigação de qualquer administrador público, tenho que agradecer aos demais vereadores e funcionários desta casa pela colaboração e empenho no trabalho que desenvolvem, numa demonstração de que para se alcançar a eficiência não significa a necessidade de se promover gastos desnecessários”, disse o presidente Conrado Scheller.

Já o controlador interno da Câmara, Carlos Alberto Serpeloni, afirmou que “o zelo com o dinheiro público que vem sendo demonstrado pelo legislativo municipal nos últimos anos, é um exemplo que deve ser seguido por todas as pessoas responsáveis pelo gerenciamento desses recursos em todas as esferas de governo”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.