A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR) comemora 85 anos na próxima terça-feira, 11 de junho, com olhos voltados para o futuro. Um dos projetos inovadores da autarquia, que já vem sendo implementado, é o Sistema Eletrônico de Informações (SEI), plataforma desenvolvida pelo Tribuna Regional Federal da 4ª Região (TRF4). Londrina foi uma das regionais escolhidas para testar o sistema na instrução de processos de fiscalização e o vem fazendo desde janeiro deste ano. Apucarana e Guarapuava também estão experimentando a nova ferramenta.

Em suma, a inserção dos processos no SEI diminui a burocracia e promove maior eficiência administrativa. O modelo elimina a impressão de papéis e moderniza o atendimento aos profissionais e à sociedade. Para se ter uma ideia do impacto positivo no meio ambiente, as regionais de Londrina, Apucarana e Guarapuava geraram mais de 3,5 mil processos virtuais de janeiro para cá, evitando o uso de cerca de 36.800 folhas de sulfite A4. Juntas, as regionais geraram 3.680 relatórios de fiscalização integralmente virtuais.

“Nós cumprimos todos os aspectos legais que envolvem um processo sem gerar papel. São milhares de folhas poupadas, o que evidencia a preocupação do Crea-PR com o meio ambiente e o compromisso com a sustentabilidade. Assim que implantarmos o sistema em todo o estado, a eficiência será maior ainda. A intenção é que a ampliação seja feita a partir do segundo semestre deste ano”, explica o gerente do Crea-PR em Londrina, Edgar Tsuzuki.

Outra vantagem que o SEI trouxe foi a cooperação mútua entre as regionais. Antes da implantação era preciso enviar documentos via malote, o que tornava o processo mais moroso e burocrático. “O ambiente virtual promove flexibilidade. Hoje, conseguimos nos comunicar de forma imediata com outras regionais”, aponta Tsuzuki. A eliminação do uso do papel também libera espaço físico nos prédios das regionais. “É importante lembrar que todos os processos ficam arquivados e, depois de um tempo, são incinerados. Com o SEI, não vamos precisar guardá-los”, completa.

A regional Londrina do Crea-PR também celebra o pioneirismo em ações inovadoras como a implementação do lean office, escritório enxuto em português. O conceito faz parte de uma das metas de otimização de fluxo de produtos do Conselho e proporciona resultados satisfatórios com a simplificação dos processos administrativos. “O objetivo é atender nossos clientes de uma maneira mais ágil, diminuindo ao máximo a burocracia. Contratamos uma consultoria externa para orientar colaboradores de todos os departamentos para a aplicação da metodologia de escritório enxuto nos processos de fiscalização, como na certidão de acervo técnico com atestado, registro de pessoa física e pessoa jurídica e ingresso de responsável técnico. As melhorias serão executadas ao longo do segundo semestre e certamente serão percebidas por nossos clientes.”, afirma o gerente regional.

Outra novidade que celebra os 85 anos do Crea-PR é a adoção do novo sistema de Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), que concede mais flexibilidade ao registro. A partir de agosto, os códigos de preenchimento da ART serão padronizados, em consonância com a Tabela Auxiliar de  Obras e Serviço Nacional, a TOS Nacional, que substituirá tabelas específicas utilizadas nos Conselhos Regionais de todo o País. A nova tabela foi aprovada pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea). A partir de então, as atividades de obras e serviços terão a mesma nomenclatura, o que facilitará a vida de empresas e profissionais que hoje precisam ter acesso a mais de 20 tabelas diferentes utilizadas em cada estado.

“Todas essas ações resultarão na simplificação e modernização de processos para atender cada vez melhor à sociedade paranaense. Parabenizamos a todos que contribuíram e contribuem para a construção destes 85 anos de história do Crea-PR”, comenta o Tsuzuki.

Sobre o Crea-PR

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR), autarquia que este  ano comemora 85 anos, é responsável pela regulamentação e fiscalização da atuação de profissionais e empresas das áreas da Engenharias, Agronomias e Geociências. Além de regulamentar e fiscalizar, o Crea-PR também promove ações de atualização e valorização profissional por meio de termos de fomentos disponibilizados via Editais de Chamamento

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.