A Rodonorte, empresa do grupo CCR que confessou em acordo de leniência ter pago propina a políticos do PSDB no Paraná, vai ter de fazer publicidade em rádio, jornais e nas praças de pedágio sobre a redução de 30% na tarifa.

A Rodonorte contou no acordo que pagou propina a deputados da Assembleia Legislativa do Paraná que criaram uma CPI do Pedágio, para conselheiros do Tribunal de Contas do Estado e para a agência estadual que regula as concessões.

Nos três casos a empresa diz que subornou para que esses órgãos não apontassem problemas nas concessões

O acordo prevê que, além dos descontos, a empresa terá que duplicar trechos das estradas. Essas obras constavam do contrato de concessão, mas não foram executadas. A Rodonorte não foi cobrada pelo governo porque subornava políticos.

A concessionária dará o desconto porque deixou de duplicar rodovias e obteve reajustes de tarifas com o pagamento de suborno a políticos e funcionários públicos do governo do Paraná.
O pagamento de propina, segundo o acordo, perdurou por 20 anos.

(Com informações do Parana Portal)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.