DUPLICACAO PR 445 LONDRINA CAMBEA rodovia PR-445 será interditada na altura do quilômetro 78, nesta quarta-feira (2), a partir das 12h. Serão detonadas rochas no bairro Sabará, perto da divisa entre Londrina e Cambé. Para a segurança dos usuários e das equipes que vão executar a detonação, o local será totalmente bloqueado por cerca de uma hora, o que deixará isolado um trecho de um quilômetro de rodovia. Se chover na região, a detonação será cancelada. 

A ação foi autorizada pelo Exército e será feita com auxílio da Polícia Rodoviária Estadual, que vai orientar o trânsito e bloquear o acesso dos veículos. O objetivo da operação é fazer o nivelamento da pista, retirando as rochas que impendem o rebaixamento e a escavação do solo. Esta obra faz parte da obra de duplicação dos 17 quilômetros, entre Londrina e Cambé. 

CAMBÉ/LONDRINA – Cerca de 70% dos serviços das obras de duplicação estão concluídos entre Londrina e Cambé. Além da ampliação das pistas, estão em construção oito viadutos, três trincheiras e seis passarelas. A previsão é que as obras sejam concluídas até o final de 2014. O investimento do Governo do Paraná é de R$ 95 milhões. 

As equipes estão finalizando a concretagem e o aterro dos viadutos e trincheiras da obra. O viaduto que está mais adiantado é o localizado na Rua Marechal Deodoro, em Londrina. 

Além da duplicação dos 17 quilômetros entre Londrina e Cambé, também estão sendo duplicados outros 5,5 quilômetros da PR-445, entre Cambé e o distrito de Warta. A obra, que está 80% concluída, é uma parceria do Governo do Paraná com a concessionária Econorte, que está investindo R$ 44,2 milhões. 

DUPLICAÇÕES – A malha rodoviária do Paraná está passando pelo maior programa de duplicações dos últimos 25 anos. A estimativa do Estado é fechar 2014 com 265,1 quilômetros de rodovias duplicadas ou em fase final de duplicação. A atual administração terá feito mais duplicações do que foi executado no período de 1990 a 2010, quando foram entregues 244 quilômetros de pistas duplas. 

Atualmente, o Paraná conta com 1.023 quilômetros de rodovias duplicadas, somando as estaduais, concessionadas e federais. O pacote de melhorias viárias prevê também o início de mais 369 quilômetros em 2015 e a elaboração de projetos para viabilizar a construção para mais 654 quilômetros de pistas duplas. São obras executadas com recursos públicos ou antecipadas nas negociações com as concessionárias de pedágio. 

Somente em 2014, a estimativa é entregar 68 quilômetros de rodovias e concluir, ao longo de 2015, outros 197,1 quilômetros iniciados pelo governo estadual. Paralelamente, estão sendo feitos também 35 viadutos, 24 trincheiras, oito pontes sobre rios e ferrovias e nove passarelas, além da inclusão de 25 quilômetros de marginais e terceiras faixas. Também está programada a construção de calçadas e de ciclovias. 

 Secretaria de Infraestrutura e Logística 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.