Dicas para não se tornar refém da tecnologia

0
Foto de: NordWood Themes (Unsplash.com)

Fique atento! Você pode estar passando por problemas de saúde e o culpado disso tudo pode ser a tecnologia. Isso mesmo, a mesma tecnologia que possibilita o trabalho remoto em casa durante a pandemia, também está causando muito estresse nas pessoas. É o chamado tecnoestresse, motivado pela overdose de informação e pelo vício em eletrônicos.

A verdade é que a população não consegue mais ficar diversas horas sem o celular. Por isso, é muito comum você ver as pessoas levando os carregadores de um lado para o outro, junto dos mobiles.

Para se ter uma ideia em como a tecnologia evoluiu, hoje em dia existem carregadores universais, com várias entradas USB e reconhecimento da voltagem de cada dispositivo. Com eles é possível carregar ao mesmo tempo diversos aparelhos como: notebooks, tablets, celulares e dispositivos similares de diferentes marcas ao mesmo tempo. Tecnologias assim, fazem com que fiquemos cada vez mais tempo conectados.

Você é dessas pessoas que não pode se ver longe da tela? Muitas vezes deixa de conversar com pessoas na rua, no supermercado, na academia, justamente porque está olhando para o celular? Se você se encaixa nessas perguntas, saiba que você pode estar ou futuramente ficar tecnologicamente estressado.

Os principais sintomas do tecnoestresse são: cansaço, ansiedade, dificuldades de concentração e memória, alterações no sono e no humor. Os efeitos podem ser sentidos individualmente e podem variar de pessoa para pessoa. Em alguns casos pode, inclusive, levar à depressão. É importante ressaltar que você deve procurar um médico caso se encaixe nesses sintomas.

Somos reféns da tecnologia

Quer ver uma prova de como estamos reféns da tecnologia hoje? No dia 14 de dezembro de 2020, uma falha no mecanismo de login do Google deixou aproximadamente dois bilhões de usuários em todo planeta sem acesso a serviços como Youtube, Gmail e Google Drive, durante praticamente duas horas. Nesse período, outras ferramentas também foram afetadas, como: Agenda, Documentos, Planilhas, Google Meet, e Google Classroom. Imagine, bilhões de pessoas sem acesso a serviços básicos na internet. Será que isso gerou estresse?

Outro exemplo aconteceu com a Amazon em novembro do ano passado. Os servidores da Amazon Web Services sofreram instabilidade e causaram problemas em todo o mundo. Aplicativos como Ifood, que possuem seus serviços digitais hospedados na nuvem da empresa de Jeff Bezos, sofreram problemas de funcionamento. O mesmo aconteceu com o Flickr, rede social de fotos e até com o site do metrô de Nova York, que ficou inacessível por um tempo.

Todos esses eventos levaram as pessoas que estavam precisando de seus serviços a um nível de estresse e ansiedade muito alto.

Mas por que isso ocorre?

Isso acontece porque estamos conectados a tudo, 24 horas por dia. Ficamos acostumados a solicitar algo online e querer uma resposta em questão de minutos. Duas horas sem acesso ao Gmail? Ao Google Meet? Com certeza uma eternidade para os dias de hoje.

 Além disso, uma alta carga de estresse está ligada aos home offices. Pois ao mesmo tempo em que você não precisa mais se deslocar até o trabalho, você precisa estar de prontidão em casa disposto a atender qualquer chamado. Uma pesquisa da Universidade Federal do Paraná concluiu que transformar a casa em escritório aumentou muito a carga e o ritmo de trabalho dos brasileiros e levou muitas pessoas ao esgotamento físico e mental.

Como evitar?

O ideal é que você controle o tempo em que fica exposto a todos os tipos de tecnologia. Sabemos que muitas vezes isso não é tarefa fácil, principalmente durante a pandemia, na qual tudo é resolvido online.

Entretanto, é necessário que você organize o seu tempo e diminua a sua exposição aos smartphones, computadores e televisão. Defina um tempo específico para jogos, filmes, séries e redes sociais. Importante: não fique olhando para o celular a cada cinco minutos. Lembre-se: diminua a exposição.

Outra dica é a de usar mais o papel e a caneta. Para isso utilize uma agenda física para marcar seus compromissos. Praticar atividades físicas e utilizar recursos não tecnológicos como jogos de tabuleiro ou cartas também são uma ótima opção para dar um alívio para o seu corpo e para sua mente.

A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.