A população paranaense poderá quitar multas e outros débitos relacionados a veículos, como IPVA e licenciamento, por meio dos cartões de crédito e débito. A medida foi autorizada pela governadora Cida Borghetti nesta segunda-feira (5) e começa a ser implantada na próxima semana, em Curitiba, e deverá chegar a todo o Estado até o final do ano.

O parcelamento poderá ser feito em até 12 vezes em negociação direta do devedor com as operadoras de cartões. Estas empresas, por sua vez, ficam responsáveis pela quitação da dívida, à vista, junto ao Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR). A iniciativa atende a resolução 736/18, do Conselho Nacional de Trânsito (Contran), e a portaria 149/18, do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran).

Cida Borghetti destacou que a ação faz parte de um necessário processo de desburocratização da máquina pública e da busca por mecanismos que facilitem a vida dos cidadãos. De outra parte, afirma a governadora, a medida visa diminuir o índice de inadimplência e o número de veículos que podem estar rodando irregularmente no Estado.

“Nesse momento de crise, o parcelamento dará condições para que os usuários trafeguem em dia com sua documentação, já que vai facilitar a regularização. Nossas ações são para melhorar a vida das pessoas”, disse Cida, que destacou a implantação do Governo Digital que oferece mais de 250 serviços à população, inclusive informações sobre débitos na área de trânsito.

O diretor-geral do Detran, Marcello Panizzi, informou que só em 2018 foram calculados mais de R$ 300 milhões em débitos no Detran-PR. “Pretendemos recuperar cerca de 60% desses valores aos cofres públicos”, explicou ele, reforçando que o procedimento possibilita parcelar os débitos referentes a multas devidas ao Detran e, também, qualquer processo de veículos, como IPVA e licenciamento.

NA PRÁTICA – Luiz Claudio Sacramento, vice-presidente da PinPag, empresa credenciada a coordenar a implantação do sistema no Paraná, explicou que a negociação das dívidas poderá ser feita presencialmente com as empresas de cartões em postos de atendimento do Detran.

“O usuário terá a opção de parcelar suas dívidas de 2 em até 12 vezes, dependendo do valor do débito. Serão aceitas as principais bandeiras como Visa, Master, Elo, Diners e Amex. A intenção é implantar o sistema gradualmente em todo o Estado”, disse.

Segundo Sacramento, o parcelamento envolverá apenas a operadora do cartão e o proprietário do veículo. O órgão de trânsito continuará recebendo o valor à vista e a regularização do veículo será imediata. “Não precisa esperar até a última parcela”, informa.

O atendimento começa na semana que vem nas sedes do Detran, em Curitiba, no Tarumã, no Centro e no Hauer. Nos próximos 30 dias, cerca de 15 Ciretrans no Paraná terão acesso ao serviço e, a até o final do ano, serão 27 pontos em todo o Estado.

Agência Estadual de Notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.