Fotografia: Elias Dias
Fotografia: Elias Dias

A candidata ao Senado Gleisi Hoffmann (PT) defende a importância do incentivo à agricultura familiar. Foi pensando nisso que nesta terça-feira (03) visitou a empresa fabricante de tratores New Holland, localizada na Cidade Industrial de Curitiba. Ela declara que a visita oportunizou ver de perto os resultados dos projetos do Governo Federal, como o “Mais Alimentos”, que financia investimentos em infraestrutura da propriedade rural.
“Durante dez anos, faltaram dez mil tratores para aos agricultores poderem trabalhar. Com a implantação desse programa, junto ao ‘Trator Solidário’, do Governo do Estado, os veículos estão chegando à pequena propriedade. Somente a New Holland vendeu 12 mil tratores populares em três anos”, destacou Gleisi. No Brasil, foram 30 mil veículos vendidos graças às linhas de crédito e ao financiamento feito pelo Pronaf – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar.
A New Holland informou que o Governo Federal sugeriu que a empresa participasse também de outro programa, que visa a compra direta de alimentos da agricultura familiar para a preparação das refeições dos trabalhadores. “Fico muito feliz com isso, porque vejo o resultado prático na vida das pessoas. Primeiro, pela família, que melhora sua produtividade e suas condições de trabalho. Segundo, porque temos mais alimentos de qualidade na mesa dos trabalhadores. Temos, portanto, uma cadeia de produtividade”, conclui.
Apoio à agricultura
Gleisi defende as políticas agrícolas implantadas no Governo Lula. Para a candidata, muitas conquistas foram obtidas no setor durante sua gestão. “Quando o presidente assumiu, havia R$ 2 bilhões de recursos disponíveis para a agricultura familiar, por meio do Pronaf. Este ano, o Governo Federal irá investir R$ 16 bilhões para o financiamento do setor. São, no total, mais de R$ 100 bilhões de investimentos destinados à agricultura em todo o Brasil”, disse.
Outros avanços são ressaltados por Gleisi, como o programa “Luz para Todos”, que leva energia elétrica a propriedades rurais, além dos investimentos em saneamento que o Governo Federal executou nessas regiões. “Lula foi o presidente que mais investiu em agricultura e é para dar continuidade a essas políticas que eu quero estar no Senado. Queremos reduzir a pobreza no campo e fazer com que menos pessoas migrem para as cidades”. Ela explica que somente no Paraná, 780 mil pessoas estão ligadas à atividade, abrangendo 28% do território paranaense e sendo responsável por 43% do valor bruto da produção.
————————————————————————————–
Assessoria de Imprensa Gleisi Hoffmann – Senadora 131

Portal Cambé, site de informações e serviços de Cambé – PR.

Responda

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.