Projeto (496/2011) do deputado Sandro Mabel, do PR de Goiás, torna obrigatória a instalação de detectores de metais e aparelhos de raios-X nas escolas públicas e privadas, para coibir a violência.

De acordo com o texto, o ingresso de qualquer pessoa em estabelecimentos de ensino, sem exceções, está condicionado à passagem por um detector de metais e da inspeção de seus pertences em aparelho de raios X.

Ainda segundo a proposta, a pessoa que se negar a passar pelos equipamentos não poderá ter acesso às dependências das escolas.

Sandro Mabel justificou sua proposta:

“O que nós temos visto, inclusive aí por uma fonte de uma pesquisa da Unesco, sobre violência nas escolas, alguns dados como 40% dos professores consideram que as gangues são um dos maiores problemas de escolas, 50% dos alunos brasileiros têm o aprendizado prejudicado pela violência no colégio. Três em cada dez alunos do ensino privado de Cuiabá já foram vítimas de assalto à mão armada dentro da escola. E mais, metade dos professores da São Paulo já relataram ameaças de agressão dentro da escola.”

Sandro Mabel defende que a instalação dos equipamentos comece pelas escolas com maior índice de violência.

Já o presidente do Conselho Nacional de Educação, Antonio Carlos Ronca, discorda do projeto e acha que a violência deve ser combatida com outros métodos:

“Eu considero a medida proposta para ser transformada em lei como inadequada. Eu acho que primeiro, conceitualmente, o que nós precisamos é fazer um trabalho para que a questão da violência seja enfrentada não apenas com proibições, com instalação de detectores de metais, mas com uma nova visão sobre o papel da escola, e a escola poderá perfeitamente, com recursos próprios, enfrentar essa questão da violência”.

Antonio Carlos Ronca aponta ainda que, na prática, a instalação dos equipamentos é inviável. Para ele, a dificuldade de revistar escolas com muitos alunos, além dos altos custos com a aquisição dos aparelhos e com a contratação de pessoal, inviabilizam a proposta.

O projeto de Sandro Mabel ainda será distribuído pelas comissões da Câmara dos Deputados.

De Brasília, Paulo Roberto Miranda.
Rádio Câmara
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889
A Podologia Cambé esta instalada no Centro Comercial Canadá Localizado na Rua Holanda, 263 esquina com a Av Canada, Sala 311 no centro de Cambé, telefone: (43) 3254-7433 e WhatsApp: (43) 9.9918-7889

1 COMENTÁRIO

  1. Como este Sandro Mabel (PR GO) voltou a ser deputado? este cara é cheio de processo,foi ele que chorou na camara de deputados,acusado de oferecer 1 milhão para outra deputada infelizmente o cara volta e volta com o mesmo apoio que recebeu o cacique José Sarney e CIA, e que colocou Romário S.A e também Tiririca, sabe olhando alguns níveis da politica nacional estadual e municipal, se vê claramente que o brasileiro ainda não aprendeu votar!!!Só uma pergunta,por favor me responda!Quando vai surgir um politico como Ulisses Guimarães? certeza que não vai ser nesta gestão!! nem federal nem estadual muito menos a nivel municipal (Cambé)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.