A decisão de desobrigar os “falsos bombeiros” de pagar a fiança saiu durante a audiência de custódia na última quarta-feira (06/3), os suspeitos alegaram falta de condições para pagar a fiança imposta pelo delegado Drº. Roberto Fernandes de Lima (pouco mais de R$ 1.000,00 cada uma), a decisão foi da juíza da Vara Criminal de Cambé, Jessica Valéria Catabriga Guainier. João Henrique Zaleski, 24 anos, e João Maria Zaleski, que são pai e filho, são suspeitos de aplicar um golpe em uma empresa de materiais de construção na cidade.

Relembre o caso:

João Henrique, que foi até o estabelecimento, terminou preso em flagrante e só depois entregou o pai. Eles permaneceram quase uma semana na cadeia publica de Cambé. Na última sexta-feira, a mesma magistrada tinha concedido liberdade provisória, mas os alvarás de soltura só seriam emitidos após pagamento das fianças. Sem o dever de saldar o encargo, medida que teve a concordância do Ministério Público, os dois foram soltos.

(Com informações do Portal Bonde)

1 COMENTÁRIO

  1. Gostaria de saber até quando irão passar a mão na cabeça desses bandidos.
    Eles tem q fcar presos e realizar serviço p a comunidade
    Durante o dia coloca p cortar mato, limpar ruas, varrer calçadão, cemitério et…
    E dormem na prisão, quem sabe aprender que trabalhar honestamente é o certo.
    Ao invés de sair de nossa cidade rindo e ja a caminho de outra cidade a procura de novas vítimas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.